Mídia Recôncavo | Com Anderson Bella
Recôncavo, Quarta , 21 de Novembro de 2018
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Foto: Divulgação

Servidores do Ministério do Trabalho fizeram um protesto durante a tarde desta quinta-feira (8) contra o fim da pasta. Os participantes do ato chegaram a dar as mãos para fazer um abraço coletivo no prédio que abriga o órgão e em seguida bloquearam o trânsito na região por cerca de 10 minutos. Nesta quarta (7), o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) anunciou que a pasta do Trabalho será incorporada "a algum ministério" no seu governo. No protesto desta quinta, os servidores gritaram palavras de ordem como "fica, ministério" e também cantaram o hino nacional. Fonte: Bahia Notícias

Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

Apesar de o número de pessoas ocupadas no Brasil ter aumentado 1,7 milhão em cinco anos, o número de trabalhadores associados a sindicatos caiu 1,4 milhão, ao passar de 14,5 milhões (16,2%) para 13,1 milhões (14,4%) no mesmo período. É o que mostra a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Contínua (Pnad-C): Características Adicionais do Mercado de Trabalho 2012-2017, divulgada hoje (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Por outro lado, o de pessoas ocupadas como empregadores ou trabalhadores por conta própria, com registro no Cadastro Nacional de pessoa Jurídica (CNPJ), aumentou 4 pontos percentuais no período e reúne quase 8 milhões de pessoas. Por região, o Norte tem a menor associação sindical, com 12,6%, e o Sul tem historicamente a maior: 16,2% em 2017, ante 20,3% em 2012. A única região que teve aumento no último ano foi a Centro-Oeste, que tinha 14,1% em 2012, caiu para 11,8% em 2016 e, em 2017, chegou a 13,2%. A economista da Coordenação de Trabalho e Rendimento do IBGE Adriana Beringuy explica que a queda na sindicalização é uma tendência verificada nos últimos anos, tendo sido mais acentuada em 2016. Para ela, a baixa reflete o aumento da informalidade no mercado de trabalho. “A queda está relacionada, primeiro, à redução da própria ocupação no país. Essa queda se deu sobretudo entre os trabalhadores com carteira de trabalho assinada, principalmente na indústria e serviços de formação. Isso impactou diretamente a sindicalização, porque dentre esses trabalhadores formalizados é que está uma das maiores taxas de sindicalização”, disse. Entre os que trabalham para o setor privado com carteira assinada, 19,2% são associados a sindicatos, taxa que cai para 8,6% entre os que trabalha por conta própria. A taxa ficou em 5,1% para quem trabalha para o setor privado sem carteira assinada e chega a 27,3% entre os empregados no setor público. Nessa parcela, a taxa era de 28,4% em 2012 e chegou a 29,4% em 2014. Adriana acrescenta que a sindicalização maior está entre empregados do grupo administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde e serviços sociais, que tem taxa de 23,3%. Segundo ela, esses setores têm historicamente mobilização sindical maior. “Nesse grupamento, boa parte dele vem da saúde e da educação, onde você tem sindicatos numerosos. A presença de categorias que tem historicamente mobilização maior em termos de filiação contribui muito para que essa faixa cresça, principalmente nos espaços de educação e saúde”, completou. Por grupo de atividade, em seguida, aparece a agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, com 21,1% de sindicalização. A menor taxa está entre os que prestam serviços domésticos, com 3,1% em 2017, tendo apresentado a maior taxa em 2016 (3,6%) e aumento também em relação a 2012, quando a taxa ficou em 2,7%. Trabalhadores com nível superior de ensino representam 18,5% do total de pessoas ocupadas e somam 31,3% dos sindicalizados. CNPJ: O número de pessoas ocupadas como empregadores ou trabalhadores por conta própria que tinham registro no Cadastro Nacional de pessoa Jurídica (CNPJ) passaram de 23,9% em 2012 para 28% no ano passado. No total, são 7,66 milhões de pessoas nessa categoria no Brasil. A proporção é de 18,5% do total entre os trabalhadores por conta própria e chega a 80% entre os empregadores. Em 2012 as proporções eram de 14,9% e 75,6%, respectivamente. A região com mais pessoas ocupadas como empregadores ou trabalhadores por conta própria com registro no CNPJ é o Sul, com 38,1%. No Norte são 12,4% do total. Por grupo de atividade, a maior proporção é no comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas, com 42,5%, e a menor está na agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, com 6,1%. Entre as pessoas ocupadas no setor privado, aumentou no período o número de empregados em pequenos empreendimentos, passando de 46,7% em 2012 para 51,5% a proporção de quem trabalha em empresas com até cinco empregados. O grupo de ocupados em estabelecimentos com mais de 51 empregados passou de 29,8% para 26,1%. Local de trabalho: No total, 63% dos trabalhadores permanecem ou moram na área do próprio empreendimento. Ficaram em local designado pelo empregador, patrão ou freguês 12,5% e, em fazenda, sítio, granja ou chácara, 11,1%. Há também 2,8% que trabalham em via pública, 3,8% em veículo automotor e 4,3% em domicilio ou residência. Segundo Adriana, o trabalho no domicílio de residência teve aumento de 443 mil postos, chegando a cerca de 3 milhões. “[Isso] mostra que um contingente importante de pessoas passou a desenvolver suas atividades no próprio domicílio. A gente não sabe se todas essas pessoas necessariamente perderam seu vínculo formal, em empresas. Mas, com certeza, pessoas que tinham o seu vínculo formal viram nesse tipo de atividade, exercida no próprio domicílio, uma alternativa.” Fonte: Bocão News

