Educação e Cultura - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Segunda , 20 de Novembro de 2017
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Educação e Cultura
Foto: Reprodução

A ampliação da oferta de vagas da Educação Profissional na Bahia foi discutida em reunião, nesta terça-feira (15), pelo titular de Secretario da Educação, Osvaldo Barreto, e o reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano), Geovane Nascimento. O superintendente da Educação Profissional do Estado da Bahia, Almerico Lima, também participou do encontro, que teve o objetivo de discutir o apoio institucional e uma possível parceria para a implantação de mais três campi do IF Baiano em Salvador, Itaberaba (na Chapada Diamantina) e Xique-xique, no Vale do São Francisco. “O fortalecimento da parceria com as universidades e instituições de ensino superior é uma das ações do programa Educar para Transformar. Sabemos da importância de parcerias como essa, sobretudo, para a ampliação da Educação Profissional, que é uma política pública prioritária do programa no estado”, disse o secretário. Segundo o reitor do IF Baiano, por intermediação do Governo do Estado, a instituição já garantiu espaços em Itaberaba e Xique-xique. “Em Salvador, a secretaria está buscando um local para instalação de um campus”, informou.

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Superintendência de Regulação e Registros Acadêmicos (SURRAC), inicia nesta quarta-feira, dia 16 de março, a segunda etapa da matrícula web 2015.2 para estudantes veteranos, por meio do Portal Acadêmico (Sagres). Nesta segunda fase, os estudantes veteranos têm até o dia 18 de março para ajustes e confirmação do interesse nos componentes curriculares. Os estudantes não poderão excluir disciplinas confirmadas na primeira etapa, apenas incluir novas disciplinas que tenham interesse em cursar. Também só é possível visualizar as disciplinas do curso até o semestre que estão aptos a cursar. Já estão disponíveis no Sagres o relatório de confirmação da primeira etapa da matrícula web e o comprovante de matrícula para os estudantes que participaram da primeira etapa. O relatório está disponível nas opções de “Menu” ao lado superior direito na tela do Perfil do Aluno. Através deste relatório, os alunos podem verificar as disciplinas que conseguiram garantir, como também as justificativas das disciplinas para as quais não houve confirmação. Alunos com problemas de usuário e senha devem seguir o tutorial de acesso ao Portal Acadêmico para recebimento de nova senha no e-mail. O documento orienta os discentes a adquirir o primeiro acesso e também a recuperação de usuário e senha. Caso o aluno tenha outra matrícula inativa na UFRB deve cadastrar e-mail diferente ao usado no curso anterior, pois, caso contrário, não conseguirá receber nova senha. Para dúvidas relacionadas a oferta de disciplinas e o acesso, o aluno deve preencher o formulário disponível na página da SURRAC e aguardar resolução ou retorno. Só serão respondidas dúvidas enviadas por este formulário eletrônico. Os alunos calouros de 2015.2 não participam da matrícula web, uma vez que serão matriculados em disciplinas do primeiro semestre do curso automaticamente. Mais informações: www.ufrb.edu.br/surrac.

Foto: Natally Acioli/G1

Agência Brasil - Professores das redes estadual e municipal da Bahia fizeram hoje (15), uma passeata pela educação para marcar o primeiro dia de greve, que vai durar até a próxima quinta-feira (17), em Salvador, em todo o estado e em outros, em um movimento nacional pela educação, segundo os organizadores. Cerca de mil educadores, de acordo com a Polícia Militar, se reuniram na Praça Dois de Julho, Campo Grande, e seguiram para a Praça Municipal, centro de Salvador. De acordo com os organizadores, foram dois mil servidores nas ruas. A APLB Sindicato (entidade que representa os professores da rede pública da Bahia, antiga Associação dos Professores Licenciados do Brasil) informou que a mobilização é nacional e ocorre em outros estados do país. Os atos são contra a militarização e a gerência de organizações sociais nas escolas públicas, o projeto “Escola Sem Partido”, que chamam “Lei da Mordaça” e o fechamento dos estabelecimentos.

