Emprego - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Quinta , 22 de Fevereiro de 2018
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Emprego
Foto: Reprodução

Os empregados da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) devem paralisar as atividades na próxima segunda-feira (30), por 24 horas. A possibilidade será discutida em assembleia convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Água e Esgoto no Estado da Bahia (Sindae), prevista para começar às 18h30 desta quinta-feira (26). A reivindicação dos funcionários da empresa é a garantia imediata de cobertura do plano de saúde, no interior e na capital. De acordo com o secretário-geral do Sindae, Grigório Rocha, a prestação de serviço da Promédica é ineficiente. A operadora é responsável pelo plano de saúde dos funcionários da Embasa e foi contratada com dispensa de licitação por mais de R$ 38 milhões, em fevereiro deste ano. Entre as queixas dos empregados, estão a restrita rede de clínicas credenciadas na Promédica; a alegação, por parte das unidades de saúde, da falta de pagamento da operadora e a demora de 45 dias para conseguir marcar uma consulta, conforme relata Grigório. “A gente tem levado a questão para a Embasa, mas ela alega que a Promédica tem 30 dias para poder se adequar à questão da rede, mas a saúde das pessoas não espera”, declara o dirigente. 

Foto: Rita Barreto/Bahiatursa

A presença de cerca de 700 mil turistas na Bahia durante o Carnaval e a movimentação financeira na capital e no interior do Estado impulsionam significativamente a economia no estado este ano. De acordo com Nelson Pelegrino, secretário estadual do Turismo, "a movimentação financeira deve chegar a R$ 1 bilhão, sendo R$ 750 milhões somente em Salvador. Em 2015, o movimento de turistas é 30% maior que no ano passado”. 

A movimentação turística que fortalece a indústria do Carnaval gera cerca de 200 mil empregos diretos e indiretos em setores que elevam os níveis de profissionalismo para atender aos visitantes. "O Governo doa Bahia investe de forma contínua na capacitação da mão-de-obra - do receptivo à camareira do hotel e ao ambulante-, a fim de oferecer bons serviços e motivar o turista a voltar outras vezes", acrescenta o secretário. 

Ocupação hoteleira - A taxa de ocupação dos hotéis chega a 95% nos estabelecimentos localizados nos três circuitos da festa (Dodô, Osmar e Batatinha) e 80% nos que ficam fora dos espaços da folia. Nos municípios do Litoral Norte, ocupação está em torno de 95% e, em Porto Seguro, no Sul da Bahia, de 90%.

Para Pelegrino, o Carnaval pode ser ainda mais valorizado em sua riqueza e diversidade cultural. “É uma festa que atende aos legítimos desejos de alegria e felicidade, o que não vai morrer nunca, mas pode ter aperfeiçoado o seu planejamento e organização, de maneira que a economia do Turismo, o show business e a visibilidade positiva da Bahia sejam ainda mais fortalecidos”, disse. "O Governo da Bahia tem contribuído decisivamente neste processo. Este ano, investiu R$ 75 milhões, assegurando ao público que participa da festa um forte esquema de segurança. Os recursos foram aplicados também no desfile de trios sem cordas com patrocínio de artistas que dão pluralidade musical e acesso ao folião pipoca. As ações do governo incluem ampla oferta de serviços públicos para o êxito da folia”, finalizou o secretário.

Foto: Portal/MTe

Em mais de duas décadas, mais de 47 mil trabalhadores submetidos a condições degradantes e a jornadas exaustivas em propriedade rurais e empresas urbanas foram resgatados em duas décadas. De acordo com dados da Divisão de Fiscalização para Erradicação do Trabalho Escravo, obtidos pela Agência Brasil com exclusividade, desde 1995 foram realizadas 1.724 operações em 3.995 propriedades e aplicadas multas indenizatórias cujo valor supera os R$ 92 milhões. Foi nesta época, quando foi reconhecida a existência e gravidade do trabalho análogo à escravidão, que o país reformulou o sistema de combate ao trabalho escravo contemporâneo. Passados 20 anos da adoção de medidas que intensificaram o combate ao trabalho escravo, o chefe da Divisão de Fiscalização para Erradicação do Trabalho Escravo, do Ministério da Trabalho, Alexandre Lyra, disse à Agência Brasil que houve uma migração do ambiente onde se pratica esse tipo de crime, das zonas rurais para as cidades. “No ano passado, por exemplo, fizemos resgate em navio de cruzeiro de 11 tripulantes submetidos à jornada exaustiva. Temos agora a construção civil que, em 2013, foi o que mais apresentou resultado, temos o setor têxtil, em São Paulo. Então, temos uma mudança no ambiente em que está ocorrendo esse trabalho, mas a fiscalização, após 20 anos, está preparada para atuar”, disse Lyra.

