Educação e Cultura - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Terça , 01 de Dezembro de 2020
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Educação e Cultura
Foto: Divulgação

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) deu início nesta terça-feira (3) às atividades da VI Reunião Anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia – Reconcitec 2020. No formato virtual, toda a programação está sendo transmitida ao vivo pela TV UFRB, com tradução em LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais. A cerimônia de abertura aconteceu às 10h com a participação do reitor Fábio Josué, do vice-reitor José Mascarenhas e do pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação, Criação e Inovação (PPGCI), Maurício Ferreira.

O reitor Fábio Josué abriu os trabalhos, saudando todos os participantes do evento. Em sua fala, destacou como a Reconcitec tem se firmado cada vez mais como “um espaço de sistematização e socialização do conhecimento produzido no âmbito do Recôncavo da Bahia, em especial da UFRB”. Sobre o tema desta edição – “Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: conectando Universidade e Sociedade” -, ele afirmou que “as universidades possuem uma posição estratégica na concretização desses objetivos, pela sua capacidade de investigação, de reflexão sobre a realidade e de produção do conhecimento”.

De forma complementar, o reitor ressaltou o grande potencial das universidades em articular gestores públicos e sociedade no enfrentamento dos desafios postos ao desenvolvimento sustentável. “Especialmente no caso da UFRB é preciso reconhecer o papel desta universidade para sua região. Ao fazermos um balanço de seus 15 anos de existência, podemos seguramente afirmar as contribuições desta instituição em seus territórios de abrangência, nas dimensões de inclusão social, dinamização da economia local e formação nas diversas áreas do conhecimento”, disse, apontando que é preciso ir além: “tornar essa relação com os territórios ainda mais orgânica, pulsante e que se revele em cada ação de nossa instituição”.

Passando a palavra para o vice-reitor José Mascarenhas, também este destacou a importância da Reconcitec para a UFRB e toda a sua comunidade acadêmica. “A Reconcitec chega a sua sexta edição e já alcança três reitorados da Universidade. Ao abordar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável nesta edição, o evento mostra o quanto está conectado com os desafios que são apresentados para o mundo e para as instituições. E, este momento, a UFRB não se furta dessas aproximações e da busca de soluções para esses desafios”, disse.

O pró-reitor Maurício Ferreira, da PPGCI, falou da experiência de coordenar pela primeira vez uma edição da Reconcitec no formato virtual, o que irá agregar à história de seis anos do evento. Para ele, ao congregar diversas atividades paralelas, a Reconcitec se torna “um importante espaço de diálogo sobre as políticas de pesquisa, pós-graduação, permanência qualificada e extensão da UFRB, e também de apresentação das ações realizadas pelos programas e projetos inseridos em diversos territórios de identidade do Estado da Bahia”.

Conferência de abertura – Com o tema “Desigualdades sociais, Universidade e Desenvolvimento Sustentável”, a primeira conferência da Reconcitec 2020 foi proferida pela Profª. Drª. Edna Maria de Araújo, docente do Mestrado Profissional em Saúde da População Negra e Indígena da UFRB, líder de grupo de pesquisa e coordenadora do Núcleo Interdisciplinar de Estudos sobre Desigualdades Sociais em Saúde (NUDES) da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e coordenadora do Grupo Temático Racismo e Saúde da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO).

A professora Edna Maria fez um apanhado dos avanços e retrocessos na agenda para o desenvolvimento sustentável proposta pela ONU, em que reúne como um plano global 17 objetivos para acabar com a pobreza, proteger o planeta e garantir que todas as pessoas desfrutem de paz e prosperidade até 2030. Para ela, os desafios ainda são grandes para universidades e sociedade, sendo que o racismo estrutural nas instituições brasileiras e a segregação social limitam ainda mais oportunidades para a população negra.

A programação da Reconcitec segue até o dia 06 de novembro, com mesas redondas, conferências, apresentações de trabalho no formato de vídeo-pôsteres e performances artísticas.

