Recôncavo, Domingo , 18 de Novembro de 2018
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  

Irã denuncia EUA em Haia por 'sanções ilegais'

Publicada em 17/07/2018 ás 18:08:32
Foto: Reuters

Irã apresentou um denúncia contra os Estados Unidos na Corte Internacional de Justiça das Nações Unidas, em Haia, para pedir um ressarcimento pela imposição de sanções "ilegais" e pelas "violações do direito internacional". O anúncio foi feito pelo porta-voz do ministério de Relações Exteriores iraniano, Bahram Ghasemi. "O Irã apresentou uma denúncia na Corte Internacional de Justiça para que os Estados Unidos sejam responsabilizados por novamente terem imposto sanções unilaterais ilegais contra a república islâmica", disse o ministro das Relações Exteriores do país, Javad Zarif, em seu perfil no Twitter. + Meninos presos em caverna na Tailândia terão alta nesta quarta-feira. "O Irã está comprometido em respeitar o Estado de Direito frente ao desprezo dos Estados Unidos pela diplomacia e suas obrigações legais. É imperativo enfrentar tais práticas, que violam a lei internacional", acrescentou Zarif. Ghasemi complementou a argumentação dizendo que os EUA violaram diversos artigos do Tratado de Amizade, firmado pelos dois países em 1955. O acordo estabeleceu regras para as relações econômicas e consulares das duas nações e, segundo o Irã, "ainda é válido no direito internacional, apesar dos 40 anos de hostilidades entre os países". Teerã e Washington romperam relações diplomáticas desde que 52 membros da embaixada norte-americana no Irã foram mantidos como reféns, entre novembro de 1979 e janeiro de 1981, por um grupo de estudantes que ocupou o edifício. A crise se agravou com a derrubada do xá Mohammad Reza Pahlavi, aliado dos norte-americanos, e o triunfo da Revolução Islâmica liderada pelo aiatolá Khomeini. Após a retirada unilateral dos EUA do acordo nuclear assinado em 2015 por Barack Obama, decidida por Donald Trump em maio deste ano, as sanções impostas contra o Irã voltarão a entrar em vigor em duas etapas, em agosto e novembro. Irã, Estados Unidos, Rússia, Alemanha, China, França e Reino Unido haviam chegado a um acordo para limitar o programa nuclear iraniano a fins pacíficos, em troca da retirada de sanções internacionais multilaterais. O governo Trump também tenta impedir empresas europeias e de outras regiões de realizarem negócios com o país islâmico. Em reação, a União Europeia, por meio de seus ministros de Relações Exteriores, voltou a destacar sua negativa unânime ao isolamento econômico do Irã e adotou medidas jurídicas para proteger suas empresas de represálias de Washington. Além da questão nuclear, os EUA têm imposto recorrentes sanções contra o Irã por causa de seu programa de desenvolvimento de mísseis e por um suposto "apoio ao terrorismo". (ANSA) Fonte: Notícias ao Minuto

Por Redação Mídia Reconcavo
Related Posts with Thumbnails

Leia Também

17/11/2018
17/11/2018
17/11/2018
17/11/2018
17/11/2018
17/11/2018
17/11/2018
17/11/2018
17/11/2018
17/11/2018

Entrevistas
Organizadores do “Bloco As Muriquetes” falam sobre a expectativa deste evento que vem animando os muritibanos a cada ano
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.