Foto: Reprodução / Instagram

Uma legião de crianças carregava seus slimes de estimação pelo Credicard Hall na noite desta quarta-feira (7). Enquanto as massinhas viscosas eram distribuídas, gritos agudos e sincronizados do público mirim saudavam cada vencedor da 19ª edição do Meus Prêmios Nick, do canal pago Nickelodeon. PUBLICIDADE: Foi assim quando Ariana Grande driblou nomes como Harry Styles e Sena Gomez ao vencer a categoria de artista internacional favorito e também quando Anitta levou o troféu de artista musical favorito, desbancando concorrentes como Luan Santana e Pabllo Vittar. As cantoras, que ganharam os dois mais prestigiados prêmios, não compareceram ao evento -a brasileira, que também foi eleita gata trendy e levou o prêmio de melhor hit do ano por "Medicina", enviou um vídeo de agradecimento aos fãs. Com três premiações, Anitta foi a segunda maior vencedora da noite. Em primeiro lugar ficou a série da Nickelodeon "Kally's Mashup", com elenco que venceu artista de TV favorito, programa da Nick favorito, programa de TV favorito e ship do ano. "Os brasileiros são honestamente os nossos melhores fãs. Nós estávamos animados para a premiação, mas nunca esperávamos por isso. E o sentimento de estar em um país como esse é incrível", disse a argentina Maia Reficco, do elenco internacional de Kally's Mashup. A atriz e apresentadora Maisa Silva fez as vezes de anfitriã da noite, função que no ano anterior foi de Larissa Manoela. Além de coordenar "aplausos, vivas e gritinhos enlouquecidos" da plateia, fazer dupla com o youtuber João Guilherme e dançar k-pop com Yudi Tamashiro, Maisa também levou o prêmio de melhor canal de YouTube. Claudia Leitte, Luan Santana, Fiuk e Karol Conká foram alguns dos artistas que passaram pelo palco do evento. A dupla sertaneja Matheus e Kauan encerrou a premiação cantando "Ao Vivo e a Cores" e deixou o palco ensopada de slime. A 19ª edição do Meus Prêmios Nick será transmitida no próximo domingo (11), às 19h30, no canal da Nickelodeon. Fonte: Notícias ao Minuto

Foto : Portal Fator Brasil

Os grupos PSA, de Cingapura; PSA,a Hutchison Ports; e a China Merchants Port - ambas de Hong Kong - estão de olho na empresa Tecon Salvador, que é responsável pela grande maioria dos embarques e desembarques de contêineres na capital baiana. Além da Tecon Salvador, os gigantes asiásticos também estão interessados no Tecon Rio, que fica no Rio Grande do Sul, segundo o jornal Valor Econômico. Ambas as empresas pertencem ao Grupo Wilson Sons. De acordo com a publicação, os conglomerados, que estão entre os maiores do setor, já fazem auditoria nos ativos. O interesse dos compradores é por até 100% dos terminais. Fonte: Metro 1