Foto: Reprodução

Erros encontrados nos cadernos de prova para os cargos de Analista Judiciário-Administração e Analista Judiciário-Contabilidade levaram ao cancelamento do processo seletivo para esses dois cargos pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O concurso, realizado neste domingo (25), em Salvador, teve mais de 134 mil candidatos inscritos. Os salários variam de R$ 3.091,21 a R$ 5.117,24. Os candidatos que fizeram a prova na Faculdade 2 de Julho encontraram irregularidades como provas sem a marcação do cargo no qual se inscreveram. Através de nota, o TJ-BA informou que as provas não correspondiam aos cargos para os cursos de Administração, que teve 1.091 inscritos, e Contabilidade, com 644 candidatos por vaga. Ainda segundo a nota, assim que foi alertada do problema, a Comissão Examinadora do Concurso exigiu os esclarecimentos técnicos da Fundação Getúlio Vargas (FGV), responsável pela aplicação das provas. O erro, segundo a FGV, ocorreu no momento da impressão e envelopamento das provas. 

Foto: Marcello Casal Jr/ABr

O Brasil registrou 396.993 novas vagas de trabalho com carteira assinada no ano de 2014, segundo o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Houve aumento de 1% em relação ao estoque de empregos em dezembro de 2013. No entanto, os empregos criados no ano passado representam queda de 64,4% em relação às vagas abertas em 2013 – que somaram 1,1 milhão. Segundo a Agência Brasil, os números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) informam que os estados que mais geraram empregos foram Santa Catarina, com 53.887 (+2,72%), o Rio de Janeiro, com 53.586 postos (+1,39%) e o Ceará, com 47.372 (+3,98%). Entre as regiões, o Sudeste teve o melhor desempenho, com 121.689 vagas (+0,56%), seguido do Sul, com 118.795 vagas (+1,62%) e do Nordeste com 99.522 empregos (+1,51%). No Centro-Oeste, o saldo foi positivo em 39.335 (+1,25%) e no Norte em 17.652 vagas (+0,39%). O setor que mais criou empregos foi o de serviços com 476.108, em seguida vem o comércio, com 108.814, e administração pública com 8.257 empregos. Os setores da agricultura, construção civil e da indústria de transformação fecharam o ano com saldo negativo. Na agricultura, a variação negativa ficou em 370 vagas. A construção civil terminou 2014 com menos 106.476 empregos e indústria de transformação com menos 163.817 postos de trabalho.

O Ministério Público da União (MPU) divulgou o edital do seu concurso público com 25 vagas mais formação de cadastro de reserva em cargos de níveis médio e superior. As vagas de nível médio são para técnico do MPU e técnico na área de apoio técnico administrativo especialidade segurança institucional e transporte. Já as oportunidades nível superior são para analista nas atividades de apoio técnico administrativo – especialidade atuarial, apoio técnico-especializado especialidade de finanças e controle, perícia na especialidade de engenharia química. Os salários variam de R$ 5.007,82 e R$ 8.178,06. Os interessados poderão se inscrever de 23 de janeiro a 11 de fevereiro pelo site do Cespe Unb. A taxa é de R$ 110 para nível médio e R$ 140 para nível superior. As oportunidades são para os estados do Amazonas, Amapá, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Rio Grande do Sul e São Paulo, além do Distrito Federal. O concurso será comporto por provas objetivas, previstas para serrem aplicadas no dia 22 de março, prova discursiva para os cargos de nível superior, e teste de aptidão física, avaliação médica e programa de formação profissional para os técnicos. O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado, uma vez, pelo mesmo período. Informações iBahia

