Educação e Cultura - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Terça , 31 de Março de 2020
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Educação e Cultura
Foto : Reprodução

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), considerando a Declaração de Emergência em Saúde Pública pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e o interesse na preservação da saúde de toda a comunidade acadêmica, elaborou o Plano de Contingência CoVid-19. O plano foi construído pela gestão da UFRB e reúne orientações sobre o funcionamento da Instituição durante o período da pandemia.

O objetivo é que a instituição esteja preparada para uma resposta efetiva e oportuna na contingência da doença, por meio da orientação de discentes, docentes, servidores técnico-administrativos e funcionários contratados. As informações estão organizadas de modo que o usuário encontre informações sobre cada setor, bem como a disponibilidade dos serviços enquanto estiver em vigência a Portaria Nº 322/2020. Objetiva ainda, proporcionar um fluxo contínuo de notícias a toda comunidade acadêmica por meio do site, e-mails e redes sociais com informações precisas, oficiais e confiáveis, com o objetivo de informar e reduzir o pânico causado pelas fake news.

O documento considera como atividades prioritárias aquelas que não devem ser interrompidas e/ou paralisadas de modo a evitar prejuízos institucionais, exigindo assim, uma atenção imediata. Considera-se também como atividades prioritárias, àquelas planejadas, possíveis de serem realizadas em home office.

O Plano de Contingência soma-se a outras medidas adotadas tais como a suspensão do calendário acadêmico 2020 da graduação e pós-graduação e institui ações referentes a proteção à saúde; infraestrutura; ensino e comunicação.

 

Fonte: UFRB

Foto: Reprodução

Em tempo de pandemia é praticamente impossível encontrar álcool nos estabelecimentos para se proteger do Covid-19. Para a tranquilidade de algumas instituições, de Cruz das Almas e Governador Mangabeira, estudantes do curso de Farmácia da Faculdade Maria Milza, produziram 60 litros de álcool a 70% GL para distribuição gratuita. A iniciativa foi aprovada pela direção da FAMAM e pelos coordenadores do curso, Paulo Mesquita e Antônio Anderson.

 

Fonte: Forte na Notícia

Foto: Divulgação

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), considerando a Declaração de Emergência em Saúde Pública de Importância Internacional pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e o interesse na preservação da saúde de toda a comunidade acadêmica, bem como a colaboração com a sociedade em geral para evitar a propagação do novo coronavírus CoViD-19, suspendeu o calendário acadêmico 2020 da graduação e pós-graduação.

A medida foi tomada por meio de decisão “Ad Referendum” do presidente do Conselho Acadêmico (CONAC), com a publicação da Resolução CONAC Nº 08/2020. Após o encerramento do estado de emergência e avaliação dos cenários nacional, estadual e local, a UFRB apresentará os ajustes ao calendário acadêmico para retorno e reposição das atividades suspensas.

 

Fonte: UFRB

Foto : Divulgação/MCTIC

O Ministério da Educação publicou no Diário Oficial da União de hoje (18) uma portaria que autoriza as instituições federais de educação superior a substituir aulas presenciais por aulas a distância, devido à pandemia do novo coronavírus no País.

A decisão vale por 30 dias, mas pode ser prorrogada "a depender de orientação do Ministério da Saúde e dos órgãos de saúde estaduais, municipais e distrital".

A modalidade a distância, porém, não poderá ser aplicada aos cursos de Medicina, nem às práticas profissionais de estágios e de laboratório dos demais cursos.

O ato publicado hoje dá aval à oferta de aulas a distância apenas para a educação superior, sem citar instituições de ensino fundamental e médio.

As instituições que decidirem pelas aulas online deverão comunicar o Ministério da Educação no período de até 15 dias. Outra opção é a suspensão das atividades acadêmicas presenciais pelo mesmo prazo. Nesse caso, as aulas suspensas deverão ser integralmente repostas para cumprimento dos dias letivos e horas-aula estabelecidos na legislação. O calendário de férias também pode ser alterado, desde que sejam cumpridos os dias letivos e horas-aula legalmente exigidos.

