Mídia Recôncavo | Com Anderson Bella
Recôncavo, Segunda , 16 de Setembro de 2019
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Reprodução l Calila Notícias

Está internado no Hospital geral do Estado (HGE) um garoto de 11 anos que teve ferimentos graves após tocar em barra de berro de alta tensão em Conceição do Coité.

O estudante Jefferson Borges Teixeira, 11 anos, sofreu queimadura por quase todo o corpo quando passa em frente a uma construção na Rua Carlos Gomes, por volta das 13h30 de quarta-feira (24).

Segundo informações do site Calila Notícias, o garoto costuma ir à obra onde o irmão conhecido por Robinho trabalha de pedreiro. Ele estava na cobertura do primeiro andar e teria colocado a barra de ferro sobre os ombros e de costa não percebeu que a fiação elétrica estava bem próxima.

O metal encostou na rede elétrica e o menor sofreu uma descarga, que segundo informações da polícia, a potencia seria de 12 mil volts. “A tragédia não foi maior porque a energia desligou com a queda da canela e ainda no local” disse uma testemunha.

Jeo, como é conhecido o garoto,  foi reanimado ainda no local e transferido para o Hospital Geral do Estado em Salvador, embora deixasse a unidade hospitalar com o corpo quase que todo enfaixado, viajou consciente.

Segundo o encarregado da obra que não teve a identidade revelada, o proprietário solicitou a presença de um técnico da Coelba na semana passada, “ele pagou R$ 1.200 para fazer mudança na rede elétrica justamente para evitar qualquer acidente, a empresa afastou a fiação da parede, mas infelizmente um momento de descuido aconteceu o acidente”, lamentou.

O proprietário da obra não estava na cidade, ao saber do ocorrido retornou à Salvador a para acompanhar o internamento da criança. 

Uma criança de três anos teve um dia do famoso personagem de Ziraldo, "Menino Maluquinho", ao colocar uma panela de pressão na cabeça. O problema é que o objeto ficou preso e nem a mãe do garoto conseguia tirar. O fato aconteceu nesta terça, 23, no estado de Sergipe.

Como não conseguia ajudar o filho, Wanderson Rodrigues de Almeida, a mãe identificada apenas pelo prenome Silvânia chamou o Corpo de Bombeiros, que também encontrou dificuldade em remover a panela, já que a criança estava agitada. A Unidade de Suporte Avançado (USA) do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi acionada para sedar o menino, mas bombeiros e médicos decidiram levá-lo para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), onde conseguiram acalmar o garoto.

"A equipe teve todo um trabalho de persuasão e brincadeiras com a criança, o convencendo que estava usando um capacete (a panela) e que o "robô" (desencarcerador) dos bombeiros iria salvá-lo", de acordo com relato do procedimento realizado no site do Corpo de Bombeiros de Sergipe.

O desencarcerador é uma ferramenta utilizada para retirar vítimas presas em ferragens ou qualquer outro ambiente. O equipamento, uma espécie de tesoura, corta o objeto preso por meio de bombeamento hidráulico e por um motor, que abre espaço para retirar a vítima.

Após o socorro, Wanderson voltou para casa com fama de "Menino Maluquinho".

O presidente em exercício do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, concedeu liminar para suspender a greve de médicos em Salvador. Ele atendeu a pedido da prefeitura. Como plantonista da Corte, o ministro é responsável por decidir questões urgentes durante o período de recesso.

O ministro cassou decisão anterior do Tribunal de Justiça do estado, retomando entendimento da primeira instância do Judiciário baiano que proibia a greve, alegando que a prestação de saúde não poderia ser interrompida.  

Segundo Lewandowski, a continuidade do movimento grevista resulta em “quadro de extrema gravidade que poderá inviabilizar por completo o já combalido sistema público de saúde e, por conseguinte, o próprio direito à saúde da população”.

Ele destaca que são conhecidos os problemas de estrutura e de gestão vivenciados pelos médicos brasileiros, mas que a desassistência à saúde “inflige pena extremamente gravosa à população, já atingida pelas demais deficiências ainda existentes no Sistema Único de Saúde”.

 

Segundo relato da Secretaria Municipal de Saúde, anexado ao processo, vários médicos deixaram de trabalhar na rede pública desde o início da greve, sem obedecer taxas mínimas de comparecimento. De acordo com o documento, em 35 dias de paralisação, 11,8 mil pessoas ficaram sem atendimento. Agência Brasil

 

Foto: Anderson Bella/Mídia Recôncavo
Autoridades e representantes da comunidade fizeram parte da mesa

Na noite desta quarta-feira (24), o prefeito Roque Isquem (PDT), acompanhado da sua equipe de governo, realizou uma Audiência Pública para discutir com a comunidade o projeto de reforma da Praça do Bonfim. Após apresentação da planta da obra, o prefeito ressaltou a importância do investimento para o Município, que gera em torno de R$ 180.000,00. A Audiência foi realizada após manifestação da população nas redes sociais, criticando o Governo por conta da derrubada de um coreto que existia na Praça, que segundo Roque Isquem, um laudo técnico informou que o espaço estava colocando a comunidade em risco.

Um abaixo-assinado foi entregue ao gestor, informando que a maioria dos moradores do entorno da Praça, querem a reconstrução do coreto. “Estou aqui para fazer o melhor para nossos munícipes. Sou uma pessoa democrática, e vamos reunir com os responsáveis pela obra, para discutir e atender o pedido da nossa comunidade.” relata o Prefeito.