Foto: © Adriano Machado / Reuters

O presidente eleito Jair Bolsonaro se reúne hoje (8), pela manhã, com parlamentares no apartamento funcional dele em Brasília, para negociar a parte da reforma da Previdência. A finalidade é garantir a aprovação ainda este ano de algumas propostas de tramitação mais simples no Congresso Nacional. Em meio a dificuldades pela falta de consenso no Congresso Nacional, Bolsonaro indicou ontem (7) que a negociação passa por buscar a aprovação de medidas que não alterem a Constituição. Segundo o presidente eleito, a aprovação da reforma da reforma da Previdência é um avanço também para buscar soluções para as contas públicas. “O que queremos é votar alguma coisa o quanto antes”, ressaltou Bolsonaro em entrevista ontem. A aprovação de uma proposta de emenda à Constituição (PEC) depende do apoio de dois terços dos 513 deputados e 81 senadores, em dois turnos de votação em cada Casa, antecedida por um processo de negociação. A demora é certa pela tradição do Congresso.

Foto: Lula Marques/Agência PT

Um dos processos que envolve o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Operação Lava Jato está pronto para receber uma sentença da 13ª Vara Federal de Curitiba. A ação trata de suposta propina de 12,9 milhões de reais paga pela Odebrecht a Lula por meio das compras de um terreno que abrigaria o Instituto Lula e uma cobertura vizinha à do petista em São Bernardo do Campo (SP). Não há prazo para a conclusão da ação. Após o “sim” do juiz federal Sergio Moro ao convite do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para ocupar o Ministério da Justiça no governo que começará em 1º de janeiro, a responsável pelo processo é a juíza federal substituta Gabriela Hardt. Depois que Moro pedir exoneração, o que ele ainda não fez, um novo juiz federal titular assumirá os processos da Lava Jato no Paraná. Fonte: MSN

Foto: Reprodução / Instagram

A modelo fitness Gracyanne Barbosa causou furor nas redes sociais ao postar uma foto com o personal trainer para homenageá-lo por seu aniversário nesta terça-feira (6). O macacão que a musa usava na imagem destacou era bem justo e evidenciou os internautas, que logo questionaram sobre as roupas íntimas que ela utilizava (ou não) para malhar: Intrigada, uma seguidora da modelo questionou: “Você malha sem calcinha e sem sutiã?”. A mensagem não passou despercebida por Gracyanne, que fez questão de responder: “Com calcinha, sempre. Sutiã não uso”. Outros internautas elogiaram o corpo da ex-dançarina: “Me irrita quando eu olho pro seu corpo e depois eu me olho no espelho“, afirmou uma seguidora. Um seguidor afirmou que deseja que o personal continue cuidando da modelo: “O que eu posso dizer é pra ele continuar cuidando dessa obra de arte“, afirmou um internauta. Fonte: Voz da Bahia

Foto : AP Photo/John Locher

Após eleitores aprovarem hoje (6) proposta sobre o tema nas eleições de meio de mandato, Michigan vai se tornar o décimo Estado dos Estados Unidos a legalizar o consumo recreativo da maconha. A medida de Michigan, que obteve 56% de votos a favor, coloca em prática um sistema regulado de cultivo e venda, para adultos a partir de 21 anos. Além de Michigan, a maconha é legalizada nos Estados de Alasca, Colorado, Nevada, Oregon, Washington, Vermont, Maine, Massachusetts e Califórnia, e na capital Washington. Fonte: Metro 1

Foto: Antônio Queiroz / CMS

A intenção da CCJ é fazer uma reunião conjunta com a Comissão de Finanças e a Comissão de Transporte para que fosse aprovado um parecer conjunto. Inicialmente, os colegiados se reuniriam na última segunda (5), mas a maior parte dos vereadores não compareceu à sessão e ela precisou ser adiada. "Essa segunda passada a gente deveria abrir vista para as outras comissões para a gente fazer o parecer em conjunto, mas as comissões não compareceram. Agora nós mandamos por ofício para os presidentes e vice-presidentes de todas as comissões para eles comparecerem na segunda", comentou a vereadora Lorena Brandão, relatora do projeto de lei na CCJ, ao Bahia Notícias. A votação do projeto de lei no plenário da Câmara estava prevista para acontecer na próxima segunda. No entanto, a prefeitura retirou a urgência da proposta para que ela seja mais discutida e agora a proposição não tem mais data para ser votada entre os vereadores. Fonte: Bahia Notícias

