Esportes - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Sexta , 24 de Novembro de 2017
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Esportes

 Com desfalques em praticamente todos os setores, o técnico Vagner Mancini fará mudanças forçadas no Vitória, que joga contra o Botafogo, domingo (1º), às 16h, no estádio Nilton Santos, do Rio. 

No gol, Fernando Miguel, que está com fascite plantar (inflamação na sola do pé), é dúvida. O atleta aguardará até o último momento para saber se tem condição de jogo, mas dificilmente estará em campo. Com isso, Caíque será o titular na partida.

Já nas laterais, Caíque Sá, com lesão muscular, e Juninho, em fase  final de recuperação em uma distensão no joelho, seguem vetados. Mancini já adiantou que Patric, que volta de suspensão , será titular na direita, enquanto Geferson continuará no lado esquerdo. 

Ainda no sistema defensivo, mais uma baixa. Kanu foi vetado pelo departamento  médico do Vitória após se queixar de dor no joelho e ser diagnosticado com uma sinovite (inflamação). É aí que mora a grande dúvida do treinador. Mancini ainda não decidiu se deslocará Ramon e colocará Fillipe Soutto de primeiro volante, ou se vai dar chance a Fred ou Bruno Bispo.

O Leão também não conta com o volante Willian Farias, que machucou o joelho e não tem previsão de retorno aos gramados, e Júnior Todinho, que fará cirurgia no joelho e não joga mais esse ano.

 Foi só na disputa de pênaltis que o empate se desfez. Depois de 180 minutos em duas partidas, no Maracanã e no Mineirão, a disputa da final da Copa do Brasil teve, em tempo normal, apenas os dois gols - um de cada lado - no Rio de Janeiro. Nas cobranças da marca penal, deu Cruzeiro, que conquistou o seu quinto título do torneio por 5 a 3.

O pênalti decisivo foi batido pelo meia Thiago Neves, principal jogador do time, mas o grande responsável pela taça foi o goleiro Fábio, de 36 anos, ídolo cruzeirense, que defendeu a cobrança do craque rubro-negro Diego, pouco relevante na final. Com o título, o Cruzeiro se tornou a primeira equipe brasileira garantida na Libertadores da América, principal torneio continental, em 2018.

 Cruzeiro e Flamengo fazem na noite desta quarta-feira (27) a partida de volta da final da Copa do Brasil 2017. O duelo acontecerá às 21h45 (de Brasília), no Mineirão. No jogo de ida, houve empate por 1 a 1, no Maracanã e vale ressaltar que não tem a regra do gol fora, ou seja, qualquer empate na partida desta quarta, leva o duelo para os pênaltis.

O técnico Mano Menezes concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira e se demonstrou muito tranquilo. O treinador falou qual a "receita" para jogar bem na finalíssima:  “A receita é a seguinte: o jogo vai ser às 21h45. Não adianta jogar antes da hora. Você precisa ter a paciência necessária, vamos encher a programação para que eles tenham preocupações objetivas e que possamos passar para ele tudo que precisa passar”, disse o treinador.

O Cruzeiro deve entrar em campo com: Fábio; Ezequiel, Leo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique e Hudson; Robinho, Thiago Neves e Alisson; Raniel. 

No Flamengo, o técnico Reinaldo Rueda tem apenas uma dúvida na equipe e é na lateral esquerda. Trauco e Renê disputam a posição. O colombiano comemorou a confirmação do meia Éverton, que era dúvida para o duelo, mas treinou normalmente nesta terça e está à disposição: "Felizmente ele trabalhou normalmente. Vamos aguardar como assimilará para definir se inicia a partida ou fica opção", afirmou o treinador.

O rubro-negro carioca deve ir a campo com: Alex Muralha; Pará, Réver, Juan, Renê (Trauco); Cuéllar, Willian Arão e Diego; Everton, Berrío e Guerrero.

 O boxeador baiano Robson Conceição, de 28 anos, que conquistou uma medalha de ouro na sua participação nas Olimpíadas de 2016, venceu seu rival, Carlos Osorio, da Nicarágua, na cidade de Tucson (EUA), na noite desta sexta-feira (22/9). Com a vitória, o brasileiro segue invicto após quatro outras lutas como pugilista profissional.

A vitória foi confirmada no quarto round, quando o oponente deslocou o ombro, viu-se sem condições de combate e abandonou o ringue, dando a vitória ao brasileiro.

Das cinco lutas que o baiano travou, três foi por nocaute. A exceção ficou pela sua luta de agora contra Carlos Osorio e pela sua estreia como boxeador profissional, contra o norte-americano Clay Burns, de quem ganhou por decisão de pontos.

Foto: Reprodução

 Nascido e criado em Boa Vista de São Caetano, o pugilista baiano Robson Conceição subirá no ringue como profissional pela quinta vez nesta sexta-feira (22/9). Ele vai encarar o nicaraguense Carlos Osorio, em Tucson, nos Estados Unidos, pela categoria super-penas (até 59kg), com previsão de oito rounds.

