Recôncavo, Terça , 20 de Fevereiro de 2018
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  

Mulher asfixia gestante, arranca bebê do útero e se passa pela mãe

Publicada em 07/12/2017 ás 17:39:12
Foto: Reprodução

Uma jovem de 18 anos, grávida de oito meses, foi morta por asfixia. Gabrielle Barcelos teve a barriga cortada e o filho arrancado do corpo por uma mulher de 38 anos e pelo marido dela, de 34. O crime ocorreu em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, na terça-feira (5/12). A acusada, Aline Roberta Fagundes, teria perdido um bebê aos quatro meses de gestação havia pouco tempo.

De acordo com o tenente da Polícia Militar Givanildo Graciano, o casal de criminosos foi denunciado pelo próprio filho, de 14 anos, que acionou a polícia após chegar em casa e notar um colchão com marcas de sangue, usado para enrolar o corpo da vítima. A perícia constatou que a jovem estaria grávida e teria sido asfixiada. Depois de falecer, teve o corpo aberto e o bebê retirado do útero.

No entanto, ao mesmo tempo em que a polícia chegava à casa do casal, a suspeita do crime acionou a emergência do hospital da cidade alegando que havia dado à luz no meio da rua. Ela foi socorrida por uma ambulância e levada para a unidade de saúde com o marido. Segundo o tenente, a criança recém-nascida teve que ser reanimada devido a uma parada cardiorrespiratória.

A mulher, se passando pela mãe da menina, foi atendida, mas os médicos comprovaram que seria impossível ela ter dado à luz na terça-feira (5). Portanto, a PM foi chamada e, segundo Graciano, a acusada, depois de ser pressionada, confessou o crime, revelando ter usado uma faca para abrir a barriga da gestante, utilizando as mãos para asfixiá-la. Aline teria espalhado o sangue da vítima pelo corpo com o objetivo de fazer a equipe médica acreditar na versão contada por ela.

O homicídio pode ter sido motivado por causa do interesse da criminosa pelo bebê da jovem, já que, segundo testemunhas, o casal vinha aliciando a gestante, dizendo que a ajudaria com enxovais. Nas redes sociais, um dia antes de morrer, Gabrielle postou um texto falando sobre o nascimento da filha. “Falta pouco para ver seu rostinho.”

Os acusados foram levados para a delegacia da cidade. A criança requer cuidados especiais, mas seu quadro de saúde é estável. As informações são do “Hoje em Dia”.

 

Fonte: SAJ Notícias

Por Redação Mídia Reconcavo
Related Posts with Thumbnails

Leia Também

19/02/2018
19/02/2018
19/02/2018
19/02/2018
19/02/2018
19/02/2018
19/02/2018
19/02/2018
19/02/2018
19/02/2018

Entrevistas
Organizadores do “Bloco As Muriquetes” falam sobre a expectativa deste evento que vem animando os muritibanos a cada ano
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.