O professor Paulo José, que é presidente da Filarmônica Cinco de Março, lembrou que já faz muito tempo que os músicos não utilizam o coreto para realizar apresentações. “O espaço era muito pequeno, e geralmente o seu entorno era utilizado para colocações de barracas durante as festas.” Conclui.

O evento contou também com a participação de vereadores das bancadas de situação e oposição ao Governo. Informações do Mídia Recôncavo

Foto: Roquinaldo Freitas/Mídia Recôncavo

Por Rodrigo Daniel Silva | Mídia Recôncavo

De acordo com os livreiros de Cachoeira, a venda de livros ainda é pequena no município. A razão, segundo eles, é a falta de incentivo à leitura. Na cidade, loja de livros se resume apenas a dois lugares: a MC Livros e Cia e a banca dentro da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Os livros do gênero religioso, disseram os livreiros, dominam a lista dos mais vendidos.

Há cinco anos, Raimundo Dayube abriu a MC Livros e Cia. Ele é bancário aposentado e decidiu fazer de sua antiga garagem um espaço para vender livros e revistas. No começo, contou ele, acreditava que poderia ter um bom retorno com o negócio de livros. Contudo, não foi bem assim. “Se eu dependesse disso aqui, eu já teria fechado. Pra viver não dá. É bom para preencher meu tempo vago”, disse ele.

Avaliou também que a vendagem média é de 10 livros por mês. Ainda segundo ele, não haveria espaço para novas livrarias na cidade. “Tem gente que compra dez revistas de R$ 2,99 e não compra um livro de R$ 30,00, porque acha que é caro”, acrescentou Dayube.

Além da falta de incentivo à leitura, a cachoeirana Acely Araújo apontou outros motivos para a pequena procura de livros. Leitora assídua, segunda ela, muitas obras estão disponíveis na internet, nas bibliotecas municipais e nas escolas. Embora ainda prefira ter o contato direto com o livro, disse ela, isso contribui para a baixa vendagem. Ela contou ainda que tem doado seu acervo pessoal de livros. “Livro não é para estar em casa, é para estar em movimento”, afirmou.

A FLICA

Desde a década de 1980, o maranhense Ademar Papaleguas vem a Cachoeira participar das festas tradicionais da cidade. Hoje, ele mora no município e a sua única renda são os livros que vende na UFRB. Para ele, a Festa Literária de Internacional de Cachoeira (FLICA) tem deixado a desejar no quesito leitura. Segundo ele, a festa está mais voltada para música e show. “Nada contra a música. Mas o livro e a leitura sempre em primeiro lugar”, disse ele. Para Raimundo Dayube, a FLICA é um espaço interessante de debate, mas não é para o mercado de livros. Acely Araújo acredita que nos próximos anos a FLICA deve crescer, mas pede um maior incentivo à leitura para crianças e adultos através da criação de rodas de leitura e de espaços para o teatro. Informações do Mídia Recôncavo

 

O concurso 1.514 da Mega-Sena, a ser realizado nesta quarta-feira (24) em Caicó (RN), pode pagar um prêmio aproximado de R$ 14,5 milhões para o apostador que acertar as seis dezenas. 

No concurso anterior, que ocorreu em Ipameri (GO) no último sábado, o prêmio principalacumulou, mas 44 apostadores acertaram a quina e levaram R$ 47.603,75 cada um; outros 4.837 bilhetes fizeram a quadra e receberam um prêmio de R$ 618,61 cada um.

A arrecadação total foi de R$ 35,7 milhões. Os números sorteados na ocasião foram: 17 - 28 - 31 - 56 - 57 - 58. 

 

As apostas da Mega-Sena devem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) dos dias dos sorteios, quartas e sábados. A aposta mínima, com seis números, custa R$ 2. 

Após um dia de descanso na Residência Assunção, local onde está hospedado no Rio de Janeiro, papa Francisco terá um dia movimentado nesta quarta-feira (24). Antes de dar início a sua participação na Jornada Mundial da Juventude, o Santo Padre vai passar o dia em Aparecida do Norte, no interior de São Paulo.

A princípio, o papa chegaria à cidade de helicóptero, mas, em função do mau tempo, o papa sairá da residência Assunão, onde está hospedado, meia hora antes do previsto em direção ao aeroporto Santos Dumont. Por volta das 8h, ele seguirá de avião para o aeroporto de São José dos Campos, a cerca de 70 quilômetros de Aparecida. O percurso até o santuário será feito de helicóptero.

A alternativa, em caso de falta de condições para a decolagem, será o deslocamento terrestre", disse o general José Alberto da Costa Abreu, Comandante da 1ª Divisão do Exército, na terça-feira (23).

A previsão é de que ele chegue a Aparecida às 9h30. Segundo roteiro divulgado pela Arquidiocese do Rio deJaneiro, o papa desembarca no estacionamento intermediário do Santuário Nacional Nossa Senhora Aparecida. Ele será recebido pelo cardeal arcebispo de Aparecida, dom Damasceno Assis, pelo governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e pelo prefeito de Aparecida, Marcio Siqueira.

Às 9h45, Francisco seguirá pela cidade no papamóvel, em direção à Basílica. Lá, ele vai à Capela dos Apóstolos fazer uma oração. Em seguida, às 10h30, o papa dará início à Celebração Eucarística no altar central da Basílica.

