Acidentes - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Sexta , 14 de Dezembro de 2018
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Acidentes
Foto: DR

Uma tragédia foi registrada em Mbeya, no sul da Tanzânia, na noite dessa sexta-feira (7). Um acidente envolvendo um caminhão e outros cinco veículos deixou 11 mortos e 15 feridos. O transporte maior carregada batatas, de acordo com a AFP. "É com consternação que tomo conhecimento da morte de 11 pessoas em Mbeya. De novo, perdemos compatriotas em um acidente de estradas, enquanto outros ficaram feridos. Estou profundamente triste", disse o presidente John Magufuli, em um comunicado oficial. Fonte: Notícias ao Minuto

Foto : Divulgação / PRF

Um homem morreu e outro ficou ferido após uma motocicleta em que eles estavam colidir em uma carreta, ontem (7), na rodovia BR-101, entre os municípios de São José da Vitória e Buerarema, no sul da Bahia. A via ficou parcialmente interditada por quase cinco horas. De acordo com o G1, a Polícia Rodoviária Federal informou que a dupla saiu de Porto Seguro e seguia para Itabuna, mas, ao entrar em uma curva, perdeu o controle da moto e bateu na carreta, que saía de Candeias em direção ao Espírito Santo. O veículo de carga estava vazio. O passageiro da motocicleta, Anderson Fernandes Neto, de 25 anos, morreu no local. O corpo da vítima foi levado para o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna. Já o piloto, ficou apenas com ferimentos leves. Ele foi atendido pela Samu e levado para o Hospital de Base, também em Itabuna. Ainda de acordo com a PRF, o motorista do caminhão, Renato Ferreira da Silva, de 41 anos, não se machucou no acidente. Fonte: Metro 1

Foto: Alberto Coutinho/ GOVBA

Onze pessoas ficaram feridas em dez acidentes registrados pela Superintendência de Trânsito (Transalvador), na capital baiana, em 24h. Os números integram o boletim divulgado pelo órgão nesta quinta-feira (6). Entre as ocorrências anotadas das 7h de quarta (5) até as 6h59 de hoje, está um acidente no bairro do Imbuí. Um carro bateu em uma moto, na Avenida Jorge Amado, deixando uma pessoa ferida. Ao bahia.ba, o órgão informou que uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada. Não há informações sobre o estado de saúde da vítima. A ocorrência foi registrada às 22h12. Fonte: Bahia.Ba

Foto: Vaner Casaes/ GOVBA

Um homem morreu na tarde desta terça-feira (4), em Simões Filho, na região metropolitana de Salvador (RMS), após sofrer um mal súbito, por volta das 16h. Segundo a 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), a situação aconteceu no bairro Ponto Parada. A vítima, identificada como Pedro de Oliveira Santos, tinha 54 anos e estava caminhando em uma calçada quando não se sentiu bem. Conforme a PM, ele chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), porém não resistiu e morreu ainda no local. Uma viatura da Polícia Militar foi acionada assim como o Departamento de Polícia Técnica (DPT) que realizou a remoção do corpo. Fonte: Bahia.Ba

Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros

Uma jovem de 16 anos teve morte cerebral, nesta segunda-feira (3), depois de ser arremessada de um brinquedo em um parque de diversões em Ceres, região central de Goiás. A vítima, identificada como Isabella do Amaral Vieira, estava internada e sedada em estado grave desde a manhã de 26 de agosto, data em que aconteceu o acidente. Além da adolescente, outras três meninas da mesma idade ficaram feridas, duas delas já receberam alta. Isabella chegou a perder um rim, parte do intestino e sofreu fraturas na coluna e no crânio, além de um inchaço no cérebro. O Hospital de Urgências de Anápolis (Huana) informou que a família autorizou a doação de órgãos da menina. Fonte: Bahia.Ba

