Política - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Sábado , 23 de Junho de 2018
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Política
Foto: Elza Fiúza / Agência Brasil

Neste domingo (3), a cidade de Jeremoabo será a primeira do estado a usar o e-Título em uma eleição. O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), por meio da 51ª Zona Eleitoral, autorizou o uso do título por meio digital já para o pleito suplementar que será realizado para escolher os novos prefeito e vice-prefeito da cidade. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) 26.756 eleitores estão aptos para votar no município. Serão montadas 94 seções eleitorais, distribuídas nas áreas urbana e rural do município. A cidade também vai contar com 110 urnas eletrônicas. Dessas, 94 urnas estão destinadas às seções eleitorais e 16 são de contingência, caso ocorra necessidade de substituição. Jeremoabo precisou receber uma nova eleição municipal porque o pleito realizado em 2016 ficou indefinido. A candidata a prefeita mais votada, Anabel de Tista (PSD), teve seu registro indeferido e os votos não foram validados. Ela disputou o pleito de 2016 com recursos na Justiça Eleitoral. Fonte: Bahia Notícias

Foto: Reprodução

A eleição complementar em Jeremoabo, no nordeste baiano, vai ser realizada neste domingo (3), segundo o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). Conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), são – ao todo – 26.756 eleitores aptos na cidade. Para realização da eleição suplementar, serão montadas 94 seções eleitorais, distribuídas nas áreas urbana e rural do município. Serão utilizadas 110 urnas eletrônicas, todas já preparadas para o pleito. Delas, 94 urnas estão destinadas às seções eleitorais e 16 são de contingência, caso ocorra necessidade de substituição. Fonte:bahia.ba

Foto : Fernando Aguiar

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse que vai punir os postos que não repassarem aos consumidores a redução de R$ 0,46 no preço do litro do óleo diesel.A diminuição faz parte do acordo do governo com os caminhoneiros para tentar encerrar a greve da categoria.Segundo o chefe da Casa Civil, as punições possíveis em caso de descumprimento são:

– Multa de até R$ 9,4 milhões;
– Suspensão temporária da atividade;
– Cassação da licença do estabelecimento;
– Interdição do estabelecimento comercial.

Fonte: Metro 1

Foto : Raul Golinelli/GOVBA

O gabinete do vice-governador da Bahia João Leão (PP) aditou o contrato de agendamento de viagens com a Webtrip em 25%. De acordo com a publicação do Diário Oficial da Bahia, o governo pagará R$ 157 mil pelos serviços da empresa que tem como obrigação reservar passagens para o contratante.A Webtrip também é usada pela prefeitura de Salvador, que, este ano, renovou com a empresa por mais de R$ 1 milhão.Leão, que também respondia pela secretaria de Planejamento, fez cinco idas ao exterior desde que assumiu o posto de vice. As idas são basicamente a Portugal e a China. Em 2016, foram duas idas para o país lusitano. A primeira viagem, de 19 a 28 de março, fez com que o pepista receber R$ 15 mil reais em diárias. Já em novembro, mais R$ 11 mil caíram na conta do político.Em 2017, Lisboa voltou a ser destino do “bonitão”. Em outubro, a ida custou mais R$ 10 mil aos cofres. No final do ano, em dezembro, a ida de Leão a Pequim custou também R$ 10 mil. Este ano, até o momento, o vice-governador só deu um “pulinho” em Macau, também do outro lado do mundo. A viagem rende R$ 11 mil em jetons.Ao todo, segundo levantamento de Metro1 nos sistemas do governo, o Estado pagou R$ 58 mil em diárias para Leão.Fonte: Metro 1

 

Foto: Reprodução

O filho do ex-vice-presidente José Alencar, Josué Alencar, é o plano B do ex-presidente Lula para substituir um eventual nome do PT na disputa pelo Palácio do Planalto, diz o colunista Ricardo Noblat, da revista Veja. O empresário, que filiou-se ao PR, teria sido guiado pelo petista preso em Curitiba.O jornalista lembra ainda que José Alencar filiou-se ao PL, do deputado Valdemar Costa Neto, por orientação do ex-presidente, que agora repete a estratégia com o filho do antigo aliado. O PR também tem Costa Neto como cacique.Fonte: Bocão News

 

Foto: Reprodução | YouTube

Após a divulgação dos valores que seriam pagos a Banda As Coleguinhas, com Simone e Simaria , no último dia 13 de maio, o prefeito da Cachoeira, no Recôncavo Baiano, Tato Pereira, decidiu cancelar o contrato com a dupla para tocar no São João Feira do Porto 2018.O cancelamento do Contrato pode ser conferido na publicação do Diário Oficial do Município desta terça-feira (29/05) no Extrato de Anulação de Inexigibilidade de Licitação de N° 012/2018.Tato iria pagar a dupla das Coleguinhas o valor de R$ 350 mil para um show de aproximadamente 2 horas. Diante do valor, a opinião pública criticou muito, achando o gasto exorbitante e tendo em vista que falta serviços essenciais para a comunidade, talvez por isso, o prefeito tenha mudado de ideia.Conforme informações, a atração será substituída pela banda Cavaleiros do Forró, porém, até o momento não foi divulgado o valor que será pago. Fonte: Diário da Noticia

Veja a publicação da Anulação da licitação:

 

