Mundo - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Sexta , 04 de Dezembro de 2020
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Mundo
Foto: Reprodução

O WhatsApp passou a informar quando uma mensagem é encaminhada muitas vezes. Segundo o aplicativo, o novo recurso tem o objetivo de evitar a proliferação de fake news e spam. A novidade, que já vinha sendo testada desde março, começou a ser liberada para todos os usuários gradualmente na sexta (2).

Com a mudança, um texto, foto, vídeo ou áudio que for enviado para várias pessoas passará a ter um ícone de seta dupla, ao invés da setinha única que aparecia junto com a palavra "Encaminhado". Tanto o remetente quanto o destinatário poderão vê-lo.

O WhatsApp também notificará os usuários que forem encaminhar mensagens já repassadas múltiplas vezes com o alerta “Essa mensagem será marcada como encaminhada muitas vezes”.

A nova alteração não é o único esforço do WhatsApp para tentar combater a desinformação: em janeiro, o número de compartilhamentos de uma mesma mensagem foi limitado a cinco pessoas de cada vez.

 

Fonte: Metro1

Foto: Reprodução

A influecer digital Ekaterina Karaglanova, de 24 anos, foi encontrada morta dentro de uma mala em seu apartamento em Moscou na última sexta-feira, 26, depois que sua família suspeitou de algo já que não conseguiam contatá-la.

Sem conseguir falar com ela há alguns dias, seus pais procuraram o dono do apartamento em que Karaglanova morava e solicitaram acesso. Lá encontraram uma mala com seu corpo dentro no corredor. Seu pai chegou a chamar uma ambulância, mas ela já estava morta, com a garganta cortada.

A polícia disse que não havia provas de que qualquer luta tenha ocorrido no apartamento, e nenhuma arma foi encontrada no local, informou o "Moskovsky Komsomolets".

Os agentes acrescentaram que as imagens da câmera de segurança mostraram um ex-namorado de Karaglanova visitando sua casa nos dias próximos ao seu desaparecimento. Mas nenhum suspeito foi preso até agora. Além disso, a polícia disse que suspeita que o ciúme tenha motivado a morte dela,

Karagnlanov tinha mais de 85 mil seguidores no Instagram e havia se formado recentemente em Medicina. Ela também mantinha um popular blog de viagens, que contava com milhares de assinantes.

 

Fonte: A Tarde

Foto: Reprodução

O arquiteto Ronald Rael criou uma gangorra para ser instalada na fronteira entre México e Estados Unidos, de modo que crianças dos dois lados possam brincar e interagir.

Em partes da fronteira, há uma cerca metálica com vãos, onde a gangorra pode ser encaixada. Rael, que vive na Califórnia, colocou o brinquedo na divisa entre Sunland Park (EUA) e Anapra (México), com ajuda de alguns amigos.

"O que uma pessoa faz de um lado gera impacto no outro lado. É exatamente o que faz uma gangorra. Sobe e desce", disse ele, à AFP.

Veja como ela funciona no vídeo abaixo:

Fonte: BNews

Foto: Reprodução

Carla Louise Evans, de 29 anos, planejava se casar, mas faltava um "pequeno" detalhe: dinheiro. Para resolver isso, ela decidiu apelar para a instituição de caridade "Wish For A Wedding", que financia casamentos para doentes que possuem doenças terminais.

A americana, que tem dois filhos, conversou com a entidade e alegou ter câncer em estágio avançado. A instituição aprovou a liberação de 15 mil libras (cerca de R$ 71 mil) para o casamento de Carla. Ela só teria que pagar R$ 2.350.

Então, a noiva preencheu um formulário e anexou laudo com a assinatura de um médico de um hospital em Newport atestando que a "paciente" estava com câncer e tinha o fígado já bastante comprometido.

Mas era tudo falso, conforme revelou a reportagem do "Manchester Evening News". A "Wish For A Wedding" suspeitou de Carla e acionou a polícia. Após investigações, os agentes descobriram que a mulher sequer tinha ficha no Royal Gwent Hospital, em Newport.

Após ser pressionada, Carla acabou confessando tudo. Agora, ela pode ser condenada a até 3 anos de prisão.

 

Fonte: Aratu On

Foto: Ilustrativa

O Ministério da Agricultura anunciou hoje (23) que a China vai abrir mercado para a exportação de produtos lácteos brasileiros. Entre os produtos que poderão ser exportados estão os "não fluidos", como leite em pó, queijos e leite condensado.

O acesso aos consumidores chineses estava acordado desde 2007, mas não havia nenhuma indústria brasileira habilitada a exportar.

"O Brasil produz 600 milhões de toneladas de leite, mas a China importa 800 milhões de toneladas, 200 milhões de toneladas a mais do que produzimos. É claro que não é para amanhã, mas é uma abertura excelente para o Brasil”, disse em nota a ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

 

Fonte: Metro1

Foto: Reprodução/Pixabay

Um projeto que está sendo analisado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, prevê o fim da prisão especial para quem tem diploma de ensino superior.

Atualmente, a lei prevê a prisão especial, em local separado dos presos comuns, em caso de prisão antes da condenação definitiva. Essa regra vale para pessoas com curso superior e também para governadores, prefeitos, parlamentares, oficiais militares e magistrados, entre outros.