Foto: Reprodução

O nível de emprego na construção caiu em todos os Estados do País em novembro. Na comparação com o mês anterior, o índice recuou 1,57%, com saldo entre demissões e contratações negativo cerca de 54,9 mil trabalhadores. Segundo pesquisa do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), ao final de novembro, o número de trabalhadores do setor somava 3,434 milhões. O vice-presidente de Economia do Sinduscon-SP, Eduardo Zaidan, comenta que o resultado já era esperado. De acordo com ele, novembro é um mês em que, tradicionalmente, o número de demissões é maior que o de contratações, em função do término de obras. "O que deve ter voltado a acontecer em dezembro", afirma. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, no entanto, a pesquisa também indica queda de 2,94%, com saldo negativo de 103,8 mil vagas. No acumulado de 2014, o índice apresenta queda de 0,14% em relação ao mesmo período do ano anterior. Até novembro, o saldo líquido de contratações está negativo em 14,8 mil vagas. No mesmo período de 2013, o setor registrava um saldo positivo de 141 mil vagas. A região Norte foi a que registrou a maior queda no nível do emprego na construção civil. Foram demitidos 8,2 mil funcionários a mais do que contratados, resultado que representou um recuo de 3,53% no índice entre outubro e novembro. Já o Nordeste registrou saldo negativo de 8,6 mil vagas e queda de 1,16% no indicador. Informação Bahia Notícias

Foto: Reprodução

O Centro de Formação de Professores (CFP) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) abre processo seletivo para contratação de professor substituto. O edital oferece 01 vaga com carga horária de 20 horas semanais, para ministrar as disciplinas Filosofia da Ciência, Filosofia da América Latina e Filosofia no Brasil. A titulação mínima exigida é graduação em Filosofia. As inscrições abertas no dia 12 de janeiro seguem até 23 de janeiro, das 8h às 17h, no Núcleo de Apoio Acadêmico do CFP, campus Amargosa. Os candidatos devem preencher a ficha de inscrição, disponível no site de concursos da UFRB, e adicionar aos documentos listados no edital. A taxa é de R$ 60.

O processo seletivo constará de duas etapas: análise de currículo, com peso 3, e prova didática, com peso 7.  As provas serão realizadas a partir do dia 03 de fevereiro, no CFP, em cronograma a ser divulgado na página eletrônica de concursos da UFRB. O resultado do processo seletivo será divulgado internamente no âmbito da Unidade até o dia 10 de fevereiro, fixado no mural do CFP e posteriormente publicado no Diário Oficial da União (DOU).

Confira o Edital Interno Nº 02/2015 - CFP.

Mais informações: www.ufrb.edu.br/concursos

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) abre inscrições do concurso para contratação de professor substituto a partir de hoje, dia 23 de dezembro, exclusivamente através da página da instituição. São 157 oportunidades para diversas áreas do conhecimento em 18 cidades baianas. O período de inscrições se estende até 15 de janeiro de 2015 e o valor da taxa é de R$ 50,00. É possível solicitar isenção do pagamento de acordo com os critérios e prazos estabelecidos no edital.

Foto: Reprodução

Além do corte de recursos da Sete Brasil, contratante do estaleiro Enseada Indústria Naval, que é construído em Maragogipe, no Recôncavo baiano, a Câmara Municipal do município revogou uma lei que reduzia o Imposto sobre Serviço (ISS) do empreendimento de 5% para 2%. Segundo informações do jornal A Tarde, o incentivo fiscal resultava em economia de R$ 33 milhões para o Enseada. O benefício foi suspenso porque a empresa não teria cumprido um acordo para a realização de obras em Maragogipe para compensar eventuais danos ambientais causados pela implantação do estaleiro. De acordo com A Tarde, o ISS também é ponto de conflito entre a companhia e a prefeitura, que ameaçou não renovar os alvarás da obra por conta da recusa do Enseada em pagar a alíquota de 5%. “O estaleiro não tem sido um bom parceiro para o município”, disse a prefeita, Vera Lúcia dos Santos (PMDB), em entrevista ao A Tarde. O consórcio à frente do empreendimento, composto pela Odebrecht, UTC, OAS e Kawasaki afirma que cumpre o que foi previamente acertado. Por conta da crise, que levou à demissão de mil operários, que será executada até o fim de dezembro, o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada e Montagem Industrial do Estado da Bahia (Sintepav) decretou a paralisação das atividades. 

Entrevistas
Organizadores do “Bloco As Muriquetes” falam sobre a expectativa deste evento que vem animando os muritibanos a cada ano
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.