Terminada a missa, às 12h, o pontífice seguirá para a Tribuna Bento 16, na parte externa do Santuário, para dar uma benção aos romeiros que estiverem do lado de fora. Às 12h30, ele seguirá de papamóvel novamente  pela cidade, onde saudará a população na rua Anchieta, praça Benedito Meirelles e rua Barão do Rio Branco, até o Seminário Bom Jesus.

Lá, às 13h, ele vai abençoar a imagem de São Frei Galvão e, depois, vai almoçar com membros da sua comitiva, o cardeal arcebispo de Aparecida, o bispo auxiliar de Aparecida, os seminaristas que residem no local, os padres formadores e bispos da província. Após o almoço, Francisco descansa no local.

Antes de sair do Seminário Bom Jesus, o papa vai abençoar cerca de 50 irmãs que vivem em três conventos de clausura na arquidiocese da cidade. Às 16h, o papa retorna de papamóvel pelo mesmo percurso rumo ao Santuário Nacional, em direção ao heliponto, para embarcar rumo ao Rio de Janeiro.

O músico Dominguinhos em cena do filme 'O Milagre de Santa Luzia'

cantor e compositor pernambucano Dominguinhos, conhecido como "rei da sanfona", morreu às 18h desta terça-feira, aos 72 anos, em decorrência de complicações infecciosas e cardíacas. Ele estava internado no hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Considerado um dos principais nomes do forró, o músico gravou sucessos como "De Volta pro Aconchego" e "Eu Só Quero um Xodó" durante uma carreira de mais de cinco décadas.

Dominguinhos foi internado em 17 de dezembro , no Hospital Santa Joana, no Recife, com quadro de infecção respiratória e arritmia cardíaca. Em 13 de janeiro, foi transferido para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde o tratamento passou a ser liderado pelo oncologista que o acompanhava havia seis anos, desde que recebeu o diagnóstico de tumor pulmonar.

Nascido em Garanhuns no dia 12 de fevereiro de 1941, José Domingos de Moraes começou a carreira ainda na infância, tocando sanfona de oito baixos no grupo Os Três Pinguins, que formou com dois irmãos.

Na adolescência, mudou para o Rio de Janeiro e procurou Luiz Gonzaga, o rei do baião, que lhe dera seu endereço anos antes. Dominguinhos, na época apelidado de Neném do Acordeon, tornou-se herdeiro musical de Gonzaga, morto em 1989.

Foto: Anderson Bella/Mídia Recôncavo
Francisco Pereira diz que o atraso já tem mais de três meses

Na manhã desta terça-feira (23) o presidente da APAE - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Governador Mangabeira entrou em contato com a redação do Mídia Recôncavo para informar que caso a prefeitura não repasse a subvenção que já completa  três meses em atraso, a instituição será fechada. “Sem esse repasse não temos as mínimas condições de continuar oferecendo esses serviços tão importantes para a comunidade. Nossa equipe de funcionários já completou três meses sem receber salários, faltando merenda escolar e o posto de combustível já nos notificou sobre a suspensão do abastecimento. É lamentável, mas não encontramos alternativa, a não ser o fechamento da nossa unidade.” Relatou Francisco Pereira dos Santos.

O presidente ainda ressaltou que mesmo com a ajuda do Governo Estadual, que vem custeando cinco profissionais de nível técnico, a situação ficou insustentável. França destacou que na manhã desta quarta-feira (24) estará convocando a comunidade para prestar contas e apresentar algumas denuncias comprovando os motivos pelos quais o repasse não está sendo feito.

Segundo França, o controlador da Prefeitura, Vinicius, foi até a sede da Apae acompanhado do secretário de finanças e pediu um prazo para a realização do pagamento, compromisso esse marcado para esta terça-feira (23). Porém ao procurar a Prefeitura, o mesmo foi informado que existem problemas técnicos que inviabilizam o cumprimento do acordo.  O presidente alega desconhecer qualquer tipo de falha em sua prestação de contas, bem como a legalidade para o pagamento da subvenção.

Prefeitura diz que pagamento será feito hoje

A reportagem do Mídia Recôncavo manteve contato com o funcionário da Prefeitura, Vinicius Santana, que deu sua versão sobre a situação. De acordo com o controlador, realmente existiram falhas na comunicação da prestação de contas, mas após apreciação por parte da assessoria contábil, o processo foi encainhado para o setor responsável pelo pagamento. O servidor ainda informou que os recursos serão creditados ainda hoje na conta da instituição. Informações do Mídia Recôncavo

Durante exibição do programa da Tarde desta segunda-feira (22), sob o comando de Britto Jr., Ticiane Pinheiro e Ana Hickmann, uma situação constrangedora e inusitada foi ao ar – ao vivo. Em meio à participação do candidato derrotado a prefeito de São Paulo, Celso Russomano, que respondia a perguntas sobre defesa do consumidor, uma mulher de prenome Cláudia fazia uma reclamação por telefone. Ainda no ar, ao vivo, ela se exaltou, chamou o programa de “ridículo” e, para desespero dos apresentadores – com exceção de Britto, que ficou calmo durante todo o tempo –, disparou: “A Record é um lixo”. Confira o vídeo abaixo:

Edgard Abbehusen l Mídia Recôncavo
Fiat Punto, 0km, na Geocar Veículos

A Geocar Veículos tem uma oferta imperdível pra você, leitor do Mídia Recôncavo! Fiat Punto 1.4, 2014, 0km, com ar condicionado, direção hidráulica, vidro e travas elétrico, airbag duplo e freios abs, por R$ 38.590. Essas e outras ofertas você encontra na Geocar Veículos, que fica na Av. Getúlio Vargas, no centro de Cruz das Almas. 