 

Fonte: Metro1

Foto : Reprodução

Em virtude do fechamento de diversas instituições por causa do coronavírus, o Ministério da Educação (MEC) adiou o prazo para a entrega da documentação dos candidatos inscritos na lista de espera do Programa Universidade para todos (Prouni). Agora, os estudantes têm até 20 de março para comparecer às instituições superiores de ensino.

A princípio, o prazo estabelecido no edital seria entre 13 a 16 de março, entretanto, o novo calendário foi divulgado na edição da última sexta-feira (13) do Diário Oficial da União.

Lista de espera

A lista de espera é uma possibilidade de ingresso no Prouni para os estudantes não selecionados na primeira e segunda chamadas regulares do programa. Logo, é uma oportunidade para os estudantes a partir das notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019.

Você sabe o que é coronavírus?

O Covid-19 faz parte de uma associação de vírus que causam infecções respiratórias. Normalmente, essas infecções causam sintomas semelhantes a um resfriado, mas em alguns casos podem ocasionar consequências mais graves. O novo agente do vírus foi descoberto em dezembro de 2019 após casos registrados na China.

 

Fonte: Agência Brasil

Foto: Divulgação

Na manhã desta terça-feira (17), a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) emitiu uma nota da Reitoria através do site da universidade, falando sobre a suspensão das atividades acadêmicas.

Em nota, a UFRB afirma que “apesar de não haver casos suspeitos na comunidade acadêmica, a Reitoria UFRB decidiu suspender as atividades acadêmicas a partir do dia 17 de março de 2020, por tempo indeterminado”.

Ainda segundo a informação, haverá uma reunião do Conselho Universitário (Consuni), hoje (17), às 13h, que discutirá um plano de contingência para definir ações a serem implantadas durante o período da suspensão.

Foto: Gazeta do Oeste

O Ministério da Educação divulgou hoje (12) a relação dos candidatos do Programa Universidade para Todos (ProUni) que integram a lista de espera do programa. Ao todo, este semestre foram ofertadas 252.534 bolsas, sendo 122.432 integrais e 130.102 parciais (50%).

Os estudantes que se inscreveram no programa e não foram selecionados nas chamadas regulares puderam integrar a lista de espera. Puderam participar da lista de espera também aqueles candidatos que foram pré-selecionados, mas não tiveram as turmas formadas.

Todos os candidatos participantes da lista de espera terão que comparecer às respectivas instituições na qual concorrem a uma vaga para comprovar as informações prestadas na inscrição, entre os dias 13 e 16 de março.

A lista de espera será usada pelas instituições de ensino na convocação de candidatos para preenchimento de bolsas eventualmente não ocupadas. A lista estará à disposição das instituições com a classificação dos estudantes por curso e turno, segundo as notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

ProUni

O ProUni é voltado para candidatos que não tenham diploma de curso superior e que participaram do Enem 2019. Os estudantes devem ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsistas integrais. É preciso ainda ter obtido nota mínima de 450 pontos na média aritmética das notas nas provas do Enem e não ter zerado a redação.

Também podem participar do programa estudantes com deficiência e professores da rede pública. As bolsas integrais são destinadas a estudantes com renda familiar bruta per capita de até 1,5 salário mínimo. As bolsas parciais contemplam os candidatos que têm renda familiar bruta per capita de até 3 salários mínimos.

 

Fonte: Agência Brasil

Foto: Divulgação

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio de sua Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), divulga o processo seletivo complementar com vistas ao preenchimento de vagas remanescentes do Cadastro Seletivo nos cursos de graduação para ingresso no semestre letivo 2020.1. No total, são ofertadas 198 vagas em 24 cursos.

As inscrições são gratuitas e estarão abertas até o dia 11 de março, exclusivamente pela internet, no site dos Processos Seletivos da UFRB. A seleção é destinada aos candidatos que concluíram o ensino médio e tenham participado de uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referentes aos anos de 2009 a 2019, independente de terem participado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação (MEC).

O processo seletivo será constituído de etapa única, em que serão utilizadas as médias aritméticas das notas obtidas nas provas do ENEM de 2009 a 2019, considerando a maior delas. O resultado obedecerá rigorosamente a ordem de classificação e será divulgado no site de Processos Seletivos da UFRB. A convocação da primeira chamada será no dia 12 de março.