 

Fonte: UFRB

Foto: Fernando Vivas/Gov-BA

O retorno das atividades escolares na Bahia está próximo, segundo o governador Rui Costa (PT), que afirmou na manhã desta segunda-feira (26) que o protocolo será iniciado de forma escalonada, iniciando com a liberação das universidades. Rui disse que vai autorizar as aulas presenciais por pelo menos duas semanas para “ver o comportamento”, e só depois irá analisar os demais níveis da educação, como médio e fundamental.

“Ainda não temos novidade, estamos avaliando. Tivemos uma reunião e essa semana ainda a gente deve tomar alguma posição. Devemos fazer, como eu já disse antes, o processo de forma escalonada. Inicialmente, nós pretendemos liberar para funcionar o nível superior. Ou seja, as universidades e deixar rodar por uma ou duas semanas para ver o comportamento. Depois, vamos gradualmente liberando”, disse, em coletiva após visita às obras do tramo 3, da Linha 1 do metrô, próximo ao viaduto de Campinas de Pirajá..

O governador, no entanto, disse que o protocolo de retorno não deve ser encarado pelas universidades como uma determinação e que cada uma deve seguir e definir seu cronograma de retorno.

“Quando digo isso, estou dizendo que vão voltar, necessariamente, mas cada universidade, cada faculdade define o seu programa e tem autonomia para definir a sua volta. O que não significa que é uma determinação para retornar. Apenas do ponto de vista sanitário e de saúde estaria liberado para retornar. Nós avançamos para esse conceito de liberar por grupos. E o primeiro a ser liberado deve ser o grupo das universidade”, explicou o governador.

 

Fonte: Bahia.ba

Foto : Marcello Casal Jr./Agência Brasil

As inscrições para vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), referentes ao segundo semestre de 2020, serão retomadas hoje (26). De acordo com o Ministério da Educação (MEC), há cerca de 50 mil inscrições ainda não preenchidas nas edições de 2020 dos processos seletivos regulares do fundo. As informações são da Agência Brasil.

As inscrições serão realizadas exclusivamente na página do Fies na internet. Nessa etapa, poderão se inscrever tanto os candidatos não matriculados em instituição de educação superior, como também os já matriculados, mas que buscam uma oportunidade para financiar a continuidade dos estudos.

Ainda segundo o MEC, hoje e amanhã (27) a oferta será exclusivamente para os cursos de áreas do conhecimento prioritárias, como cursos de Saúde, Engenharias, Licenciaturas e Ciência da Computação.

Já as inscrições de candidatos não matriculados em instituição de educação superior poderão ser realizadas até as 23h59 do dia 3 de novembro. “E para quem já está matriculado no curso, turno e instituição para a qual deseja se inscrever para tentar o financiamento, o prazo termina às 23h59 do dia 27 de novembro”, complementa a nota divulgada pelo MEC.

 

Fonte: Metro1

Foto: Divulgação

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) está com inscrições abertas em processos seletivos para preenchimento de vagas de pós-graduação e residência para cursos das áreas de saúde. [Veja lista de cursos no final da matéria].

A seleção deste ano será realizada, pela primeira vez, de forma virtual e as aulas estão previstas para começar em 2021. Ao todo, serão ofertadas 200 vagas que seguirão os protocolos sanitários e as orientações do Comitê de Acompanhamento e Enfrentamento a COVID-19, na instituição.

Os editais já abertos podem ser conferidos no Sistema de Gestão das Atividades Acadêmicas (SIGAA). As inscrições são realizadas na mesma plataforma.

A taxa de inscrição é no valor de R$ 65 para os cursos de mestrado e R$ 75 para os cursos de doutorado. Os critérios de seleção envolvem análise da documentação exigida, provas escrita, oral e de línguas estrangeiras e defesa de um projeto de pesquisa.

As vagas para Residências serão distribuídas para os programas de Nutrição e Enfermagem. Mais informações estão disponíveis no site da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação, Criação e Inovação (PPGCI) da UFRB e nos sites dos respectivos cursos.

A UFRB é sediada no município de Cruz das Almas, com unidades em Amargosa, Cachoeira, Feira de Santana, Santo Amaro e Santo Antônio de Jesus.

