Recôncavo, Sábado , 18 de Novembro de 2017
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  

Quadrilha que vendia imóveis do Programa Minha Casa, Minha Vida é presa em Camaçari

Publicada em 14/11/2017 ás 22:26:41
Foto: Divulgação SSP-BA

Cinco integrantes de uma quadrilha envolvida na venda de supostas inscrições para aquisição de imóveis do programa Minha Casa Minha Vida, em Camaçari, foram presos, na segunda-feira (13/11), durante uma operação conjunta. Os integrantes também são suspeitos de incendiar a sede da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), de Camaçari para destruir as provas das fraudes.

A funcionária da Prefeitura de Camaçari Marizete Pereira da Encarnação e os comparsas Isau Pereira Bispo, Carlos Silva dos Santos,  Joseane Paixão de Souza, e Andréa Cristina Amélia do Nascimento foram apresentados nesta tarde (14/10), na sede da 18ª DT/Camaçari, pela delegada titular Thaís Siquiera e pelo comandante do 12ª BPM, tenente-coronel PM Henrique Melo.

 

ENTENDA O CASO

As investigações sobre a quadrilha começaram em fevereiro deste ano, quando denúncias anônimas foram encaminhadas à polícia sobre o golpe que vinha sendo aplicado pelo grupo. E, desde então, a sede da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), de Camaçari, foi alvo de três incêndios criminosos.

A delegada Thaís Siqueira, que coordenou à investigação, informou que a quadrilha ateou fogo ao prédio três vezes, sendo a última delas no dia 2 de novembro, na tentativa de destruir evidências que comprovassem a fraude. O primeiro a ser preso foi Isau, que havia sido contratado por Carlos e Joseane para causar os incêndios pela quantia de R$ 2 mil.

Em seguida, os policiais prenderam o casal e chegaram até o contato da quadrilha dentro da prefeitura, a servidora Marizete, por fim, a quinta integrante Andréa, foi presa. Ela era responsável por cooptar os clientes, que pagavam entre R$ 1 mil e R$ 3 mil pela promessa de um imóvel do programa de habitação.

Os cinco foram autuados em flagrante por associação criminosa, pela delegada titular, e seguirão para a audiência de custódia com o juiz. A investigação prossegue para investigar outros envolvidos nos crimes.

 

INCÊNDIOS CRIMINOSOS

 

 

 

Dois vigilantes e dois prepostos da Defesa Civil que estavam no local trabalhando na Secretaria de Infraestrutura e Habitação (Seinfra) de Camaçari , na madrugada do feriado de Finados (2/11) foram rendidos por dois homens armados, encapuzados, e tiveram seus celulares roubados. Foi a terceira vez que o órgão sofreu o tipo de ataque.

Logo após a ação, os homens espalharem um líquido inflamável pelas salas da repartição e atearam fogo. Minutos depois fugiram do local. Na época, a secretária da Infraestrutura, Joselene Cardim, suspeitou que o incêndio foi criminoso já que duas das salas incendiadas guardavam documentos.

 


Fonte: Aratu Online

Por Redação Mídia Reconcavo
Related Posts with Thumbnails

Leia Também

17/11/2017
17/11/2017
17/11/2017
17/11/2017
17/11/2017
17/11/2017
17/11/2017
17/11/2017
17/11/2017
17/11/2017

Entrevistas
Governador Mangabeira: Programa ‘Prefeitura em Movimento’ ganha destaque e coloca município como referência de gestão pública
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Marcia escreveu para Midiareconcavo
"Parabens ao melhor de todos os sites da regiao. Eu ja estava com saudades da informação de todos os lugares em primeira mao."
simone escreveu para planejar concursos
"Bom dia, gostaria de uma justificativa da empresa pois, estou tentando a horas realizar minha inscrição no concurso e até o momento não obtive êxito, o que está ocorrendo com o site. Agradeço desde de já."
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.