Tudo sobre o Fiat Punto 2014

O Novo Punto chegou repleto de novidades e mudanças para valorizar ainda mais seu visual esportivo. Com um rico e elegante acabamento interno e ainda mais tecnológico, o Novo Punto vem mais uma vez enfatizar o prazer de dirigir, aliando conforto e segurança. Composta por quatro versões de acabamento, quatro motorizações e dois tipos de câmbios, a gama do Novo Fiat Punto demonstra a força das pistas com beleza e elegância. Todas as versões – Attractive, Essence, Sporting, e T-Jet foram renovadas para confirmar o sucesso deste carro que é referência do mercado automotivo.

A Câmara de Vereadores de Cruz das Almas, por iniciativa do vereador Josenir de Andrade Rodrigues – DEM (Nego da Farmácia), homenageará no próximo dia 29/07, na Sessão Solene do aniversário da cidade, o Sr. Luiz Antonio Santana Caldas, conhecido popularmente no município como Caldas, com a Comenda 29 de Julho. A honraria é concedida a personalidades que tenham relevantes serviços prestados ao município.

Caldas está a exercer o cargo de Assessor Especial na prefeitura de Cruz das Almas, mas tem inúmeros serviços prestados ao município dentre estes foi presidente da Associação de Moradores que abrangia os bairros: Tiradentes, Dona Rosa e antiga Banguela durantes os anos de 2001 à 2003 desenvolvendo vários projetos sociais e cursos de capacitação profissional destacando-se a criação da cooperativa de vassouras, gerando vários empregos e sendo destaque em sua criação, vinculada em jornal de grande circulação no nosso estado com o seguinte titulo Cooperativa de Vassouras gera empregos em Cruz das Almas.

Em 2011 entre 1.700 delegados estaduais representando os 417 municípios na 8ª Conferencia Estadual de Saúde, sendo 174 vagas para a 14ª conferência Nacional de Saúde, foi eleito delegado para representar Cruz das Almas e a Bahia, em Brasília, no seguimento de cidadão usuário do serviço do SUS evento importante para a melhoria da Saúde Pública nos município e estados. Assim sendo faz-se um breve resumo do seu comprometimento com o social, o que levou o vereador Josenir de Andrade Rodrigues (Nego da Farmácia) a indica-lo a receber esta honraria.

Edgard Abbehusen l Mídia Recôncavo

O trecho já é perigoso. O mato toma conta da pista que, sem acostamento, divide-se entre carros, motos, caminhões e vans. Durante à noite, a falta de iluminação faz com que, na primeira curva, o motorista se depare com a vista da iluminada cidade heroica, Cachoeira. Mas o condutor tem que contar com a sorte para não encontrar nenhum animal circulando pela pista, o que é comum. Tudo isso acontece na BA 502, mais precisamente no trecho que liga as cidades de Muritiba e São Félix.

Uma ladeira com curvas sinuosas, onde muitos motoristas invadem à contramão para escapar dos buracos. No mês passado, um carro virou na pista quando tentou desviar do buraco que aparece na foto que ilustra a matéria.

O comerciante Isaac Pinheiro, que todos os dias trafega pela estrada, teme um acidente a qualquer momento, "Perigoso! Ônibus sobe essa ladeira e as curvas são bem fechadas. Imagina se ele pega um carro na contramão?", alerta ele.

A ausência de sinalização horizontal deixa o trânsito ainda mais perigoso em partes importantes do trecho. O representante de vendas, Rodrigues Melo, que atua na região, desabafa. "Nesse lugar falta tudo: Placas, pintura no chão, manutenção do asfalto e a gente nunca vê ninguém fazendo nada para melhorar isso!".


                                                  

'Falta de sinalização no asfalto causa acidentes', diz instrutor

O instrutor de direção Wellingthon Rogério, de 24 anos, explica que a sinalização de solo é até mais importante que as placas. "O motorista as vezes é desatento e com a sinalização no asfalto fica mais fácil perceber para onde virar ou parar. É bom sempre que as duas existam", disse. Rogério explicou que, na ausência de uma das sinalizações, são grandes as chances de um acidente. "A sinalização de direção para onde virar, por exemplo, é fundamental para evitar uma colisão, na minha opinião", completou.

 

 

Trecho virou piada na internet

Nas redes sociais circulam imagens com piadas e brincadeiras, fazendo referencia ao estado que se encontra o trecho da BA 502. 

Foto: Anderson Bella/Mídia Recôncavo

Numa travessia a saveiro no Rio Paraguaçu pelas comunidades quilombolas e ribeirinhas dos municípios de Cachoeira, São Félix e Maragojipe o Travessia das Artes levará oficinas e espetáculos de memória, contação de história e dança para toda a comunidade. A proposta é proporcionar a fruição da arte e da cultura para comunidades historicamente excluídas, estimular o desenvolvimento de formas de fazer arte e cultura a partir dos bens locais e provocar a investigação e valorização da memória e história oral do território sob metodologias arte-educativas. As histórias orais e memórias do lugar se transformarão em belos enredos de teatro e performance. 