 

Fonte: G1

Foto: Divulgação

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) informa que estão abertas as inscrições para o processo seletivo regular das residências na área da saúde e dos cursos de pós-graduação stricto sensu para ingresso no semestre 2021.1. Ao todo, serão ofertadas 200 vagas que seguirão os protocolos sanitários e as orientações do Comitê de Acompanhamento e Enfrentamento a COVID-19. O processo seletivo será, pela primeira vez, totalmente virtual, exigindo mudança nos procedimentos internos.

O professor Maurício Silva, pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação, Inovação e Criação (PPGCI), falou sobre a iniciativa. “Não podemos, neste momento, deixar de atentar aos protocolos de segurança indicados pelo comitê interno da UFRB. Precisamos atuar para a ampliação e consolidação de nossos programas de pós-graduação sem perder de vista os cuidados necessários à segurança dos envolvidos: candidatos, servidores técnicos e docentes. Estamos preparando os protocolos internos para que o processo seletivo transcorra a contento e tenhamos condições de iniciar 2021.1 da melhor maneira neste contexto de distanciamento social”, afirma.

No âmbito das residências as vagas serão distribuídas para os programas de Nutrição e Enfermagem. No caso dos stricto sensu as vagas estão distribuídas nos cursos de Arqueologia e Patrimônio Cultural; Ciências Sociais; Ciência Animal; Comunicação; Defesa Agropecuária; Educação do Campo; Educação Científica, Inclusão e Diversidade; Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social; Política Social e Territórios; Recursos Genéticos Vegetais; Saúde da População Negra e Indígena; Solos e Qualidade de Ecossistemas; Microbiologia; e Ciências Agrárias.

A taxa de inscrição é no valor de R$ 65,00 (sessenta e cinco reais) para os cursos de mestrado e R$ 75,00 (setenta e cinco reais) para os cursos de doutorado. Os critérios de seleção envolvem análise da documentação exigida, provas escrita, oral e de línguas estrangeiras e defesa de um projeto de pesquisa.

Mais informações estão disponíveis no site da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação, Criação e Inovação (PPGCI) e nos sites dos respectivos programas. Confira os editais abertos e realize a inscrição no Sistema de Gestão das Atividades Acadêmicas (SIGAA).

 

Fonte: UFRB

Foto: Divulgação

Estão abertas a partir desta terça-feira (06) as inscrições para a Reunião Anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia – Reconcitec 2020. O maior evento do calendário acadêmico da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) está em sua sexta edição e este ano será realizado de forma virtual, em decorrência da pandemia do novo coronavírus. As inscrições para participantes podem ser feitas, exclusivamente pela internet, até o dia 02 de novembro.

Os inscritos também podem participar da Reconcitec por meio de apresentações de trabalhos. Os resumos dos trabalhos devem ser submetidos até o dia 12 de outubro, exclusivamente por meio do sistema online disponível no site do evento. Os autores dos trabalhos aceitos deverão enviar posteriormente um videopôster, conforme instruções específicas, para ser exibido durante o evento. A participação é obrigatória para bolsistas de Iniciação Científica, de Iniciação Tecnológica, de Extensão e de Programa de Permanência Qualificada.

Além da comunidade acadêmica da UFRB, também é esperada para o evento a participação de discentes, docentes e pesquisadores de outras instituições científicas nacionais e internacionais; funcionários de empresas público-privadas; representantes dos Colegiados Territoriais (Recôncavo, Vale do Jiquiriçá, Portal do Sertão, Sisal e Baixo Sul) e da sociedade em geral.

A edição 2020 da Reconcitec traz como tema “Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável conectando Universidade e Sociedade”. A escolha é baseada nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), lançados em 2015 pela Organização das Nações Unidas (ONU), trazendo uma coleção de metas e ações que conduzem a um futuro social e economicamente possível para todos os indivíduos. Os ODS são um roteiro para concretizar os direitos humanos e a redução das desigualdades nas mais variadas dimensões.