Nesta última quinta-feira (21/9), Robson participou da pesagem e se mostrou ansioso para a tão aguardada luta. “Obrigado senhor ! Já no peso aguardando a tão esperada hora da pesagem, #magrim #magrinho rsrs a recompensa vem depois”, postou em sua conta no instagram.

Campeão dos Jogos Olímpicos do Rio-2016, Robson, 28 anos, tem no currículo profissional três vitórias por nocaute e uma por pontos. O adversário da vez é mais novo, mas já tem mais bagagem como profissional. Osório, 26 anos, tem 13 vitórias (5 por nocaute), 7 derrotas (3 por nocaute) e 1 empate. Dias antes da luta desta sexta, Luiz Dorea treinador de Robson postou um vídeo no qual mostra parte da preparação do baiano.

 A seleção de Cruz das Almas já tem um novo treinador. Após a saída de Jean Sodré, em menos de 24 horas a equipe já anuncia quem será o comandante na segunda fase do Campeonato Intermunicipal. Eduardo Bahia, nome conhecido no futebol baiano, será anunciado na manhã desta terça-feira (12), em coletiva de imprensa, no Paço Municipal. A informação foi obtida com exclusividade pelo Forte na Notícia. 

Eduardo começou sua carreira no esporte como jogador profissional em 1989 como goleiro na equipe do Flamengo. Após duas lesões no ligamento do joelho, teve que se afastar dos gramados. A parti daí, seguiu como preparador de goleiro do Esporte Clube Vitória, onde ficou por 6 meses. Em 1993, fazendo parte da comissão técnica, foi campeão baiano e vice-campeão brasileiro com o leão baiano. Com um bom trabalho em grandes clubes do futebol brasileiro como Ponte Preta, Santos, Atlético Mineiro, Sport e Náutico, Eduardo Bahia foi chamado para atuar como preparador de goleiros das seleções brasileiras sub-20 e sub-23.

Como treinador, foi campeão invicto da Copa Governador do Estado de 2016 pelo ECPP Vitória da Conquista. Em 2017, após deixar o bode de Conquista, acertou sua ida para o PFC Cajazeiras, time da segunda divisão do Campeonato Baiano.

A expectativa é que Eduardo Bahia consiga passar toda sua experiência para o elenco que é formado quase em sua totalidade por jovens. O primeiro desafio do treinador será no próximo domingo (17), contra a seleção de Madre de Deus, pela segunda fase do Campeonato Intermunicipal, no Estádio Barbosão, em Cruz das Almas.

 

Fonte: Forte Na Notícia

 Neste sábado (9), Amanda Nunes venceu Valentina Shevchenko por polêmica decisão dividida dos árbitros em luta válida pelo UFC 215, disputado em Edmonton (CAN). Com o resultado, a brasileira defendeu o cinturão das pesos galo da UF.

Os dois primeiros minutos do combate foram estudados, com as adversárias trocando apenas alguns chutes baixos. A torcida chegou a vaiar a morosidade do combate. Na reta final do primeiro round, a brasileira chegou a derrubar sua o oponente após tentativa de chute, mas sem conseguir grandes avanços

A segunda parcial teve roteiro semelhante, com as lutadoras tentando achar a distância certa. Novamente, a brasileira teve seus melhores momentos nos segundos finais, conseguindo encaixar golpes fortes em sua adversária.

No segundo round, apesar de não conseguir acertar golpes contundentes acima da cintura de Shevchenko, Amanda conseguiu encaixar chutes fortes nas coxas e nas canelas da adversária, chegando a tirar sangue de sua perna esquerda.

 

Foto: Divulgação / TJD-BA

 O Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJDF-BA) suspendeu preventivamente os envolvidos nas agressões aos árbitros Leonardo Oliveira Carvalho e Eloy de Brito. O primeiro caso aconteceu no duelo entre Teixeira de Freitas e Eunápolis no último dia 3 , enquanto o outro ocorreu na partida entre Vera Cruz e Santo Antônio de Jesus.  Ao todo, 11 pessoas foram afastadas por 30 dias. Dez são atletas e um é auxiliar técnico. A decisão foi publicada na última quinta-feira (7) por Hélio Santos Menezes Júnior, presidente do TJDF-BA. O pedido de suspensão foi oferecido Ruy João Ribeiro, procurador da entidade. Os acusados ainda serão denunciados e julgados pela corte baiana. A seleção de Teixeira de Freitas teve nove pessoas punidas: Adelson Santos Vieira (atleta), Gabriel Soares Gomes (atleta), Bruno Neres Lemos (atleta), Bruno dos Reis N. Costa (atleta), Cosmo Queiroz Melgado (atleta), Rodrigo Novais dos Santos (atleta), Fabiano Queiroz Melgado (atleta), Juranilson dos S. Rocha (atleta), Dione Almeida Cerqueira (atleta) e Jeferson das Neves Senturion (auxiliar técnico), enquanto dois  atletas são de Vera Cruz: Rodrigo de Souza Conceição e Jeferson Santos Santana.