Os artistas oficineiros se instalarão nas comunidades de Iguape, Pilar e Ponta de Souza, ficando três dias em cada uma delas. O saveiro desembarcará em todas as comunidades as 17 horas com o espetáculo Travessia da Memória e nos dias seguintes desenvolverão as oficinas que culminam em um espetáculo próprio, em cada comunidade. 

Dia 19 de Julho, foi na Fazenda do Pilar, na localidade da Lavandeira, ficando até dia 21. No dia 02 de Agosto chega ao Iguape na frente da Igreja de São Tiago, onde fica até o dia 04. E de 09 à 11 de Agosto o Travessia das Artes vai atracar em Ponta de Souza. 

Uma mulher foi encontrada morta na zona norte de Eunápolis e a vítima estava com a cabeça esmagada. O corpo em estado de decomposição ainda não foi identificado. De acordo com o Departamento de Polícia Técnica a mulher foi assassinada de modo brutal em uma área de pastagem no bairro Alecrim II, mas só foi encontrada no domingo (21).

O cadáver apresentava diversos ferimentos, possivelmente provocados por golpes de madeira, principalmente na cabeça, que estava esmagada. A arcada dentária se desprendeu do crânio, mostrando a violência do crime. No abdômen e tórax da mulher foram vistas pelo menos 15 perfurações que podem ser de faca. A mulher de aproximadamente 28 anos estava seminua. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal e o caso deve ser investigado. Informações e foto Radar64

Foto: Anderson Bella/Mídia Recôncavo
Sede do Cartório, na Rua Anfilófio de Castro

Na manhã da última sexta-feira (19) a reportagem do Mídia Recôncavo acompanhou de perto o drama do cidadão que precisa dos serviços de Tabelionato no Cartório da cidade de Muritiba, no Recôncavo baiano. Apesar do bom atendimento da equipe de funcionárias, a condição oferecida pelo Estado tem deixado a desejar.

Um dos principais problemas é no momento do pagamento do DAJ – Documento de Arrecadação Judicial. Devido a problemas de conexão, que já se estende desde o início do ano, as funcionárias não conseguem imprimir o documento via internet, obrigando as pessoas a se deslocarem para estabelecimentos comerciais que disponibilizam do serviço.

Como se já não bastasse o constrangimento de sair do local sem o boleto, o valor cobrado pelo serviço particular chega a ser maior que o do DAJ. Em um escritório localizado a cerca de trezentos metros do Cartório, foi cobrado pelo serviço de uma única impressão à quantia de R$ 6,00 (seis reais).  “Um absurdo, mas não tive outra opção. Estou vindo de Salvador só para resolver essa documentação, e devido à necessidade tive que pagar. ” Desabafou um cidadão.

No último dia 26 de março, a Bahia comemorou um ano da privatização de parte dos cartórios extrajudiciais. Embora possua 1.412 cartórios em atividade no estado, após um ano, apenas 145 optaram pelo novo regime, dos quais 15 atuam em Salvador. Os demais continuam geridos pelo Tribunal de Justiça da Bahia com seus servidores, que é justamente o caso da cidade de Muritiba. Informações do Mídia Recôncavo

Foto: Wagner Almeida | Mídia Recôcavo
Promotor Millen Castro explica o que é improbidade administrativa

Por Rodrigo Daniel Silva | Mídia Recôncavo

Improbidade administrativa, você já ouviu esse termo? “Não”, disse a costureira Beatriz Souza. Imagina o que isso significa? “Também não”, ela respondeu rindo. A improbidade administrativa é um termo jurídico usado para definir atos de agentes públicos ou de particulares envolvidos com a Administração Pública que, no exercício da função, desrespeitem a lei de forma grave, conforme esclareceu o promotor de justiça Millen Castro.

Entre os exemplos de improbidade estão a contratação de servidor público sem concurso, o desvio de verbas de um setor para outro sem autorização legal e a realização de despesas em valor superior ao mercado. Mas isso não é corrupção? “Não exatamente”, garante Castro. “A corrupção”, explicou o promotor, “é apenas uma das formas de improbidade administrativa. O gestor público pode estar praticando um ato de improbidade e não ser corrupto. A corrupção ocorre quando se desvia o dinheiro para beneficiar alguém indevidamente”.

O agente público (prefeito, governador etc.) que pratica improbidade administrativa pode ser punido com diversos tipos de pena, como o pagamento de multa de até 100 vezes o seu salário, perda dos direitos políticos, devolução do valor desviado, entre outras. Se a ação também for considerada corrupção, a pessoa pode responder igualmente por este crime, cuja pena é prisão de até 12 anos.

E a pessoa que exerce função pública sem remuneração (como os mesários, jurados e voluntários)? Ela pode ser punida por improbidade administrativa se violar os deveres de legalidade ou obtiver vantagem indevida no exercício do cargo?  “Sim”, assegura Castro. Para a lei, “a pessoa também é considerada funcionário público, para efeito de responsabilidades”. Ainda segundo o promotor, até mesmo empregado de empresa privada que preste serviço ao Poder Público é também, segundo a lei, tratado como servidor público.

Jeitinho

No início de janeiro deste ano, o jornal britânico Financial Times publicou que um estrangeiro, antes de vir para o nosso país, tem que aprender uma palavra: jeitinho. Na definição do jornal, jeitinho brasileiro é “um hábito nacional de contornar regras ou convenções através de táticas criativas e às vezes ilegais”.