Foto: Arquivo BNews

Em entrevista ao programa Se Liga Bocão, na Rádio Itapoan FM, o vereador de Salvador e deputado estadual eleito pelo PSOL, Hilton Coelho, criticou fortemente o governo Rui Costa (PT), mas avisou que não se juntará ao DEM ou ao PSDB na oposição. Para ele, o governo Rui Costa tem lacunas que são muito fortes e estão relacionadas aos interesses dos grupos financiadores de campanha, e não aos da população. “Hoje nós temos uma educação estadual lastimável. Falta de tudo na estrutura, projeto político-pedagógico, desvalorização dos profissionais, generalização do assédio moral na rede estadual, e o governador procura responder isso com propostas fora da realidade, como a militarização das escolas, disciplinamento de profissionais. Temos exemplos de escolas públicas de boa qualidade e que seriam melhores se tivessem bom apoio do governo, como os institutos federais”, ressaltou Coelho.  Ele também criticou a extinção do Derba, da EBDA, da Cesta do Povo. “Como você pode falar de desenvolvimento num estado que tem a maior população rural do Brasil e extingue justamente a empresa que é responsável por fomentar e pesquisar para a agricultura. Isso é inaceitável. Poderíamos ter outro tipo de produção no campo com o Derba. Ainda tenho esperança que ele seja revitalizado, pois com ele funcionando, conseguiríamos escoar essa produção na Bahia”, sinalizou o deputado eleito. Sobre fazer parte da oposição ao governo Rui Costa, Coelho garantiu que não se juntará ao DEM ou ao PSDB, pois “eles concordam com a política dos coronéis e leões da Bahia”. “O PSOL vai ter posição de oposição de esquerda, com conteúdo, falando de projetos. As propostas do governo que forem interessantes para a população encontrarão o nosso apoio, mas nosso posicionamento hoje é muito crítico em relação ao programa do governador Rui Costa nas mais diversas áreas, como segurança pública, educação, agricultura”, completou. Fonte: Bocão News

Foto: DR

Pelo menos 65 'jihadistas' do grupo Estado Islâmico (EI, também conhecido como Daesh) na Síria foram mortos desde segunda-feira (5) no leste do país, sobretudo em 'raids' aéreos da coligação internacional liderada pelos Estados Unidos, indicou, nesta quarta-feira (7), uma organização não-governamental (ONG). PUBLICIDADE: Esses ataques surgem em um momentoa em que as Forças Democráticas Sírias (FDS), uma aliança curdo-árabe que é uma parceira fundamental da coligação no terreno, anunciaram, no fim de outubro, a suspensão das suas operações anti-EI, após bombardeamentos turcos a posições militares curdas no norte da Síria. Hoje à tarde, pelo menos 20 'jihadistas' foram mortos na província de Deir Ezzor por 'raids' aéreos da coligação, indicou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH). Os combatentes do EI foram alvejados durante um ataque que lançaram ao campo petrolífero Al-Tanak, em atividade mas também utilizado como posição militar pelas FDS, precisou o OSDH. Esse campo petrolífero situa-se alguns quilómetros a norte de Hajin, uma aldeia que constitui, juntamente com as suas imediações, o último reduto dos 'jihadistas' na Síria. Os novos ataques ocorreram após a morte de 28 'jihadistas' do EI, na segunda e na terça-feira, em bombardeamentos semelhantes, precisou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman, citado pela agência de notícias francesa AFP, que tentou obter um comentário de um porta-voz da coligação, até agora sem êxito. O OSDH, que dispõe de uma vasta rede de fontes na Síria, identifica os autores dos 'raids' aéreos a partir do tipo de avião utilizado, do local do ataque, dos planos de voo e das munições utilizadas. Fonte: Notícias ao Minuto