“Hoje, amanhã e depois, o Brasil está parado, pela educação. Aqui na Bahia, 62% dos municípios não pagam o piso que, hoje, está em R$ 2.135, para uma jornada de 40 horas, para um professor de nível médio. Na rede estadual, precisamos de concurso público, porque estão terceirizando a educação. Há 20 anos, o estado não faz concurso para funcionário de escola”, relata o Coordenador da APLB Sindicato, Rui Oliveira.

Foto: Reprodução / Rede Globo

O anúncio do reajuste do piso salarial dos professores de escolas públicas, anunciado nesta quinta-feira (14) pelo Ministério da Educação (MEC), não é unanimidade entre o sindicato da categoria e as prefeituras baianas, que precisarão desembolsar mais para pagar o novo vencimento dos profissionais de ensino. De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB-Sindicato), Rui Oliveira, o novo aumento seria comemorado se grande parte dos municípios baianos pagassem o piso destinado aos professores. No entanto, quase a totalidade das prefeituras não remunera os profissionais com este valor, segundo Oliveira. “92% dos municípios da Bahia pagam abaixo do piso”, afirmou em entrevista nesta quinta ao Bahia Notícias. De acordo com o presidente do sindicato da categoria, um encontro com lideranças regionais da entidade nos próximos dias 29, 30 e 31 de janeiro discutirá, em Salvador, medidas para obrigarem os prefeitos a pagar o piso, considerado constitucional desde 2013 pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Questionado se a crise econômica vivida pelas prefeituras não dificultaria a remuneração, Rui respondeu que “antes da crise, eles não pagavam”. “Nós não estamos desconhecendo a crise atual, mas isso não é de agora. Eles preferem contratos, não pagar servidores concursados, para pagar menos. A gente quer fazer luta, manifestação, pressão. Vamos esperar o tempo das eleições para fazer uma pauta de luta pela educação”, criticou. Já para a presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria, o problema não está no novo piso salarial, mas na incidência dele em vantagens atreladas aos vencimentos dos profissionais, previstas em planos de cargos e salários. “Você tem professores que não ganham esse valor do piso. Os professores quarenta horas ganham R$ 4 mil, R$ 5 mil, por exemplo. O valor do piso é justo. O problema mais grave é o plano de cargos e salários, é o que incide sobre ele”, explicou. Ela destacou que o valor-aluno pago pelo governo federal às prefeituras “não é suficiente” e relatou que há municípios em que 100% da verba destinada pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) é gasta apenas com salários dos professores. “Por isso que o piso se tornou algo tão discutido, é um dos maiores salários dos municípios, são vantagens e benefícios que se colocam acima do piso. Se a gente tivesse repasse para pagar, não tem problema. A gente não vai ter condições de arcar, muitos municípios terão dificuldades”, afirmou. BN

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse nesta quinta-feira (14/01) que o novo piso salarial dos professores terá aumento de 11,36% em 2016. O piso salarial passa de R$ 1.917,78 para R$ 2.135,64. O valor deve ser pago para docentes com formação de nível médio com atuação em escolas públicas com 40 horas de trabalho semanais. O piso passa a valer a partir de janeiro, mas há estados com acordos setoriais que adiam o início da data de validade do novo piso. Conforme a legislação vigente, a correção do piso reflete a variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido nacionalmente pelo Fundeb. Segundo Mercadante, o ministério recebeu manifestações de governadores e prefeitos preocupados com o impacto do índice de reajuste nas contas, alegando que as receitas dos estados e dos municípios não tem crescido no mesmo ritmo. Sobre isso, o mesmo afirmou que o MEC sugere uma negociação entre sindicatos e gestores nos estados e cidades que tenham dificuldade de pagar o novo piso. “Não é com greve prolongada que a gente melhora a educação”, concluiu Mercadante. Tribuna do Recôncavo 

Foto: Elza Fiuza/Agência Brasil
Sisu oferece 228 mil vagas em 131 instituições públicas de educação superior