Foto: Anderson Bella/Mídia Recôncavo
Seu Antonio exibe com orgulho a produção de fumo

 Depois de quatro anos enfrentando um forte período de estiagem, produtores de fumo da zona rural de Cabaceiras do Paraguaçu, no Recôncavo baiano, renovam suas esperanças. Na manhã deste domingo (21) a reportagem do Mídia Recôncavo esteve presente na propriedade do Sr. Antonio da Silva Sampaio, morador da localidade de Lagoa Seca.  No início do mês de junho o produtor plantou 13 mil pés de fumo, em uma área de 5.400m² da propriedade.  O primeiro corte das folhas já aconteceu na semana passada, e seu Antonio garante que já foram colhidas mais de dez arrobas de um produto de qualidade. A estimativa é de que a produção chegue a um total de noventa arrobas (mil e trezentos e cinquenta quilos).


Esse ano a produção de fumo no Recôncavo surpreendeu os agricultores

Apesar do intenso trabalho na lavoura, a maior parte dos lucros não fica com a família de seu Antonio, pois a produção é vendida para atravessadores, que revendem para as grandes empresas por um preço bem mais elevado. Outro desafio para os pequenos produtores rurais é a falta de mão de obra, o que aumenta ainda mais o custo da produção. A diária de um trabalhador chega a custar R$ 30. “Até concluir o processo de produção, temos que usar bastante mão de obra terceirizada, o que diminui o nosso lucro e nos desanima para futuras produções”.  Desabafa.

Apesar do período prolongado de chuva na região, a água não foi suficiente para encher as cisternas e os reservatórios naturais, que secaram devido a maior seca dos últimos anos.  Mas para os agricultores de Cabaceiras a chegada da chuva representa esperança para um planejamento melhor na produção dos próximos anos. Informações do Mídia Recôncavo 

O poder intriga. A pessoa revestida de poder - qualquer um, de síndico a gerente, oficial ou político - deveria dar ouvidos ao que dela dizem seus subalternos. Vox Populi...

Mas não é o que acontece em geral. Prestamos mais atenção ao juízo dos pares e superiores, em busca de reconhecimento de quem tem poder de ampliar nosso poder. Assim, sobre os subalternos desaba aquele nosso outro lado perverso que tanto enumeramos em esconder aos olhos dos superiores.

Todavia, cavalo indomado, se não somos contidos pelas rédeas da boa educação, ai dos subalternos! Dê a uma pessoa despreparada uma fatia de poder, e saberá quem de fato ela é.

O poder, ao contrário do que se diz, não muda as pessoas. Faz com que se revele. É como o artista a quem faltavam pincel, tintas e tela, ou o assassino que, afinal, dispõe de arma.

O poder sobe à cabeça quando já se encontrava destilado, em repouso, no coração. Como o álcool, embriaga e, por vezes, faz delirar, excita a agressividade, derruba escrúpulos.

Uma vez investida de função, ou cargo, título ou prebenda, a pessoa despreparada se crê superior e não admite que subalternos contrariem sua vontade, suas opiniões, suas idéias e seus caprichos. Leia-se o conto "O Espelho", e entenderão o que digo.

Nele, um tratado completo de patologia do poder, o jovem Jacobina, de origem pobre,  é nomeado alferes. Descobre, pois, que "cada criatura humana traz duas almas consigo: uma que olha de dentro para fora; outra que o olha de fora para dentro...".

Há casos, por exemplo, que um simples botão de camisa é a alma exterior de uma pessoa - e assim também a polca, o voltarete, um livro, uma máquina, um par de botas, uma cavatina, um tambor etc".

Recolhido à Fazenda da tia, Jacobina se espanta por todos o tratarem de "senhor alferes". Sua "alma exterior" anula a "interior". Esses fazem do poder serviço e não temem o juízo de seus subalternos, nem mesmo críticas. Pois sabem que somos todos feitos de barro e sopro, e o que importa na vida é a bagagem subjetiva, não adereços objetivos".

Uma Crônica de Frei Beto

Reprodução Internet
Nota divulgada no site da UFRB

Na última sexta-feira, 19, alunos do 5º semestre do curso de Serviço Social da Universidade Federal do Recôncavo Baiano, protestaram nas redes sociais contra as péssimas condições de salas do CAHL (Centro de Artes, Humanidades e Letras), localizado no Quarteirão Leite Alves, em Cachoeira. Alunos postaram fotos, em um grupo no facebook, onde apareciam assistindo aula usando máscaras, devido ao forte cheiro de mofo na sala. Uma professora também foi fotografa lecionando com uma máscara. 

O Mídia Recôncavo entrou em contato com alunos do curso e, também, com a direção do CAHL. A diretora do centro, Professora Georgina Gonçalves, que estava em uma reunião na reitoria da UFRB, em Cruz das Almas, nos respondeu, através de sua assessoria, que todas as medidas estariam sendo tomadas com brevidade. 

Neste sábado, 20, uma nota divulgada no site oficial da UFRB, anuncia a interdição das salas 1,2 e 3, a partir desta segunda-feira, 22 de julho, para serem feitos os serviços de manutenção.