Foto: Reprodução

Rafael Ilha se tornou o novo fazendeiro do programa A Fazenda após vencer a prova da noite desta terça-feira (6). Assim, ficam na roça Leo Stronda e Fernanda Lacerda, que disputarão a preferência do público na próxima quinta (8). PUBLICIDADE: Stronda esteve a frente dos companheiros durante quase toda a prova, que consistia em um circuito em três etapas, mas foi superado pelo ex-Polegar na reta final. Ao comemorar, ele lembrou a expulsão de Nadja Pessoa do programa na tarde desta terça. A saída de Nadja aconteceu após ela ter sido acusada de agredir o companheiro de confinamento Caique Aguiar, ainda na madrugada de segunda-feira (5). Durante uma discussão, ela chegou a jogar água e hidratante nele, antes de chutar as penas dele, na tentativa de tirá-lo de sua cama.  Nesta terça, a expulsão foi confirmada: "Atenção, peões. Segundo o manual de sobrevivência, um peão pode ser retirado do jogo por violência física e proposital ou qualquer atitude que possa colocar em risco a integridade física de um ou mais participantes. Por decisão da produção do programa, a participante Nadja está fora do jogo", leu Catia Paganote aos companheiros. Nadja já havia protagonizado uma série de discussões desde o início do programa, principalmente com Ana Paula Renault e Gabi Prado, que já foram eliminadas. Na noite de segunda, em meio a discussões com Fernanda e Caique, ela ameaçou tocar o sino para deixar o programa, mas foi dissuadida por Evandro. Marcos Mion, apresentador do programa, disse nesta terça, antes da expulsão de Nadja, que sempre quis ver Rafael Ilha na Fazenda" e que Ana Paula Renault, Nadja Pessoa e Gabi Prado, são como "barris de pólvora". É "apagar um incêndio por dia", afirmou ele. Fonte: Folhapress

Foto: Divulgação

Ainda sem assumir oficialmente o Palácio do Planalto, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) já virou moda há um tempo. No entanto, um estilista aproveitou a sua popularidade e idolatria para usar o capitão reformado como tema de uma coleção de botas e sapatos: as “bolsoboots”. Victor Vicenzza, natural de Santa Catarina, usou fotos, desenhos, charges e palavras que fazem referência a Jair Bolsonaro, em estampas fullprints, além de usar as cores da bandeira do Brasil. O estilista foi muito criticado por opositores do presidente eleito pelo PSL, mas em contrapartida, conseguiu a atenção do próprio Bolsonaro, que o seguiu no Instagram e o fez popular entre seus adeptos. Ele pulou de 45 mil seguidores para mais de 120 mil. As fotos das peças foram compartilhadas há mais de um mês, mas voltou a repercutir nos últimos dias e Victor se manifestou nas stories do Instagram. Ele publicou uma resposta a um seguidor que teria dito que ele “traía” a classe LGBT. Vincenzza respondeu que “ninguém é especial” para ter uma “divisão” e depois publicou o print de uma conversa com uma cliente “drag queen”, que afirmou que iria comprar as suas peças. Segundo o Extra, o estilista afirmou que o público LGBT é responsável por cerca de 35% das compras. Fonte: Bahia.Ba

Foto: Reprodução / Folha do Recôncavo

A Via dos Transportes, situado no Polo Industrial [Petroquímico] de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, terá obras de intervenção. Os trabalhos vão custar R$ 1,7 milhão e serão executados pela Superintendência de Infraestrutura de Transportes da Bahia - SIT, autarquia vinculada à Secretaria de Infraestrutura (Seinfra). A autorização da obra foi liberada pela presidente do Conselho Deliberativo do Fundo Estadual de Manutenção das Áreas Industriais da Sudic – Funedic, a deputada estadual Luiza Maia. Fonte: Bahia Notícia

Foto : André Corrêa

O Senado incluiu na pauta de votação o projeto de reajuste para ministros do Supremo Tribunal Federal e para o procurador-geral da República e pode apreciar a matéria a partir de hoje (7). Caso decida votar, o presidente da Casa, Eunício Oliveira (MDB), terá de designar um senador para relatar os projetos em plenário. O relator fará um parecer favoravelmente ou contrariamente ao reajuste. Em seguida, o texto vai a plenário. Fonte: Metro 1

Foto : Felipe Oliveira / EC Bahia

Após a vitória contra a Chapecoense, o Bahia iniciou hoje (6) a preparação para o clássico Ba-Vi. Com uma lesão no joelho, o atacante Gilberto permaneceu em tratamento e não treinou. Apenas desceram a campo os atletas que não participaram da partida contra a Chape ou atuaram por menos de 45 minutos. Os demais participaram de um treino regenerativo. O clássico Ba-Vi, válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, acontece no próximo domingo (11), às 16h (de Salvador), no Barradão. O tricolor ocupa a 11ª colocação na tabela, com 40 pontos, enquanto o Vitória está em 17º, com 34 pontos. Fonte: Metro 1

