Recôncavo, Segunda , 16 de Setembro de 2019
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  

Ex-Prefeito de Gov. Mangabeira processa difamadores

Publicada em 06/10/2009 ás 09:21:18

Prezados leitores,
Este E-mail foi enviado para a Redação do Blog "
Forte na Notícia" , pelo Sr. Antonio Pimentel Ex- Prefeito Municipal de Governador Mangabeira, domingo(4) de outubro de 2009 19:46:52. Que após a leitura resolveu publicá-lo na íntegra!

Prezados(as) Amigos(as),Quando dá ocasião da transmissão do cargo, no início deste ano, alguns delinqüentes, aproveitando-se da ausência de policiamento, desferiram diversas agressões verbais contra minha pessoa, vejamos:Não podia deixar de transmitir o cargo em 01 de janeiro de 2009, pois conforme determina a Resolução 1270/09 do TCM – Tribunal de Contas dos municípios era meu dever.

Decorria mais de trinta anos, que não havia uma transmissão de cargo em Governador Mangabeira e conforme meu juramento em primeiro de janeiro de 2001, estive presente na Prefeitura Municipal, para entregar as chaves à prefeita eleita Domingas Souza da Paixão, que desde o dia 10 de dezembro já ocupava com a sua equipe de governo, um espaço com gabinete, e sala de reunião, dispondo de telefone, computador, internet e impressora, para entender melhor o funcionamento da gestão municipal.

O Senhor Leonel Oliveira Neto (Processo 2736944-/2009), conhecido como Leonel da Petrobrás, se regogizou da não presença da polícia no evento, dizendo que “ladrões e marginais”, não precisam de proteção policial, entre outras situações, como: “acabou a mamata, saí ladrão, vão embora lote de ladrões e corruptos”.

O Senhor Diógenes. Antonio Santos Oliveira (Processo 2737003-9/2009), conhecido como “Bin de Lúcia”, de igual forma na saída do Prefeito sainte com seus assessores do Paço municipal, criou um corredor polonês com seus comparsas, onde gesticulava, colocava o dedo em riste e chamava grosseiramente o Prefeito de “ladrão, vagabundo e mercenário” entre outras palavras de baixo calão.

O Senhor Marcos Paulo de Oliveira, conhecido como “Homem Fera”, encheu a mão de moedas e de forma agressiva oferecia ao Prefeito, com intenção de insinuar “desonestidade, roubo e agressivamente chamando de ladrão, corrupto, mercenário. etc”.

O Senhor Pedro Antonio Borges da Silva (Processo 747/08), Conhecido como “Pedro Borges”, no dia da apuração das eleições, em comício no comitê da candidata vitoriosa, ao lado da casa do prefeito de então, discursou dizendo, “Vai embora da cidade ladrão, corrupto, etc”, vizinho a residência onde moro com a minha família.

o Senhor Nilson José Oliveira de Jesus (Processo 2755394-8/2009), conhecido com “Louro de Lúcia”, às 6:00 hs da manhã de segunda-feira após a apuração, postou seu veículo em frente a minha casa, com o som bastante alto e gritou “,Acorda ladrão vai trabalhar”, repetindo o gesto em frente à prefeitura municipal.

Como acredito em um país, onde poderemos viver em paz, com segurança, com nossos direitos de cidadãos assegurados pelas instituições, principalmente a justiça, não poderia deixar de acionar os meus agressores no Fórum local, por “Injúria, calúnia e difamação”, entre outros crimes previstos em lei, considerando que participei de diversas eleições na cidade e nunca agi desta maneira contra quem quer que seja, que sempre procurei como gestor, prestar contas de cada centavo, com transparência, refletindo-se nas aprovações das minhas contas pelo TCM e CGU – Controladoria Geral da União. Cada um tem uma ação diferente e agora em 22 de outubro de 2009, menos de um ano da ocorrência dos fatos, já estão sendo intimados pelo Juiz da Comarca local para se explicarem em audiência e provar a quem em Governador Mangabeira – BA e região devo, como cidadão e como gestor, qual servidor ou fornecedor deixei de pagar todos os direitos ou fiz alguma proposta indecente, nestes oito anos de 2001 à 2008, administrando cerca de R$ 100 milhões de reais. Creio que a justiça será feita, pois em processo similar, conforme arquivo anexo, o Ex-Presidente Collor, hoje Senador da República, conseguiu uma indenização por “Danos Morais” de R$ 50.000,00 (Cinqüenta mil reais) do jornalista Franklin Martins, hoje ministro do Governo Federal, por tê-lo chamado de “Corrupto, ladrão e chefe de quadrilha”.

Já estou preparando também, processo similar contra o jornalista Hugor Sales, responsável pela editoração do informativo da prefeitura municipal de Governador Mangabeira – BA, por ter colocado na edição de setembro de 2009, notícia mentirosa, com relação à entrega de casa popular no meu governo e também quanto a legalidade de deixar despesas em restos à pagar, onde através de um trocadilho maldoso, tenta me colocar como devedor de fornecedores da prefeitura, o que não foi verdade, pois deixei o dinheiro em caixa, atendendo ao que diz a legislação, com isso tenta de forma grotesca afetar a minha honra e moral.

Vou continuar acreditando na justiça, pois assim como um dia este país, conseguiu colocar a inflação em patamares suportáveis, vamos, em futuro bem próximo conviver com nossos direitos sendo respeitados.

Antonio Pimentel , Ex- Prefeito Municipal de Governador Mangabeira - BA

Por Mídia Reconcavo
Related Posts with Thumbnails

Leia Também

13/09/2019
13/09/2019
13/09/2019
13/09/2019
13/09/2019
13/09/2019
13/09/2019
13/09/2019
13/09/2019
13/09/2019

Entrevistas
Vem aí uma série de entrevistas com personalidades do nosso Recôncavo
Mídia TV
Fúria do mar causa destruição em Arembepe - BA
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.