Veja abaixo nota na integra:

Repetidamente a Direção deste Centro tem apontado as condições de degradação física do Quarteirão Leite Alves e solicitado aos órgãos competentes sua manutenção. Meses atrás, o Movimento Estudantil construiu um dossiê no qual apontava os mesmos problemas, exigindo que tomássemos as providências necessárias. Além dos estudantes, os servidores técnicos administrativos e servidores docentes também reclamam, cotidianamente, das condições de funcionamento das dependências onde trabalham.

Na semana que termina estudantes e uma professora do Curso de Serviço Social exprimiram de forma veemente e criativa sua insatisfação com o agravamento da situação das dependências físicas do prédio, denunciando a falta de condições para realização dos cursos, especialmente, em algumas salas aulas.

Mesmo que haja por parte das instâncias responsáveis pela manutenção predial da universidade o reconhecimento da necessidade de medidas para solução dos problemas apontados, até aqui todas as providencias adotadas têm se mostrado paliativas e/ou emergenciais.

Diante da condição crítica com a qual nos defrontamos, não resta à Direção do CAHL, outra alternativa senãoinformar que, na próxima segunda-feira e terça-feira, dias 22 e 23 de julho, todas as atividades acadêmicas planejadas para as salas 1, 2 e 3 estão suspensas para que serviços de manutenção sejam realizados, o mais rapidamente possível.

Reconhecemos os prejuízos que esta decisão acarreta para o cumprimento de nossos objetivos acadêmicos, mas não nos parece restar outra resposta possível à situação em que nossa comunidade se encontra.

 

Atenciosamente, 

Direção e Núcleo Administrativo do Centro de Artes, Humanidades e Letras da UFRB

Em 20 de julho de 2013.   

 

 

Lucas do Rio Verde, no norte do Mato Grosso, é uma cidade tomada pela ansiedade. Seus 45 000 habitantes poderiam estar usufruindo da riqueza produzida por uma década próspera de agronegócio. Em vez disso, aguardam o desenrolar da investigação que, no último mês, resultou no bloqueio dos bens das empresas BBom e TelexFree, suspeitas de ter implantado portentosos esquemas de pirâmide financeira. No país inteiro, estima-se que mais de 1,3 milhão de pessoas tenham investido suas economias nesses dois negócios que, tudo indica, usavam a venda de produtos como rastreadores de veículos e pacotes de telefonia para encobrir uma falcatrua. Só os sócios da TelexFree tiveram mais de 6 bilhões de reais congelados. Ou seja, os moradores de Lucas do Rio Verde não foram os únicos a embarcar na provável armação. Mas, na cidade, é possível observar de maneira dramática os efeitos do caso. Não apenas aqueles que "investiram" sentiram o baque. “A economia local quase parou depois do bloqueio. Tudo enfraqueceu como não se via há muito tempo”, conta a promotora do Ministério Público Estadual do Mato Grosso Fernanda Pawelec, uma das primeiras a investigar a atuação dessas companhias no país, em janeiro de 2013. Vendedores do comércio varejista ouvidos pela reportagem se mostraram desolados. “O último mês foi muito difícil. Quase ninguém compra. Não há dinheiro circulando”, disse a gerente de uma rede varejista local. Como quase todas as pessoas abordadas na cidade, ela preferiu não ter seu nome associado à história.

Há indicadores contundentes da maneira como as pessoas se envolveram nos negócios de TelexFree e BBom. Segundo funcionários da Caixa Econômica Federal ouvidos pelo site de VEJA em Lucas do Rio Verde, o volume de depósitos na poupança caiu 30% no auge da euforia com o esquema, e não se recuperou. Muitas pessoas, além disso, comprometeram todo o salário em diferentes bancos, levantando dinheiro em empréstimos consignados para aplicar nas empresas que, em tese, lhes dariam um retorno extraordinário. O número de empréstimos continua alto. "Mas parece que agora as pessoas estão pegando dinheiro para rolar outros compromissos", diz um funcionário da Caixa.

Anderson Bella l Mídia Recôncavo
BA 491

A equipe do Mídia Recôncavo flagrou dois menores a bordo de uma motocicleta, na BA 491, que liga as cidades de Governador Mangabeira e Cabaceiras do Paraguaçu. Além do fator idade, os menores estavam sem equipamentos obrigatórios de segurança. Segundo o artigo 162, da Lei nº 9503/97, do Código de Trânsito Brasileiro, dirigir veículo  sem possuir Carteira Nacional de Habilitação ou Permissão para Dirigir é uma infração gravíssima, com o pagamento de multa e apreensão do veículo. Crianças e adolescente pilotando motocilcetas já virou rotina na rodovia, informa moradores do local.

Lembrando ainda que entregar, permitir ou autorizar a direção a um inabilitado menor de idade, o dono do veiculo também será responsabilizado. Informações do Mídia Recôncavo.

Ao que parece a novela “Flor do Caribe”, tem agradado bastante a alta cúpula da Globo. Além de uma produção caprichada, com visuais paradisíacos e um bom elenco, a audiência da trama não tem deixado a desejar. O folhetim de Walther Negrão conseguiu atingir seu principal objetivo: reverter o péssimo resultado da antecessora, “Lado a Lado”.

E graças ao bom resultado, a Globo decidiu esticar a novela em mais duas semanas além do previsto para o término. A novela, que teria seu último capítulo exibido no dia 6 de setembro, só deixará o ar no dia 20. “Joia Rara”, a substituta, estreará na grade do canal três dias depois.