O papel da universidade frente a esses desafios motivou a definição da temática do evento este ano. De acordo com a comissão organizadora, a universidade possui posição de protagonismo na articulação entre gestores públicos e a sociedade em vencer os obstáculos e fazer avançar as metas de desenvolvimento. “De maneira sistematizada, os ODS podem ser o arcabouço teórico e prático que conduzem a discussão e produção de conhecimento na universidade com e para a sociedade”, explica a comissão.

Na programação, que será divulgada em breve, está prevista a participação de pesquisadores de todo o Brasil e do exterior. Foram convidados diversos especialistas para os debates. A Reconcitec 2020 começa no dia 3 e segue até o dia 6 de novembro, com mesas redondas, conferências, apresentações de trabalho no formato de videopôsteres e performances artísticas. O evento será transmitido via web por meio das plataformas virtuais e redes sociais da UFRB.

Eventos paralelos – Concomitante à programação principal da Reconcitec 2020, ocorrem o XIV Seminário Estudantil de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (XIV SEPIP); o V Simpósio de Extensão; o III Seminário de Permanência Estudantil; a VIII Feira Acadêmica de Economia Solidária (VIII FAESOL); II Simpósio de Empreendedorismo e Inovação do Recôncavo (II SEIRECON) e II Simpósio de Graduação da PROGRAD.

Realização – A Reconcitec 2020 é coordenada pela Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação, Criação e Inovação (PPGCI) da UFRB e tem o apoio do Governo do Estado através da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), do Ministério da Educação (MEC) através da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) através do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

 

Fonte: UFRB

Foto: Divulgação

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) publicou o resultado da segunda chamada do Cadastro Seletivo 2020.2. Os candidatos convocados devem providenciar a documentação para a matrícula, que acontece em duas etapas. A pré-matrícula será online, no período de 18 a 23 de setembro, no site de Processos Seletivos da UFRB. São necessários três documentos para essa etapa: documento oficial com foto, documento de quitação/dispensa do serviço militar (para homens) e histórico escolar do ensino médio.

A segunda etapa é a confirmação de matrícula, que será realizada no retorno das atividades acadêmicas, em formato a ser definido conforme protocolos e medidas sanitárias estabelecidas pela UFRB e demais autoridades da área de saúde. A relação completa de documentos para a confirmação de matrícula está disponível no Edital PROGRAD Nº 014/2020.

Confira o cronograma da 2ª chamada Cadastro Seletivo 2020.2:

 

Fonte: UFRB

Foto : Secom de Itabuna

As escolas municipais de Itabuna, no sul da Bahia, vão retomar amanhã (16) o ano letivo, mas as aulas não serão presenciais. As classes vão retornar de forma remota e online.

Somente os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental II vão voltar às aulas. Os estudantes irão nas escolas apenas para buscar o material pedagógico e, após 15 dias, vão voltar para devolver as atividades.

A Secretaria Municipal de Educação já estabeleceu que, por enquanto, não haverá aplicação de provas ou atribuição de notas aos alunos.

 

Fonte: Metro1

Foto: Marcelo Casal Jr/ ABR

As inscrições para a Rede Nacional de Certificadores (RNC), a fim de atuação em atividades de certificação dos procedimentos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, começou na quarta-feira (9) e vão até o dia 29 deste mês. O cadastramento destina-se a servidores públicos federais e professores das redes públicas estaduais e municipais.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou, nessa sexta-feira (4), no Diário Oficial da União, o Edital nº 64 de chamada pública. As inscrições podem ser feitas no seguinte endereço na internet: certificadores.inep.gov.br ou no aplicativo móvel, disponível nas principais lojas de aplicativos.

“Para realizar a inscrição, o candidato deverá atender aos requisitos descritos no edital, como: ser servidor público, efetivo e em exercício, do Executivo Federal ou ser docente, em exercício, das redes públicas de ensino estaduais e municipais e estar devidamente registrado no Censo Escolar 2019; ter formação mínima em ensino médio; não estar inscrito como participante no Enem 2020; não ter cônjuge, companheiro ou parentes de até 3º grau inscritos no Enem 2020; e possuir smartphone ou tablet, com acesso próprio à internet móvel”.