Foto: Divulgação

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), enviou hoje (6) para a Segunda Turma da Corte um novo pedido de liberdade protocolado ontem pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No pedido, a defesa de Lula volta a alegar suspeição do juiz Sergio Moro para julgar o ex-presidente. Os argumentos foram reforçados pelos advogados após o magistrado aceitar o cargo de ministro da Justiça no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro. Fachin deu cinco dias de prazo para que o Superior Tribunal de Justiça (STJ), o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) e a 13ª Vara Federal de Curitiba se manifestem sobre o caso. Em seguida, a Procuradoria-Geral da República (PGR) terá o mesmo tempo para prestar esclarecimentos. Fonte: Forte na Notícia

Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

O Vitória encara o Bahia, domingo (11), às 16h (horário de Salvador), no Barradão, válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Presidente do Leão, Ricardo David jogou o favoritismo para o arquirrival. “Bahia é o favorito sim, acho que sim, tem melhor campanha. Futebol é simples. Quem apresenta melhores resultados se torna favorito.  O Bahia é favorito, mas vai encontrar um adversário com vontade para reverter isso. Não tenha dúvida. O Bahia vai encontrar um adversário difícil de ser enfrentado”, declarou. O Vitória não vence um Ba-Vi há nove jogos. A última vez que o rubro-negro venceu foi no dia 27 de abril de 2017, no confronto de ida das semifinais da Copa do Nordeste de 2017, pelo placar de 2 a 1. O confronto aconteceu no Barradão . Neste período, o Vitória acumula três empates e seis derrotas. No último encontro, o rubro-negro perdeu por 4 a 1, no dia 4 de julho, na Arena Fonte Nova, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 34 pontos, o Vitória ocupa a 17ª posição no Campeonato Brasileiro, enquanto o Bahia está em uma situação confortável. O time comandado pelo técnico Enderson Moreira tem 40 pontos e aparece em 11º. Fonte: Bahia Notícias

Foto: Reuters

O Tesouro Nacional propôs hoje (6) medidas que podem ser executadas para tonar mais rígidas as regras de financiamento e reduzir o endividamento de estados e municípios. No ano passado, a dívida bruta dos estados e municípios com a União chegou a R$ 908 bilhões, conforme dados apresentados no documento Exposição da União à Insolvência dos Entes Subnacionais. PUBLICIDADE:  Entre 2010 e 2016, as receitas primárias dos estados mantiveram-se praticamente estáveis. Por outro lado, no período, as despesas obrigatórias com pessoal ativo e inativo cresceram em 6,5 pontos percentuais. Somando isso ao custeio, o conjunto de despesa avançou 9,9 pontos percentuais sobre a receita disponível para os estados. De acordo com o Tesouro, durante a década de 1990, a situação deficitária dos entes subnacionais levou a União a editar diversas leis para trazer alívio financeiro aos estados e municípios. Após anos de baixo crescimento econômico e elevada inflação, as sucessivas medidas alcançaram o seu objetivo, embora tenha sido necessário um refinanciamento dos entes subnacionais por parte da União da ordem de R$ 630 bilhões em 2017. “Hoje, novamente, diversos entes federados estão desequilibrados financeiramente e estão em busca de alívio financeiro no curto prazo. Esse desequilíbrio é fruto do aumento dos gastos obrigatórios, especificamente dos gastos com pessoal”, diz o estudo. Entre 2005 e 2016, a média do crescimento real com gasto de pessoal, ativos e inativos, para os estados foi de 57%; em cinco estados a variação real desse gasto total com pessoal per capita ultrapassou os 80%. A título de comparação, o PIB (Produto Interno Bruto) real cresceu 52,61% no mesmo período. “Essa tendência de crescimento do comprometimento da receita dos estados com pessoal tende a prejudicar o funcionamento dos serviços básicos dos governos estaduais, uma vez que restam cada vez menos recursos para a execução de políticas públicas (que envolvem gastos com mão-de-obra de terceiros, investimentos, material de consumo, entre outros)”, diz o texto do Tesouro Nacional. De acordo com o órgão, até o momento, as medidas tomadas apenas oferecem alívio no curto prazo, e a expectativa de médio prazo é o aumento do desequilíbrio fiscal. Apesar da atuação do governo federal para reduzir o risco de insolvência, como as renegociações de dívidas e a reformulação do Sistema de Garantias da União, algumas fragilidades ainda persistem. Entre os problemas listados pelo Tesouro estão a concorrência por garantia subnacional, a judicialização das relações entre a União e os demais entes federados, a ausência das reformas fiscais estruturais e as divergências contábeis existentes entre os tribunais de contas estaduais, que acabam por reduzir a efetividade da Lei de Responsabilidade Fiscal. Segundo o Tesouro, competem ao Senado o estabelecimento de limites e condições para regular o endividamento dos estados e a concessão de garantias da União, entretanto, as referências máximas estabelecidas não são efetivas para evitar a contratação de dívidas por entes que apresentam situações fiscais frágeis. A primeira proposta é a de rever esses limites. Outro ponto que demanda atenção, segundo o Tesouro, é a prática dos entes subnacionais de ofertar o mesmo fluxo de receitas próprias e de transferências como garantia de pagamento a credores distintos, especialmente a União e as instituições financeiras. A segunda proposta, então, é a construção de mecanismos de controle das receitas de Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) ofertadas como garantia para evitar a contratação de operações cujos efeitos colaterais financeiros sejam compartilhados. A última proposta do Tesouro é a contenção dos vazamentos do sistema de regulação dos mecanismos de financiamento dos estados. Mais especificamente, segundo o órgão, refere-se ao uso de boas práticas a serem adotadas pelas instituições financeiras para a concessão de operações de crédito aos estados e municípios, de forma a manter um sistema de incentivos a uma situação fiscal saudável. Fonte: Agência Brasil

