Educação e Cultura - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Terça , 16 de Outubro de 2018
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Educação e Cultura
Foto: Reprodução

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) abriu, ontem, as inscrições para mais um concurso. São três vagas para o cargo de professor doutor, com dedicação exclusiva, das áreas de química e bioquímica, engenharia mecânica /térmicas e fluidos e física. A remuneração é de R$ 9.600,92 mais auxílio alimentação no valor de R$ 458. As inscrições seguem até 14 de setembro e devem ser feitas no (site).A taxa de inscrição custa R$ 200. As vagas ofertadas pela UFRB serão lotadas no Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas, localizado no campus da universidade no município de Cruiz das Almas.Fonte: Correio

Foto: Reprodução / EBC

O ministro da Educação, Rossieli Soares, afirmou nesta segunda-feira (6), que um novo modelo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderá ser apresentado ainda em 2018. De acordo com o ministro, o formato dependerá da aprovação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio, que está em discussão no Conselho Nacional de Educação (CNE). Segundo Soares, as mudanças devem começar a ser aplicadas apenas após 2020. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) estuda atualmente como será a nova avaliação. A mudança será feita a partir da BNCC, que define o conteúdo mínimo que deverá ser ensinado em todas as escolas do país. Uma possibilidade é que haja modelos diferentes de provas para avaliar os itinerários formativos estabelecidos no novo ensino médio. Fonte: Bahia Notícias

Foto: Reprodução

Começa hoje (1º), no Rio de Janeiro, no RioCentro, o Congresso Internacional de Matemáticos (ICM 2018, na sigla em inglês), que vai reunir, até o dia 9, cerca de 2.500 pesquisadores dos cinco continentes.A agenda terá 1.200 palestras, painéis de debates e comunicações, além de 40 eventos científicos paralelos em todo o país, como o World Meeting for Women in Mathematics, o (WM)2 que discutiu ontem (31) questões de gênero na matemática.O primeiro ICM foi realizado em 1897, em Zurique, Suíça. Ele é organizado a cada quatro anos pelo país-sede em parceria com a União Matemática Internacional (IMU).Esta é a primeira vez que o encontro ocorre em um país do hemisfério sul. No Brasil, o evento integra o Biênio da Matemática do Brasil 2017-2018, parte das ações nacionais e internacionais destinadas, entre outros objetivos, a incentivar o estudo da disciplina, popularizá-la e promover atividades que contribuam para aproximá-la do público.O diretor geral do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), Marcelo Viana, também presidente do Comitê Organizador do ICM 2018, explica que o Brasil passa por um momento histórico e de reconhecimento do avanço das pesquisas na área conquistadas pelo país.“Há 70 anos praticamente não havia pesquisa em matemática no país. [O avanço] já foi reconhecido no começo do ano quando o Brasil foi promovido ao grupo 5, o grupo máximo da União Matemática Internacional, que reúne as 11 nações mais avançadas na área”, afirma.Para Viana, a escolha do Brasil como sede também faz parte desse reconhecimento. Ele destaca que o objetivo principal do ICM 2018 é ser um instrumento para ajudar a popularizar a matemática e torná-la mais próxima da sociedade.“Estamos convidando escolas para participar do evento, com atividades desenhadas para crianças e professores, e acredito que vai ser um grande sucesso, vai ter um impacto significativo nessa aproximação da matemática com a sociedade brasileira. O Biênio foi a realização desse objetivo que nós tínhamos já ao apresentar a candidatura para o congresso, é um evento charmoso, que chama a atenção”, argumenta.Durante nove dias, haverá mesas redondas sobre temas como distribuição de gênero, história da matemática, desenvolvimento da matemática nos países em desenvolvimento e o impacto que a tecnologia tem na matemática.“Uma pergunta que está começando a assustar a gente é se máquinas vão ser capazes de provar teoremas daqui a pouco, isso vai causar desemprego generalizado na minha tribo. São discussões normalmente com conteúdo técnico. Mas algumas têm pretensões políticas, como a questão da publicação, porque quando o matemático publica, ele não ganha nada com isso e cede os direitos para as editoras, que ganham bastante dinheiro com isso”, diz Viana. Fonte Agencia Brasil