As últimas notas de corte do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foram divulgadas hoje (14) pelo Ministério da Educação (MEC) no  portal do Sisu. A nota de corte é a mínima necessária para o estudante ter a chance de ficar entre os potencialmente selecionados para o curso. As inscrições para o Sisu serão encerradas hoje às 23h59, no horário de Brasília. Nesta edição, são ofertadas 228 mil vagas em 131 instituições públicas de educação superior. A nota de corte é calculada com base no número de vagas disponíveis e no total de candidatos inscritos para aquele curso e deve servir apenas de referência para ajudar o participante no monitoramento da inscrição, não sendo garantia de seleção para a vaga.

O resultado da chamada regular do Sisu será divulgado no dia 18 de janeiro. Os selecionados deverão fazer a matrícula na instituição nos dias 22, 25 e 26 de janeiro. Assim como na edição anterior, só haverá uma chamada regular. Quem não conseguiu uma vaga pode participar da lista de espera, que estará disponível na página do Sisu na internet de 18 a 29 de janeiro.

O Sisu é o sistema informatizado do MEC por meio do qual os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) concorrem a vagas de ensino superior em instituições públicas. As inscrições são feitas exclusivamente pela internet. Pode se inscrever o estudante que participou da edição de 2015 do Enem e obteve nota acima de 0 na prova de redação. É necessário informar o número de inscrição e a senha usados no Enem. Ao se inscrever, o participante pode escolher até duas opções de curso, por ordem de preferência. É possível mudar essas opções durante todo o período de inscrição. Até a noite de ontem (13), 2.217.738 estudantes haviam feito a inscrição, de acordo com balanço do MEC. Agência Brasil

Foto: Reprodução/UFBA
Campus Anísio Teixeira, da UFBA

O barachelado em Medicina foi autorizado pelo Ministério da Educação (MEC) para funcionar no campus Anísio Teixeira da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) na quarta-feira (2). O MEC disponibilizou 80 vagas, mas inicialmente serão oferecidas 45 vagas. As aulas estão previstas para começar no primeiro semestre letivo de 2016 e os alunos aprovados no último Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), realizado no mês de outubro deste ano, podem concorrer. Não há informações sobre quando as outras 35 vagas vão começar a ser disponibilizadas pela universidade. Vale lembrar que o primeiro semestre letivo da UFBA será iniciado em junho, já que o ano letivo ficou atrasado por conta da greve dos professores que durou 140 dias. O curso autorizado será avaliado periodicamente pela Comissão de Acompanhamento e Monitoramento de Escolas Médicas (CAMEM), instituída pelo Ministério da Educação. G1

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) abre nesta sexta-feira (04/12)  as inscrições para os concursos visando à contratação de professor efetivo para o Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL) e para o Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas (CECULT). No concurso do campus de Cachoeira são oferecidas 05 vagas para Professor Adjunto A e 02 vagas para Professor Assistente A. As vagas são nas áreas de conhecimento em Fundamentos do Serviço Social, Ensino de Sociologia, Administração Pública, Conservação, Licenciatura em Artes Visuais e Estética/Teoria da Imagem. As inscrições seguem abertas até o dia 04 de janeiro.

No concurso do campus de Santo Amaro, são oferecidas 04 vagas para Professor Adjunto A, 06 vagas para Professor Assistente A e 01 vaga para Professor Auxiliar. As vagas são nas áreas de conhecimento em Cultura e Direito; Produção, Monitoria e Avaliação de Informações e Indicadores Culturais; Administração, Gestão Pública e Cultura; História da Arte; Cinematografia Eletrônica; Design Gráfico; Design de Interface; Desenho Técnico e Desenho de Observação; Cenografia e Coordenação e Técnica do Espetáculo. As inscrições seguem até o dia 14 de janeiro.