Foto: Tânia Rego/ Agência Brasil

A vice-diretora do Museu Nacional, Cristiana Serejo, afirmou nesta segunda-feira (3), em entrevista coletiva, que cerca de 90% do acervo foi destruído pelo incêndio no prédio ocorrido no domingo (2). “O que sobrou? O prédio, essas peças que eu falei… talvez uns 10%”, informou. Entre o que foi totalmente perdido nas chamas, está tudo o que estava no prédio principal, com a exceção de meteoritos, acervo mobiliário do 1º reinado e peças herdadas da família imperial. Conforme a vice-diretora, foram preservados o meteorito Bendegó, parte da coleção de zoologia, a biblioteca central do museu, outros minerais e algumas cerâmicas, o herbário e o departamento de zoologia de vertebrados. Ela relatou também que o detector de fumaça do local não estava funcionando e que serão necessários, a princípio, R$ 15 milhões para a recuperação do museu. “Houve o contingenciamento de um terço do valor de R$ 514 mil. Esse ano recebemos R$ 240 mil, o que é pouco”, disse. Fonte: G1

Foto: Getty Images Nuvem de gás tóxico matou mais de 1,7 mil pessoas e 3,5 mil cabeças de gado

"Por volta das onze da noite acordei, mas não conseguia me levantar. Estava confuso, não entendia o que estava acontecendo", conta um sobrevivente. Era dia 21 de agosto de 1986. Quando amanheceu, os moradores de vários vilarejos no noroeste de Camarões descobriram, ao despertar, que muitos dos seus amigos e vizinhos tinham morrido durante a noite. "Na manhã seguinte vi que tinha gente jogada na rua. Alguns, mortos", relatou a testemunha. "No nosso povoado perdemos muitos, umas 75 pessoas". O número total, no entanto, foi bem mais alto: nesse dia, 1.746 pessoas morreram depois de inalar gases tóxicos que vinham de um lago vulcânico, além de 3,5 mil cabeças de gado. Todas as vítimas se distribuíam em povoados ao redor do lago Nyos, próximo à fronteira do país com a Nigéria. O desastre foi tão grave que o presidente do país chegou a pedir ajuda internacional. A investigação: Investigações científicas foram feitas durante várias semanas para descobrir o que havia ocorrido. Foram chamados especialistas de todo o mundo para ajudar a desvendar o mistério. Um deles era o médico britânico Peter Baxter, que chegou à região cerca de duas semanas depois da tragédia. "Ainda tinha corpos de pessoas e bichos espalhados pelas colinas. Quando chegamos no povoado de Nyos, que tinha pequenas casas de barro, o silêncio era total, não havia sinais de vida", contou Baxter ao programa Witness, da BBC. "E quando nos aproximamos do lago Nyos, ao qual se alcançava subindo uma pequena colina, vimos que suas águas estavam calmas, mas havia plantas e peixes mortos na superfície e nas margens." "A única vida que víamos eram as rãs, que são muito resistentes e pareciam continuar se desenvolvendo naquelas águas", afirma o médico. George Kling, professor da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, também foi convidado para ajudar na investigação. "Quando chegamos ao lago Nyos, a cena era de dar frio na espinha. Todas as pessoas e todos os bichos estavam mortos", conta. "Predominava um silêncio, mas todas as construções estavam de pé, não parecia que tinha havido um furacão, uma inundação ou algo do tipo." "Vimos uma cena de destruição. Antes do desastre, o lago era um lugar muito bonito, com águas cristalinas, azuis. Um ano antes estávamos nadando no lago, mas agora tudo estava diferente", continua Kling. "A água da superfície tinha uma cor marrom-avermelhada, havia muitas plantas flutuando. Essa vegetação vinha das margens, onde as ondas enormes haviam feito um estrago, destruindo toda a vegetação", lembra o professor. Fonte: Voz da Bahia

Foto: Reprodução / Radar 64

Um homem de 49 anos morreu após o carro que ele dirigia rodar a pista da BR-101 e colidir de frente com um caminhão, na noite deste domingo (2). O acidente aconteceu em um trecho do distrito de Montinho, na cidade de Itabela, localizada no sul da Bahia. Segundo informação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 23h. A vítima,  identificada como Gerisnaldo Marcolino de Paula, morava no distrito de Montinho e tinha acabado de sair da localidade, por volta das 23h, quando perdeu o controle da direção do veículo e bateu com o caminhão. Gerisnaldo ficou preso nas ferragens do carro e morreu no local. O motorista do caminhão, identificado como Alan Nascimento Santos, de 36 anos, não teve ferimentos. De acordo com o G1 o corpo de Gerisnaldo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Eunápolis. Fonte: Bahia Notícias