Entre as atribuições, os servidores vinculados à RNC deverão certificar in loco, sob demanda do Inep, a efetiva e correta realização dos procedimentos de aplicação nos dias de realização do exame; registrar, em sistema eletrônico, as informações coletadas com base em sua atuação; e informar ao instituto possíveis inconsistências identificadas. Segundo o Inep, o cadastramento prévio não garante a inscrição para atuação como certificador no Enem 2020.

Os convocados deverão participar de uma capacitação a distância promovida pelo Inep para divulgação de normas, procedimentos e critérios técnicos da RNC. Eles só serão considerados aptos somente após a participação e a aprovação nas atividades desenvolvidas no curso de capacitação, com no mínimo 70% de aproveitamento.

A atividade desenvolvida pelo certificador terá o valor de R$ 342 por dia. A remuneração se enquadra em atividade prevista no anexo do Decreto n.º 6.092, de 2007 (elaboração de estudos, análises estatísticas ou relatórios científicos de avaliação), equiparando-se ao valor da hora do servidor público do Poder Executivo Federal, de R$ 28,50.

De acordo com o cronograma previsto no edital, o resultado da chamada pública e o endereço eletrônico com a relação da homologação das inscrições e dos colaboradores convocados para realizar o curso de capacitação serão divulgados no DOU, no dia 14 de outubro.

O documento estabelece, ainda, que os certificadores selecionados deverão, obrigatoriamente, nos dias de atuação, portar álcool em gel e usar máscaras para proteção contra a covid-19. As máscaras poderão ser artesanais ou industriais e deverão ser utilizadas ao longo da aplicação e trocadas quando ficarem úmidas ou a cada quatro horas. Será proibida a entrada do certificador no local de aplicação sem a máscara de proteção facial. O Enem impresso está marcado para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021.

 

Fonte: Agência Brasil

Foto: Divulgação

Um respirador artificial de baixo custo adaptado com reanimador manual (Ambu) está sendo desenvolvido através de um projeto do Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade (CETENS) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em parceria com a FESF-tech, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba) e a Unopar Candeias.

O projeto, que possui apoio financeiro da Embaixada dos EUA, foi dividido em três etapas: sistema de automação, ensaios laboratoriais e protótipo. A iniciativa está em fase adiantada de desenvolvimento e tem previsão de ser disponibilizado ao Sistema Único de Saúde (SUS) após os ajustes do sistema eletrônico e ensaios laboratoriais já em meados de setembro.

Segundo o docente coordenador do projeto, Fábio Lora, a iniciativa demonstra o quanto a Universidade Pública, através da UFRB, pode atender a comunidade com soluções interdisciplinares.”Essa parceria apresenta o CETENS como um centro de tecnologia e inovação para desenvolvimento de projetos em engenharias com impacto social, retornando à comunidade as competências oriundas do corpo técnico especializado”, afirma. O docente falou ainda do cronograma de atividades. “Levando-se em conta o atual estágio dos trabalhos, projeta-se que até o final de setembro o protótipo do equipamento deva ser entregue para os testes em ambiente relevante, ou seja, já poderá ser testado pelos profissionais de saúde da área e, posteriormente, homologado pelos órgãos competentes”, disse.

O diretor da FESF-tech, Alisson Sousa, destacou a importância da parceria das instituições. “Enquanto instituição do SUS da Bahia, seguimos nossa missão de trazer sempre soluções inovadoras para a saúde. Em articulação com universidades e parceiros, contribuímos com a pesquisa aplicada destinada ao enfrentamento à Covid-19 e desenvolvimento tecnológico no estado Bahia”, comenta.

 

Fonte: UFRB

Entrevistas
Vem aí uma série de entrevistas com personalidades do nosso Recôncavo
Mídia TV
Loteamento Paraguassu Residence - Cabaceiras do Paraguaçu
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Áudio que circula nas redes sociais diz que a Barragem Pedra do Cavalo não está segura; Votorantim Energia desmente.
Um áudio que vem circulando nas redes sociais vem preocupando os moradores da região. Segundo uma mulher, que não teve a identidade revelada, a UHE Pedra do Cavalo está toda estralada.