Matrícula

A pré-matrícula dos candidatos convocados será realizada junto à Superintendência de Regulação e Registros Acadêmicos (SURRAC), mediante apresentação e entrega de documentos. Os convocados na primeira chamada realizam a pré-matrícula nos dias 16 e 17 de março, no campus Cruz das Almas, das 9h as 11h30 e 13h30 às 16h30.

Já a confirmação de matrícula se dará pelo comparecimento do candidato no Núcleo de Gestão Técnico Acadêmico do Centro de Ensino no qual realizará o curso, no período de 16 a 20 de março. Nesta ocasião, os convocados devem retirar o comprovante de inscrição em componentes curriculares do semestre.

Dúvidas sobre o processo seletivo podem ser esclarecidas pelo Núcleo de Gestão de Processos Seletivos da Prograd: prosel@prograd.ufrb.edu.br.

Dúvidas sobre a pré-matrícula podem ser esclarecidas pelo Núcleo de Gestão de Admissão, Cadastro e Arquivo Acadêmico da Surrac: cadastro@surrac.ufrb.edu.br.

Confira o Edital PROGRAD Nº 008/2020.

 

Fonte: UFRB

Foto : Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Os candidatos que se inscreveram no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e não foram selecionados, constam na lista de espera em ordem de colocação, e ainda podem ser convocados. A chamada é válida apenas para a modalidade Fies e o período de convocação vai até 31 de março.

O acompanhamento pode ser feito por meio do sistema do Fies. A plataforma é utilizada para notificar a convocação dos candidatos. São diversas chamadas ao longo do período de pouco mais de um mês.

As informações prestadas no sistema devem ser validadas, em até cinco dias, na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento da instituição de ensino na qual o candidato fará o curso.

Podem ser solicitados mais documentos ou, em caso de tudo estar correto, o candidato recebe o Documento de Regularidade de Inscrição (DRI), que serve para formalizar a contratação do financiamento.

Foto : Reprodução

Termina nesta segunda-feira (2) o prazo para os candidatos pré-selecionados na chamada única do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) complementarem as informações da inscrição. O procedimento deve ser feito pelo site do programa. São cobrados os dados bancários do estudante, do fiador e do seguro para pagamento da dívida em caso de morte.

As informações serão validadas pela instituição de ensino, que pode solicitar mais documentos. Após esse processo, o estudante já pode comparecer à agência da Caixa Econômica Federal e formalizar a contratação do financiamento.

Os candidatos não pré-selecionados foram automaticamente incluídos na lista de espera e devem acompanhar sua eventual pré-seleção entre 28 de fevereiro e 31 de março, na página do Fies.

Resultado

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, na quarta-feira (26), o resultado do processo seletivo, para o primeiro semestre de 2020, do Fies e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies). Neste semestre, o programa vai oferecer 70 mil vagas para financiamento estudantil em instituições privadas de ensino superior.

Os pré-selecionados na modalidade P-Fies deverão ir pessoalmente à instituição de ensino para validação das informações de sua inscrição e contratação do financiamento. No P-Fies não existe a etapa de lista de espera.

O programa do MEC está dividido em duas modalidades, o Fies a juros zero para quem tem renda familiar de até três salários mínimos por pessoa e o P-Fies para aqueles com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos, com juros que variam de acordo com o banco e a instituição de ensino. Essa última modalidade funciona com recursos dos fundos constitucionais e dos bancos privados participantes.

 

Fonte: Agência Brasil

Entrevistas
Vem aí uma série de entrevistas com personalidades do nosso Recôncavo
Mídia TV
Loteamento Paraguassu Residence - Cabaceiras do Paraguaçu
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Áudio que circula nas redes sociais diz que a Barragem Pedra do Cavalo não está segura; Votorantim Energia desmente.
Um áudio que vem circulando nas redes sociais vem preocupando os moradores da região. Segundo uma mulher, que não teve a identidade revelada, a UHE Pedra do Cavalo está toda estralada.