Com o adiamento do fim e a duração total de 167 capítulos, “Flor do Caribe” será novela mais longa do horário das 18h na Globo desde “Paraíso” (2009).

“ALÉM DO HORIZONTE” E “EM FAMÍLIA”

Vale lembrar que “Além do Horizonte” (título provisório), nova novela das 19h, e “Em Família” (título provisório), nova novela das 21h, também já tem suas possíveis datas de estreia. A primeira começa no dia 4 de novembro e a segunda vai ao ar no dia 20 de janeiro de 2014. Essas datas ainda podem sofrer alterações. 

Fotos: Drielle Costa | Mídia Recôncavo
O prédio pode desabar a qualquer momento

Por Wagner Almeida | Mídia Recôncavo

A sede do Rotary Clube em Cachoeira está interditada e não pode funcionar devido ao risco de desabamento do prédio ao lado. Parte do edifício vizinho desabou no ano passado e, segundo o escritório técnico do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) de Cachoeira, pode cair a qualquer momento.

A reportagem do Mídia Recôncavo entrevistou algumas pesspas que enfrentam o drama. “Há mais de quatro anos não podemos desenvolver todas as nossas atividades por causa da interdição de nosso prédio. Vejo que esta situação prejudica a nós e a toda comunidade, que era beneficiada com os nossos projetos sociais”, lamentou a presidente do Rotary Clube de Cachoeira, Úrsula Freitas.

Romário Gomes, proprietário do prédio ao lado do Rotary, disse que espera aprovação do IPHAN para demolir o edifício e reconstruir a fachada conforme o modelo original. Ele explica que já tentou participar de vários programas de financiamento, mas não obteve êxito até o momento.


Projetos sociais realizados pelo Rotary Clube estão parados
 

Segundo o IPHAN, o imóvel foi selecionado pelo Programa Monumenta, iniciativa federal para financiamento a juro zero para reformas e recuperação de fachadas, mas não recebeu o benefício, porque o proprietário descumpriu com os prazos e apresentação da documentação necessária à Caixa Econômica Federal.

A situação se encontra indefinida, pois o IPHAN não aprova a construção de uma réplica do prédio e exige um projeto arquitetônico contemporâneo, pois segundo a entidade, essa liberação incentivaria o descaso com o patrimônio cultural da cidade.

Processo judicial

O escritório local do IPHAN encaminhou um processo ao Ministério Público da Bahia solicitando medidas punitivas contra o proprietário do imóvel. Uma cópia do processo também foi enviada à autoridade julgadora da instituição para calcular a multa pelo dano. O processo ainda está em andamento.

Segundo Karina Lira, chefe do escritório técnico do IPHAN em Cachoeira, Romário teria descumprido todas as notificações e estava ciente da responsabilidade pela preservação do prédio.


Moradores que transitam no local enfrentam o risco do desabamento

Ela contou que, em vistoria realizada pelo órgão em novembro de 2011, já estava constatado o risco iminente de desabamento. “Espero que ele seja punido não só pelo IPHAN ou pelo Ministério Público, mas que também tenha perda de posse de seu imóvel pela prefeitura, já que ele abandonou o prédio e demonstrou agir de má fé, permitindo que houvesse essa tragédia”, afirmou a arquiteta Karina Lira.

Legislação

Segundo os artigos 17 e 18 do decreto-lei número 25 de 30 de novembro de 1937, “As coisas tombadas não poderão, em caso nenhum, ser destruídas, demolidas ou mutiladas, nem, sem prévia autorização especial do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, ser reparadas, pintadas ou restauradas, sob pena de multa de cinquenta por cento do dano causado.

“Sem prévia autorização do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, não se poderá, na vizinhança da coisa tombada, fazer construção que impeça ou reduza a visibilidade, nem nela colocar anúncios ou cartazes, sob pena de ser mandada destruir a obra ou retirar o objeto, impondo-se neste caso a multa de cinquenta por cento do valor do mesmo objeto.” Informações do Mídia Recôncavo

Os tambores vão soar e anunciar o início da grande festa do esporte. Vai começar a maior competição de futebol amador do país. A partir do dia 28 de julho, a bola rola no Campeonato Intermunicipal da Bahia. A dez dias da abertura da competição, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) traz um aperitivo e apresenta ao torcedor os candidatos ao título da edição 2013.

Serão 66 Seleções dos quatro cantos do Estado em busca do mais cobiçado troféu do futebol baiano. Nesse ano, além dos já tradicionais municípios, que sempre marcam presença, algumas novidades vão esquentar ainda mais a disputa.

O total de 22 cidades, que estavam afastadas da competição volta com força total nessa temporada. Outras seis farão suas estreias no evento que movimenta, além do esporte, a economia e o comércio do Interior baiano.

Bom Jesus da Lapa, Caldeirão Grande, Candeias, Capim Grosso, Cipó, Conceição do Almeida, Conceição do Jacuípe, Floresta Azul, Barro Preto, Itaberaba, Itagimirim, Itapé, Itapebí, Lauro de Freitas, Mundo Novo, Pau Brasil, Poções, Ruy Barbosa, São José da Vitória, Terra Nova e as campeãs de 1987 e 1997, Itajuípe e Vera Cruz, respectivamente, voltarão aos gramados.

Entrevistas
Vem aí uma série de entrevistas com personalidades do nosso Recôncavo
Mídia TV
Fúria do mar causa destruição em Arembepe - BA
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.