 A suspeita de compra de votos pelo Rio de Janeiro para sediar os Jogos Olímpicos de 2016 foi repassada ao COI anos antes de o evento ocorrer no País. Contudo, segundo investigações, a entidade olímpica não teria reagido e, em abril de 2017, chegou a distribuir três cargos para ex-diretores do Comitê Rio-2016, inclusive para Carlos Arthur Nuzman. A informação, segundo o Estado apurou, chegou ao COI de pelo menos duas formas. Uma delas foi por meio da Procuradoria francesa, que, no início de 2016, já havia aberto inquérito sobre a situação do Rio e de Tóquio, no Japão, sede de 2020. Naquele momento, advogados do COI procuraram as autoridades em Paris. Representantes do Comitê de Ética da entidade também teriam procurado os investigadores naquele momento. Mas a informação também foi repassada pelo ex-presidente da Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG), Eric Walther Maleson. Sem uma reação satisfatória, a testemunha teria optado por prestar depoimento de forma voluntária ao Ministério Público da França, antes mesmo de iniciar os Jogos de 2016 no Brasil. Procuradores europeus envolvidos no caso indicaram à reportagem que o comportamento do COI foi considerado como "estranho". Procurado em quatro ocasiões nesta quarta-feira, o COI não respondeu aos pedidos de esclarecimento feitos pelo Estado. No dia da operação no Rio, a entidade tentou se distanciar da crise, indicando que teria "maior interesse" em "esclarecimentos". A organização ainda insistiu que proteger a integridade do processo de escolha de sedes é de seu maior interesse e que um dos focos do processo, Lamine Diack, já havia sido excluído do COI em 2015. O processo, naquele momento, se referia a seu papel no doping de atletas. Internamente, o COI teme que a operação no Rio seja apenas o início de um caos ainda maior. Além dos votos brasileiros, o MP na França já teria identificado pagamentos de propinas por parte de Tóquio para receber os Jogos de 2020. O COI se reúne na semana que vem em Lima, no Peru, para votar a escolha de Paris e Los Angeles para receber, respectivamente, os Jogos de 2024 e 2028. O encontro ameaça ser dominado pelo debate sobre a corrupção. Delegados da entidade admitiram ao Estado que existem até comentários de que o evento poderia "terminar como o da Fifa". Em 2015, a reunião anual da Fifa foi o momento esperado pela Justiça dos Estados Unidos e da Suíça para promover ampla operação que terminou com sete detidos. A embaixada da Rússia no Brasil e os consulados do País em São Paulo e no Rio não esclareceram por qual razão foi dado passaporte russo ao presidente do COB (Comitê Olímpico do Brasil) Carlos Arthur Nuzman. As representações diplomáticas russas no Brasil não responderam ao Estado sobre o assunto. O Ministério Público Federal (MPF) suspeita de que Carlos Arthur Nuzman tenha obtido nacionalidade russa em troca de voto a favor da cidade de Sochi para sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014. A Polícia Federal (PF) encontrou um passaporte russo em nome do dirigente na casa dele na última terça-feira. De acordo com o MPF, "essa nacionalidade russa devia lhe permitir esperar escapar da Justiça brasileira se fosse necessário".

 Teve início, no último domingo (3), mais uma competição para agitar a cena esportiva da cidade. O Campeonato de Veteranos começou com um jogo entre Babilônia e Nápoles, em Tocos III, onde o Nápoles levou a melhor, vencendo o time da casa pelo placar de 5x3.

Com a participação de seis times e jogos tanto na sede, quanto na zona rural, o Campeonato de Veteranos é uma realização da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Assistência Social, Igualdade Racial e Esporte, em parceria com a Associação Desportiva Rural.

Em mais uma ação que demonstra a preocupação do Governo da Mudança em apoiar e desenvolver o esporte no município, compromisso assumido pelo prefeito Marcelo Pedreira desde o período de campanha, a Prefeitura fez um investimento total de 40 mil reais, disponibilizando uniformes, material esportivo e a premiação, além de cuidar da manutenção dos campos onde os jogos acontecem e da divulgação da competição. 
A segunda rodada do Campeonato de Veteranos acontece no próximo domingo (10), em Meio de Campo, onde se enfrentam os times Águia Dourada e Associação de Quixabeira, a partir das 08:30h. 

Entrevistas
Governador Mangabeira: Programa ‘Prefeitura em Movimento’ ganha destaque e coloca município como referência de gestão pública
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Marcia escreveu para Midiareconcavo
"Parabens ao melhor de todos os sites da regiao. Eu ja estava com saudades da informação de todos os lugares em primeira mao."
simone escreveu para planejar concursos
"Bom dia, gostaria de uma justificativa da empresa pois, estou tentando a horas realizar minha inscrição no concurso e até o momento não obtive êxito, o que está ocorrendo com o site. Agradeço desde de já."
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.