Foto: Reprodução

Uma comitiva com as principais lideranças do PSDB na Bahia fez uma visita de cortesia ao governador eleito João Dória, em São Paulo, para tratar do panorama geral do país após a eleição de Jair Bolsonaro (PSL). O grupo contou com as presenças dos deputados estaduais eleitos Paulo Câmara, Marcell Moraes e David Rios e do deputado federal Antônio Imbassahy. "Viemos fazer uma visita de cortesia ao governador eleito de São Paulo. Foi uma visita, primeiro, para parabenizar pela vitória e tratar de assuntos distintos. Também viemos tratar da definição do apoio do partido em relação ao governo de Bolsonaro, para que ele possa conduzir o país no rumo certo no sentido da diminuição do desemprego e da violência", disse Paulo Câmara ao BNews. "No segundo plano, atualizamos ele em relação a Bahia. Atualizamos o contexto geral, falamos da eleição ao Governo do Estado e tudo um pouco. E também tratamos de candidaturas no interior da Bahia", completa. O tucano também acredita que "em hipótese em alguma" a Bahia sairá prejudicada com a eleição de Bolsonaro, mesmo com a reeleição do governador Rui Costa (PT). Para ele, o novo chefe do Palácio do Planalto saberá distribuir recursos para todos os estados. Fonte: Bocão News

Foto: Reprodução

A vereadora Maria Cedraz utilizou a Tribuna da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas para apresentar suas indicações durante a sessão do Poder Legislativo. “Pensando mais uma vez na fomentação de emprego e renda da nossa cidade, eu faço duas indicações nessa noite. Se existe algo que eu me preocupo muito é com isso. Nós precisamos aumentar a renda e a empregabilidade na nossa cidade”, disse. Sendo assim, Cedraz pediu para o Poder Executivo aumentar o número de professores que sejam enquadrados durante o ano. A vereadora também solicitou a presença de Guardas Municipais nas praças da cidade. Fonte: Forte na Notícia

Foto: Reprodução

Durante o assalto a duas agências bancárias na cidade de Castro Alves, na madrugada desta terça-feira (6), um homem identificado pelo prenome Leandro, de 27 anos, foi baleado enquanto tentava gravar a ação dos criminosos. Segundo informações, após ser percebido pelos bandidos que estavam em fuga, os acusados atiraram contra o rapaz. Não há informações sobre seu estado de saúde. Fonte: Voz da Bahia