Os interessados devem preencher a ficha de inscrição disponível na página de concursos da UFRB, anexar os documentos listados no edital e enviar para os respectivos endereços disponíveis nos editais. A taxa é de R$ 90. Os concursos constarão das seguintes etapas de prova: escrita ou escrita/prática, didática (aula pública), prova de títulos e defesa de memorial. As provas acontecem a partir do dia 22 de fevereiro no CAHL e de 07 a 24 de março no CECULT. Os resultados finais serão divulgados na página de concursos da UFRB e no Diário Oficial da União (D.O.U). O prazo de validade é de um ano, prorrogável por igual período.  Tribuna do Recôncavo

Foto: Egi Santana
Flica anuncia novo curador para edição de 2016

A Flica anunciou o nome do novo curador-geral que estará à frente da edição 2016. O escolhido da vez foi o jornalista e crítico literário e cultural paulistano Mario Mendes. Ele foi mediador de duas mesas na Flica 2015 (“Em trânsito”, com Sapphire e Lívia Natália; e “Sobre palavras e princesas”, com Meg Cabot e Paula Pimenta). O historiador e conselheiro estadual de cultura Aurélio Schommer, que deixa a curadoria após cinco edições, falou sobre a novidade. "A mim me prende o ensimesmado do autor literário, a autorreferência de um escritor exilado da cultura em transformação e múltipla. Mario ultrapassa estes limites estreitos, ao mesmo tempo em que se revela um crítico literário capaz de dois olhares que me faltam: o da formação literária clássica, capaz de compreender o sentido estético do texto; e o viver étnico com o diferente, agregando o ponto de vista de leitores de identidades que eu não alcanço, pois me parece e a minha experiência me diz, que o autor não é bom crítico. O bom crítico é o bom leitor, que decupa e interpreta o texto, enquanto o escritor, ao construir o texto, sabe que faz, mas não sabe o que faz", diz Aurélio. Mario Mendes iniciou sua atividade em 1978, após se formar na Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP. Trabalhou na revista Interview, em seguida na Folha de São Paulo (no suplemento Casa e Cia e na Ilustrada). Foi redator-chefe da revista Elle e diretor geral da revista Daslu. Escreveu também em Vogue, Isto É e Veja. Entre idas e vindas pelas redações, residiu por alguns períodos em Londres. Com um pé no erudito, outro na cultura pop e popular, destaca-se por seus textos sobre moda, cinema, música e literatura. Correio 24h

Nesta quinta-feira (03) coordenadores pedagógicos de dez municípios baianos (Aratuípe, Cruz das Almas, Elísio Medrado, Governador Mangabeira, Muniz Ferreira, Muritiba, Salinas da Margarida, Saubara, Valença e Salvador) participarão do II Encontro para Orientação do TCC/PV, da 3ª edição do Curso de Especialização em Coordenação Pedagógica (CECOP 3), que tem Cruz das Almas como município pólo.

O Processo de Orientação acontecerá nas Unidades da Universidade Federal da Bahia, localizadas no Vale do Canela - Salvador – BA, com todos(as) os(as) Coordenadores(as) Pedagógicos(as)/Cursistas no II Encontro para Orientação do TCC/PV.

O curso é vinculado ao Programa Nacional Escolas de Gestores da Educação Básica Pública, sob a responsabilidade da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e tem como objetivo formar, em nível de Pós-graduação Lato Sensu, Coordenadores  Pedagógicos que atuam em Instituições das redes estaduais e municipais da Educação Básica do Estado da Bahia, através do Plano de Ações Articuladas – PAR.  O término do curso está previsto para janeiro de 2016, onde participarão da defesa pública.

Entrevistas
Governador Mangabeira: Programa ‘Prefeitura em Movimento’ ganha destaque e coloca município como referência de gestão pública
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Marcia escreveu para Midiareconcavo
"Parabens ao melhor de todos os sites da regiao. Eu ja estava com saudades da informação de todos os lugares em primeira mao."
simone escreveu para planejar concursos
"Bom dia, gostaria de uma justificativa da empresa pois, estou tentando a horas realizar minha inscrição no concurso e até o momento não obtive êxito, o que está ocorrendo com o site. Agradeço desde de já."
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.