Foto: Reprodução/instagram

O músico Gilberto Gil irá depor como testemunha, a pedido da defesa do ex-presidente Lula, no processo que envolve o sítio de Atibaia (SP). A requisição foi acatada pelo juiz Sérgio Moro e o artista baiano prestará os esclarecimentos no dia 11 de junho, por videoconferência, no Rio de Janeiro.A defesa do petista pediu a inclusão de Gil, ministro da Cultura nos governos de Lula, no lugar de Miriam Belchior, ex-ministra do Planejamento. O músico agora faz parte do rol de testemunhas como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que teve o depoimento remarcado por Moro para o mesmo dia que Gil, às 9h30.Lula foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) sob a acusação de receber cerca de R$ 1 milhão em propinas, por uma reforma no sítio em Atibaia feita pelas construtoras Odebrecht, OAS e Schahin. A defesa do petista afirma que ele jamais pediu ou recebeu favorecimento de qualquer empresa.Fonte: bahia.ba

 

Foto: Reprodução

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) é o pré-candidato a presidente da República com maior percentual de intenção de votos entre os eleitores baianos. Um levantamento divulgado nesta quarta-feira (30) pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra que o parlamentar possui 19,6% das intenções de votos em um cenário sem o ex-presidente Lula.No entanto, o número do pré-candidato empata com o registrado pela segunda colocada, Marina Silva (Rede), que tem 18%. O terceiro lugar ficou com Ciro Gomes (PDT), que aparece com 13,5%.Pré-candidato pelo PSDB, o ex-governador Geraldo Alckmin vem em quarto lugar com 5%.Quando o estudo avalia a presença do ex-presidente Lula na corrida presidencial, o petista lidera o cenário com 43,4% das intenções de voto.A pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 28 deste mês de maio e entrevistou 1.540 eleitores.Fonte: Bocão News 

Foto: Reprodução

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta terça-feira que o Congresso não vai aprovar um aumento de tributos para compensar a redução no preço do diesel. Ele ainda chamou de "irresponsável" a fala do ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, que nesta segunda (28) disse que poderia haver uma alta de tributos para fazer a compensação.A redução do preço do diesel foi uma das medidas anunciadas pelo governo federal para encerrar a paralisação de caminhoneiros. O desconto é de R$ 0,46 por litro de diesel por um período de 2 meses.“Não vai ter [aumento de imposto] porque isso aqui é uma democracia e ele [Guardia] não manda no Congresso Nacional. Aliás, o que ele fez ontem foi muito irresponsável, num momento de crise em que se está tentando debelar, diminuir a mobilização, tentar colocar o Brasil no eixo novamente, ele vem falar em aumento de imposto”, afirmou Maia.Segundo Maia, Guardia "sabe muito bem que no Congresso não haverá aumento de impostos" e deveria ter proposto outras saídas."De jeito nenhum [a Câmara vai aprovar aumento de imposto]. Não tem a menor chance. Enquanto eu for presidente da Câmara não se vai votar nenhum aumento de imposto. Os brasileiros pagam impostos demais, ninguém aguenta pagar mais imposto. Vamos discutir a redução do tamanho do Estado", disse.Guardia argumentou que quando faz um gasto não previsto no Orçamento, ou, como no nesse caso, abre mão da receita com imposto, o governo precisa fazer uma compensação.Para o presidente da Câmara, há outras maneiras de reequilibrar a conta, que não seja o aumento de tributos."Ele tem receita do fundo soberano, ele tem receita da cessão onerosa, que está tramitando em um projeto na Câmara. O que nós não podemos é que na hora que as coisas começam a caminhar para uma solução se colocar mais gasolina nesse problema. Então, eu acho que ele errou ontem. Não adianta falar apenas para os investidores, tem que começar a falar para os brasileiros", disse.Fonte: Bocão News

 

Foto : Jane de Araújo/Agência Senado

Diferentemente da socialista Lídice da Mata, o senador Otto Alencar (PSD) se mostrou a favor da renúncia do presidente Michel Temer (MDB), e sugeriu que, se ocorrer a queda do emedebista, a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, faça a transição até eleger um novo chefe do Palácio do Planalto.Em entrevista ao Metro1, Otto ressaltou que os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, Rodrigo Maia (DEM) e Eunício Oliveira (MDB), não desejam ocupar o posto, já que são candidatos na eleição deste ano.“Eu acho que o presidente perdeu completamente as condições de governar o Brasil, já há muito tempo desde a denúncia da JBS. Mostrou agora [com o protesto dos caminhoneiro] fragilidade. A única coisa que eles levam a série é as denúncias para se defender. Então, quem defende a saída dele é povo, os caminhoneiros e estou apenas dizendo que, pela sequência do diz a lei, Cármen Lúcia deve assumir”, afirmou.Segundo a Otto, a medida deve ser adotada também para evitar uma intervenção militar no país. “Deveria ter uma união com os homens do Senado e da Câmara, que têm patriotismo, para colocar alguém para fazer uma transição. Até, para não ter um golpe, porque a crise vai continuar”, frisou.Assim como o ex-governador Jaques Wagner (PT), Otto acredita que há uma tentativa do governo federal de “destruir” a Petrobras para vender a grupos estrangeiros. Ontem (28), o petista chegou a defender que se lance um movimento semelhante ao de 1950, com o lema “O Petróleo é nosso”.“[A crise do país] é uma consequência do desastre da política de preço da Petrobras, que eu, sinceramente, só consigo enxergar um motivo para isso. É a destruição da companhia para a venda. [...] Pior do que corrupção é entrega do nosso patrimônio para os gringos”, afirmou o petista, ontem.Fonte: Metro 1

Entrevistas
Organizadores do “Bloco As Muriquetes” falam sobre a expectativa deste evento que vem animando os muritibanos a cada ano
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.