Foto : Ricardo Stuckert

O engenheiro Emyr Diniz Costa Júnior, homem de confiança da direção do Grupo Odebrecht, confirmou à Justiça Federal, ontem (5), que a empreiteira executou a reforma do sítio de Atibaia (SP), atribuído pela Operação Lava Jato ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com recursos do caixa de Setor de Operações Estruturadas, o departamento de propinas da empresa. A informação foi dada em depoimento à juíza federal Gabriela Hardt, que substitui Sérgio Moro no comando da operação. Emyr é um dos 77 delatores da Odebrecht, que teve o maior acordo de colaboração da Lava Jato, homologado em janeiro de 2017. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, ele relatou à juíza um suposto encontro que teve com o advogado Roberto Teixeira, compadre de Lula, três meses após o término da obra do sítio, com o objetivo de regularizar a reforma sem que a Odebrecht aparecesse no negócio. O engenheiro disse que recebeu dinheiro do Setor de Operações Estruturadas e entregava em envelopes para o funcionário Frederico Barbosa. O valor era repassado para o segurança do ex-presidente, que ia até os fornecedores de materiais de construção fazer o pagamento. A ideia era que as obras fossem entregues rapidamente, a fim de que Lula pudesse usar o sítio assim que saísse da Presidência, em dezembro de 2010. Nesse processo, Lula é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Fonte: Metro 1

Foto: Divulgação/PF-BA

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (6), as operações "Sombra e Escuridão" e "Elymas Magus" contra duas organizações criminosas especializadas em fraudes a licitações e desvio de recursos públicos que atuavam em diversos municípios da região sul da Bahia. De acordo com a PF, são cumpridos 13 mandados de prisão preventiva e 50 mandados de busca em diversas cidades baianas, dentre as quais Aurelino Leal, Camamu, Ibirapitanga, Igrapiúna, Ilhéus, Itabela, Itabuna, Ituberá, Santo Antônio de Jesus, Ubaitaba e Ubatã. Cerca de 115 policiais federais e mais 24 auditores da Controladoria Geral da União participam da ação. As investigações referentes à Operação Sombra e Escuridão tiveram início há pouco mais de um ano, a partir de suspeitas envolvendo os sócios de duas empresas sediadas em Igrapiúna, que, não obstante haverem participado de licitações e recebido vultosos pagamentos de diversos municípios – em contratos de obras, locação de veículos e transporte escolar – eram também beneficiários do programa Bolsa Família, do Governo Federal. Segundo a PF, foi constatado que a organização criminosa operava com pelo menos quatro empresas constituídas em nome de “laranjas” com a finalidade de fraudar licitações. Através dos levantamentos realizados, com o apoio do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM-BA) e também da Controladoria Geral da União (CGU), foi possível comprovar que essas empresas não possuíam a mínima capacidade para a execução dos serviços e obras contratadas, os quais eram terceirizados mediante a cobrança de um percentual sobre o valor pago pelas prefeituras. As investigações mostraram que muitas dessas obras não foram concluídas, a exemplo de creches, unidades básicas de saúde e quadras de esportes. 

Foto: Sputinik

Dois anos após a vitória de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos, os norte-americanos voltam às urnas hoje (6) para escolher deputados, senadores, governadores e representantes estaduais e regionais. As chamadas “mid term”, ou eleições de meio-mandato, podem mudar o cenário de apoio político no país por definir o controle majoritário na Casa de Representantes (Câmara dos Deputados) e no Senado. Os eleitores americanos vão escolher dois terços do Senado (35 senadores) e todos os 435 deputados. Além disso, serão eleitos governadores de 36 estados e três territórios, bem como deputados estaduais e representantes distritais (municipais). As últimas pesquisas de intenção de voto mostram que a tendência é de que os democratas saiam vitoriosos na Câmara, conquistando a maioria das cadeiras. No Senado, apenas dois terços dos lugares serão renovados, mas a projeção é de uma vitória republicana. O cenário nas eleições estaduais também é amplamente disputado. Os republicanos controlam 33 dos 50 estados americanos. Há eleições em 26 estados republicanos que tentam não perder terreno. Caso confirmem as intenções de voto para a Câmara, os democratas podem passar a ser maioria e controlar a casa, podendo bloquear a agenda legislativa de Trump. Analistas entrevistados pela imprensa norte-americana dizem que as eleições de meio de mandato costumam condicionar a forma de agir do presidente, exigindo maior capacidade de diálogo e de articulação política no caso de uma vitória do partido de oposição.

Entrevistas
Organizadores do “Bloco As Muriquetes” falam sobre a expectativa deste evento que vem animando os muritibanos a cada ano
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.