 

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A vida do deputado e candidato a presidência da república, Jair Bolsonaro, vai ser contada em uma biografia não autorizada. De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, o livro “O Homem que Peitou o Exército e Desafia a Democracia” será assinado pelo jornalista Clóvis Saint-Clair e lançado pela a editora Máquina de Livros. Esta não será a primeira vez que a vida de Bolsonaro ganha as páginas de um livro, ele já tem sua biografia oficial escrita pelo próprio filho, Flávio Bolsonaro. Fonte: Bahia Notícias

Foto: Reprodução

Com o objetivo de garantir a melhor qualidade dos cursos de licenciatura, em 2015, o Conselho Nacional de Educação (CNE) concluiu a resolução – Nº 2, de 1º de julho – que apresentava novas diretrizes para a formação de professores. Entre elas, a ampliação da carga horária – que aumenta de três para quatro anos a duração das licenciaturas – e um foco maior em matérias práticas e interdisciplinares. As regras passariam a valer em 2017, mas a pedido do Ministério da Educação (MEC), dois adiamentos já foram solicitados e não existe um novo prazo para que as faculdades passem a aderir às mudanças.A resolução pede que as licenciaturas aumentem de 2,8 mil para 3,2 mil horas sua carga horária. Além disso, as horas de estágio obrigatório devem aumentar de 300 para 400 horas. Segundo dados do Ministério da Educação, apenas 23% dos cursos de licenciatura em universidades federais já finalizaram as mudanças em seus currículos, 42% ainda estão em processo de discussão e o restante está em fase inicial de elaboração do projeto.O documento também prevê mudanças para os professores que querem fazer uma segunda licenciatura. Nesses casos, a carga horária mínima varia entre 800 e 1.200 horas. No caso de estágio, passa de 200 para 300 horas. A licenciatura é exigida por lei para formação de professores para lecionarem no ensino fundamental e no ensino médio, habilitando-os à docência nas diversas áreas como história, física, matemática e geografia.De acordo com os dados do Censo da Educação Superior (2016), o Brasil tem 7.356 cursos de licenciaturas e cerca de 1,5 milhão de estudantes matriculados nesses cursos. Segundo o MEC, o adiamento foi motivado por um pedido das universidades públicas e privadas. As instituições particulares, que respondem pela maior parte das matrículas nos cursos de licenciatura no país – o equivalente a 62% – com a nova norma, vão oferecer um curso mais longe e eventualmente mais caro. A contratação de professores é outra dificuldade apresentada.Marcus Bartelli é formado em Geografia e entende que a ampliação do tempo de duração dos cursos de licenciatura é complicada em função dos custos, principalmente para as faculdades particulares. Mas, mesmo com essa opinião, o professor acha necessário essas mudanças. “Olhando para a minha experiência, vejo que a prática é essencial. Mesmo tendo quatro anos de faculdade, eu só me tornei professor, realmente, quando fui para o estágio e entrei na sala de aula. Só com a prática que se vive o dia a dia de um professor”, assegurou.Segundo Bartelli, é necessário esquecer um pouco os gastos e pensar no real valor das mudanças. “Qual é o peso que damos para a educação no Brasil? É um ano a mais. É gasto. Mas é também um professor mais qualificado”, ponderou. O professor também considera que só mudar a licenciatura não adianta. “Se não houver a valorização desses profissionais, nada está resolvido. A cada dia diminui o número de pessoas que se interessam por essa profissão. Várias faculdades estão fechando os seus cursos de licenciatura porque não existe a procura”, concluiu.Fonte:Correio

 

Foto: Reprodução

Muita alegria, animação e uma explosão de cores marcaram o desfile cívico em comemoração aos 121 anos de emancipação política de Cruz das Almas. Neste 29 de Julho, escolas, grupos religiosos e outras entidades retrataram a história do município, representando os bairros e também algumas personalidades da cidade. As filarmônicas levaram para os milhares de expectadores euforia e bom humor. Alunos, professores e diretores do Colégio Montessori aproveitaram o momento para homenagear Célia Lúcia Valente Lolata, falecida em 10 de abril do ano em curso. Tia Célia, como era chamada, foi fundadora da instituição de ensino e ficou conhecida pelos serviços prestados a educação da cidade, além de apresentar fácil convívio com a sociedade e colaboradores de sua empresa. O Flamengo Futebol Clube Cruzalmente também prestou uma homenagem aos atletas que já passaram pelo futebol profissional e aqueles que contribuíram e contribuírem para o crescimento da agremiação esportiva. Fonte: Forte na Notícia