Foto: Reprodução / Instagram

Um incêndio de grandes proporções atingiu o Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, na zona norte do Rio. Artistas e celebridades se manifestaram pelas redes sociais lamentando a destruição do museu, que sofria com o descaso. Com 200 anos de história, estima-se que 20 milhões de peças se perderam. Entre elas, o fóssil de Luzia, o mais antigo das Américas. A atriz Letícia Sabatella publicou diversas informações sobre a tragédia. Em um dos textos, ela disse que o público fazia até vaquinha para tentar preservar a instituição. "O Museu sobrevive com o mínimo de recursos do Estado. O público fazia vaquinha para ajudar na manutenção! São incêndios e tragédias que não são ainda mais frequentes nem sabemos porquê". Para Astrid Fontenelle, o incêndio foi um crime. "Trata-se da instituição científica e do museu mais antigos do Brasil, tendo em maio último completado 200 anos", lembrou a apresentadora. LEIA AS MENSAGENS: "Manifestamos nosso luto e solidariedade pela tragédia do Museu Nacional. Esse episódio precisa gerar um salto de consciência em toda a sociedade pelo fim do descaso com a preservação da arte e da cultura no Brasil. Muitos equipamentos e instituições públicas correm o mesmo risco. Não podemos permitir a destruição do nosso Patrimônio histórico". Caetano Veloso, Carlinhos Brown e outros artistas do grupo #342artes divulgaram essa mensagem nas redes sociais. Que tragédia. Estou estarrecida e me perguntando que futuro tem um país que não cuida da própria história". Monica Iozzi, atriz e apresentadora, Instagram. "Descaso. A história cada vez importa menos. O museu mais antigo do país, e todo o seu acervo queimando e apagando o que importa de verdade. Mas afinal, o que é que importa de verdade, não é? Que retrato infeliz, Brasil. L U T O". Ana Vilela, cantora, Instagram. "Uma tragédia para a História, a Cultura e a Ciência. Os três andares do palácio abrigam um acervo de 20 milhões de itens, incluindo documentos da época do Império; fósseis (o mais antigo do Brasil e que essa semana Gabriel estudou na escola); coleções de minerais; e a maior coleção egípcia da América Latina. Trata-se da instituição científica e do museu mais antigos do Brasil, tendo em maio último completado 200 anos. A visitação média mensal é de 5 a 10 mil pessoas. Eu me somaria a esse número esse ano E vem aí 20 anos sem investimento na área da educação.... Indo dormir arrasada".Astrid Fontenelle, apresentadora, Instagram. "Um claro sinal para a reflexão sobre quem possa nos representar com gestos e palavras que priorizem paz, amor, cultura, sensatez, conhecimento e humanidade. Se ainda não se sabe quem possa nos representar, é bom que se pense em quem não deve nos representar. Tristeza pelo Museu Nacional". Victor Chaves, cantor, via Instagram. Fonte: Folhapress

Foto: Blog Hora da Verdade

Um jovem identificado como Carlos André da Silva Mascarenhas, de 25 anos, teve sua perna decepada após um acidente envolvendo a motocicleta que pilotava e um caminhão, na tarde de sábado (1/9), a cerca de 500 metros do povoado de Santana, em Riachão do Jacuípe, a 190 km de Salvador. O motorista do caminhão fugiu após o acidente, mas foi alcançado momentos depois na cidade de Tanquinho. Segundo policiais civis da delegacia local, o acidente aconteceu por volta das 18h30. O motorista, Valdalberto Lima da Silva, fugiu sem prestar socorro à vítima, mas foi alcançado cerca de vinte minutos depois, por policiais que montaram uma barreira na BR-324 ao saberem do ocorrido. Ele apresentava sinais de embriaguez. Carlos André foi socorrido pela Brigada Voluntária Anjos Jacuipenses, que prestou os primeiros socorros e encaminhou a vítima ao Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe (ISAS). Lá, a equipe médica constatou a gravidade e transferiu o jovem para Salvador. Já Valdalberto foi encaminhado para a delegacia de Riachão do Jacuípe. Fonte: Aratu

Entrevistas
Organizadores do “Bloco As Muriquetes” falam sobre a expectativa deste evento que vem animando os muritibanos a cada ano
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.