O texto também retira o benefício para cidadãos inscritos no “Livro de Mérito”, que homenageia pessoas que tenham cooperado para o enriquecimento do patrimônio material ou espiritual da Nação.

Para o autor do PL 3945/2019, o senador Fabiano Contarato (Rede-ES) essa regra reflete no tratamento jurídico-penal um sistema desenhado para fortalecer as desigualdades, em que os pobres ficam cada vez mais miseráveis e os ricos têm cada vez mais dinheiro.

“Conceder esse privilégio pelo simples fato de se ter um diploma de nível superior é dizer à maior parcela da população brasileira, constituída de analfabetos, pessoas que estudaram até o ensino fundamental ou até o nível médio, que são inferiores à camada privilegiada da sociedade que teve acesso ao ensino superior”, criticou.

 

Fonte: Metro1

Foto: Reprodução

Uma mulher passou por um tratamento para curar o câncer de mama, após um diagnóstico médico. Durante o procedimento, além da quimioterapia, ela ainda passou por uma cirurgia para retirada dos seios.

No entanto, um ano após o tratamento, em julho de 2017, Sarah Boyle, na época com 25 anos, foi informada pelo hospital que os médicos haviam errado o diagnóstico e ela nunca esteve com câncer. O caso aconteceu no Hospital da Universidade North Midlands, no Reino Unido. Sarah é mãe de duas crianças.

Em entrevista recente ao jornal The Independent, a jovem contou que após a retirada dos seios, ela passou por uma cirurgia de reconstrução das mamas e foi informada que os implantes de silicone podem aumentar o risco de desenvolver câncer no futuro.

“Os últimos anos estão sendo incrivelmente difíceis para mim e minha família. Saber que eu tinha câncer foi horrível, mas passar por todos os tratamentos e cirurgias para descobrir que não precisava disso foi realmente traumatizante. Como se não fosse o bastante, agora me preocupo de desenvolver câncer no futuro pelos meus implantes e também tenho medo das complicações relacionadas à quimioterapia”, desabafou.

 

Fonte: Varela Notícias

Foto: Divulgação

Na noite desta terça-feira (16), o Brasil poderá ver um eclipse lunar parcial – quando Sol, Terra e Lua se alinham e nosso planeta faz sombra sobre o satélite. O fenômeno será parecido com o que o Brasil conseguiu ver em janeiro deste ano.

O fenômeno completo terá duração de cinco horas e 33 minutos. A fase da umbra – quando a sombra do Sol começa a ser observada na Lua – terá início às 17h01 (horário de Brasília) e durará duas horas e 51 minutos.

O eclipse lunar é um fenômeno astronômico que ocorre quando a Lua é ocultada totalmente ou parcialmente pela sombra da Terra. Ele ocorre quando há um alinhamento do Sol, Terra e Lua.

Diferente de um eclipse solar total – quando o que é "escondido" é o Sol – a observação da versão lunar não exige um óculos de proteção. A visão da Lua é a olho nu.

Este é o último eclipse lunar do ano. O próximo eclipse lunar total visível no Brasil será apenas em maio de 2022.

 

Fonte: G1/BA

Foto: Reprodução

O jogador Mario Balotelli é o motivo de uma grande polêmica na Itália. O atacante pagou 2 mil euros, cerca de R$ 8,5 mil, para um funcionário de um restaurante se jogar ao mar, apenas de cueca, com uma moto.

O atleta, que está sem clube, pode responder processo por três crimes. De acordo com a imprensa italiana, a polícia napolitana acusa Balotteli de incitação ao crime, aposta ilegal e danos ao meio ambiente.

Ocorrido na capital da Campânia, o episódio foi filmado e publicado pelo próprio Balotelli em seu perfil no Instagram. Ele entrega uma quantia para Catello Buonocor, que conta o dinheiro, fica apenas de cueca e acelera em direção ao mar.

Questionado sobre o caso, Buonocor disse que não via problema algum em jogar sua moto ao mar após receber 2 mil euros (R$ 8,5 mil), pois o veículo está avaliado em apenas 600 euros, cerca de R$ 2,5 mil.

 

Fonte: Bahia.ba

Foto: Ilustrativa/Reprodução

O concurso 2167 da Mega-Sena não teve acertadores nos seis números sorteados nesta terça-feira (9): 27, 37, 38, 43, 45 e 54. Assim, o prêmio ficou acumulado para o concurso 2168, a ser realizado na próxima quinta-feira (11), quando a estimativa é de um prêmio de R$ 7,5 milhões.

A Quina (cinco números acertados) teve 37 apostas ganhadoras, com R$ 28.747,30 para cada uma delas. Já a Quadra, com quatro números acertados, registrou 1.971 apostas ganhadoras, cabendo a cada uma R$ 770,92.

 

Fonte: Agencia Brasil

 

Entrevistas
Vem aí uma série de entrevistas com personalidades do nosso Recôncavo
Mídia TV
Loteamento Paraguassu Residence - Cabaceiras do Paraguaçu
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Áudio que circula nas redes sociais diz que a Barragem Pedra do Cavalo não está segura; Votorantim Energia desmente.
Um áudio que vem circulando nas redes sociais vem preocupando os moradores da região. Segundo uma mulher, que não teve a identidade revelada, a UHE Pedra do Cavalo está toda estralada.