Foto: Divulgação

O ex-Beatles Paul McCartney anunciou que volta hoje (26) ao The Cavern Club, bar em Liverpool onde o Fab Four iniciou a carreira há mais de 50 anos. O músico, hoje com 76, disse no Twitter que a apresentação estava marcada para às 2h da tarde no horário local. Os ingressos foram distribuídos de graça a partir das 10h por ordem de chegada. “O espaço é extremamente limitado”, explicou o cantor e compositor. Os Beatles tocaram pela primeira vez no bar de Liverpool em 1961. O Cavern Club original foi fechado em 1973 e, por fim, derrubado. Os tijolos do local foram preservados e usados para construir o estabelecimento que hoje ocupa o espaço. Fonte: Metro 1

Foto: Reprodução

Bancas de advocacia espalhadas pelo país, grandes e pequenas, tentam receber uma fatia bilionária de recursos destinados à educação básica, uma ofensiva que ganhou a oposição da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, revela reportagem de O Globo. Um parecer dela de 25 de maio, obtido pelo jornal carioca, aponta a iniciativa como “gravíssima situação” e defende que o Ministério Público Federal (MPF) empreenda ações para barrar contratações desses escritórios de advocacia por prefeituras país afora para agilizar a liberação dos recursos federais. De acordo coma  publicação, as bancas vêm sendo contratadas por municípios que têm direito a receber da União uma complementação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)/SEED-MEC, em parceira com as Secretarias de Educação, promoverá o Curso Formação pela Escola, modalidade semipresencial, tendo como objetivo principal melhorar a gestão e a utilização dos recursos financiados pelo FNDE. O curso trata do acompanhamento e do controle social em relação às políticas públicas educacionais, abrangendo os principais programas de financiamento do FNDE. Apresentando o controle social e a atuação do CACS Fundeb, o acompanhamento do Conselho de Alimentação Escolar, dentre outros. As inscrições serão feitas até o dia 07 de julho. A carga horária é de 40 horas (08 horas presencias e 32 horas à distância), com duração de 43 dias (de 09 de julho a 20 de agosto). Os interessados deverão solicitar o formulário de inscrição pelo e-mail: formacaopelaescolacruz@hotmail.com; Após o preenchimento, o formulário deverá ser encaminhado para o mesmo e-mail. 

Público alvo: diretores e vice-diretores de escola (municipal e estadual), professores, conselheiros do Conselho de Alimentação Escolar (CAE), conselheiros do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb (CACS), membros do Conselho Municipal de Educação, técnicos municipais/estaduais que atuem na execução de programas do FNDE, prefeitos, secretários de educação, secretários de escola (municipal e estadual) e interessados da sociedade. Necessário ter conhecimentos básicos em Informática. Fonte: ASCOM

Foto: Reprodução

O Ministério da Educação (MEC) divulga nesta segunda-feira (18) o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Nesta edição, o programa oferece 57.271 vagas em 68 instituições públicas de ensino superior em todo o país. O resultado será divulgado na página do programa na internet. Os estudantes selecionados deverão fazer a matrícula nas instituições de ensino entre 22 e 28 de junho. Aqueles que não foram selecionados poderão participar da lista de espera. O prazo para que isso seja feito é de 22 a 27 de junho. A convocação dos candidatos em lista de espera será de 3 de julho a 21 de agosto. Podem concorrer às vagas os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e obtiveram nota acima de zero na redação. As vagas serão oferecidas em oito instituições públicas estaduais, uma faculdade pública municipal e 59 instituições públicas federais, com dois centros de Educação Tecnológica, 27 institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia e 30 universidades. Fonte:bahia.ba

Entrevistas
Organizadores do “Bloco As Muriquetes” falam sobre a expectativa deste evento que vem animando os muritibanos a cada ano
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.