Política - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Segunda , 17 de Junho de 2019
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Política

Com a possibilidade de uma nova greve dos caminhoneiros no próximo dia 29, confirmada por um dos líderes da categoria Wanderlei Alves, conhecido como Dedéco, o clima em Brasília começa a esquentar. Os motoristas alegam que, com um novo aumento no óleo diesel e a manutenção do valor do frete, não haveria mais condições para trabalharem. O deputado federal João Roma (PRB-BA) pediu parcimônia aos caminhoneiros, já que o Governo Bolsonaro tem se reunido com os principais líderes da categoria e ensaiou um acordo com eles. “Ficou claro que a política de preços da Petrobras segue uma política internacional e não haveria interferência em relação a isso. Foram anunciados uma linha de financiamento pelo BNDES que iria financiar equipamentos e pneus, e um pacote de medidas para melhorar a infraestrutura do Brasil. O governo também ofereceu um cartão com um prazo de 90 dias para segurar a indexação do preço do diesel”, lembrou Roma. Ele acredita que os caminhoneiros devem buscar o entendimento com o governo porque, assim como eles, existem muitas categorias no Brasil, e uma não pode prevalecer sobre outra. “O diálogo é sempre o melhor caminho para buscar o entendimento, coisa que eu estou vendo de fato que deu resultados positivos na última semana. Mas, se um outro grupo quer seguir outro caminho, estamos em um país democrático. Espero apenas que façam as suas manifestações de forma ordeira, legal e que busquem não prejudicar a vida dos demais brasileiros”, acrescentou o deputado.

Foto Reprodução

O prefeito de Madre de Deus, Jeferson Andrade, confirma sua desfiliação do DEM e seu ingresso no PP, já projetando seu sucessor nas eleições de 2020. Segundo Andrade, ainda não existe uma data definida para que ele concretize a mudança, mas independentemente de estar no Democratas sua relação sempre foi muito boa institucionalmente com o governador Rui Costa (PT) e sua base, o que motivou a sua decisão. “Tenho uma relação excelente com o governador Rui Costa e o vice-governador João Leão. Estou perto de fazer a transferência do Democratas para o PP, mas independentemente de estar no Democratas minha relação sempre foi muito boa institucionalmente com o governador. Durante a campanha, eu era democrata e o governador foi dar ordem de serviço de um prédio da saúde. E pedi que assumisse o compromisso de terminar umas habitações no município. E ele garantiu. Então, independentemente da questão partidária, a minha relação com o governador sempre foi a melhor possível”, disse em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia. O gestor enfatizou ainda que a eleição do deputado estadual pepista Niltinho, que era seu secretário de governo, teve grande contribuição de Madre de Deus, parlamentar que ele não descarta alçar como seu sucessor na disputa municipal em 2020. Ele cita também vereadores e empresários como possibilidades. Porém, a ênfase que fala da eleição de Niltinho e os votos adquiridos na campanha chama atenção.

Agencia Brasil

Em meio a pressão para aprovar a reforma da Previdência, prioridade do governo Jair Bolsonaro (PSL), a administração finalmente cedeu. O ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) fez uma lista de cargos de segundo escalão com grande projeção regional e, na próxima semana, começa a discutir a distribuição dos postos entre os partidos de centro e centro-direita que ele quer aproximar do Planalto. As nomeações, conforme a Coluna Painel, do jornal Folha de São de São Paulo, se darão dentro dos critérios já estabelecidos. Na lista entram estatais e autarquias do porte da Codevasf, Sudam e Sudene e Banco do Nordeste. O recuo e até mesmo o número de postos existentes foram comunicados aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e também a presidentes e líderes de partidos. A expectativa é a de que as primeiras indicações chanceladas pelas cúpulas das siglas sejam formalizadas na próxima semana. A expectativa é que a medida amenize a relação dos partidos com o Planalto. Os líderes e deputados estão de olho também nas manifestações de ministros. “Não pedimos nada. Foi oferecido”, diz um deles, que conclui avisando que o governo precisa arcar com os acenos que faz para ter credibilidade política. O prefeito ACM Neto e presidente nacional do DEM, no entanto, já reiterou inúmeras vezes que não indicará nenhum integrante da sigla ao governo. “Eu hora nenhuma sentei com o governo para indicar quem quer que seja, todos os quadros que o governo escolheu do Democratas ou outros mais que ele possa vir escolher são escolhas do presidente da República. O presidente do partido não vai indicar nenhum integrante a cargos, caberá ao governo escolher quadros do Democratas”, disse em entrevista ao BNews.

BNEWS

O deputado federal Cacá Leão (PP) afirmou que viu com muita felicidade a soltura do ex-colega, ex-deputado Luiz Argôlo, que deixou a prisão na noite desta terça-feira (16), após quatro anos de prisão. “Eu vi com muita felicidade. Não escondo isso de ninguém. O deputado conviveu conosco, fomos colegas, e o que eu entendo que ele pode até ter cometido algum tipo de delito, mas pessoas que cometeram crimes maiores que o dele já estão soltas há muita tempo e ele continuava cumprindo essa pena. Ontem a Justiça entendeu e autorizou disse, na noite desta quarta (17), ao programa Se Liga Bocão, da rádio Itapoan FM. “Que ele possa tocar sua vida e continuar seus caminhos”, completou o deputado.

''Segundo informações que corre aos quatro cantos da cidade de Maragojipe e nas redes sociais é que Gilson Ribeiro Vieira, conhecido popularmente por Digal, será o candidato da prefeita Vera Lúcia em 2020.'' Digal foi candidato a prefeito, vice-prefeito em Maragojipe e sempre se mostrou ''oposição'' ao governo da atual prefeita em Maragojipe, mas será mesmo que essa informação procede? Pois bem, segundo informações é que o Presidente da Câmara Luís Fernando chegou a conversar com Digal em Salvador. Nossa redação entrou em contato com Gilson Ribeiro Vieira (Digal) a três dias, porém nenhuma ligação foi atendida. Deixamos o espaço em aberto caso Digal queira se pronunciar.

Foto: Reprodução / Reprodução Facebook

A convite dos moradores da comunidade de Boca da Mata, o vereador Renan de Romualdo, presidente da Câmara de Cruz das Almas, no Recôncavo baiano, participou na nooite desta terça-feira, 16, de uma reunião na Associação dos Moradores, para discutir demandas da localidade. De acordo com a comunidade existem problemas em diversas áreas, e por isso, o parlamentar se comprometeu a ajudá-los, cobrando oficialmente da gestão municipal que dê atenção às necessidades dos moradores da Boca da Mata. Foram destacados problemas na Educação, pois a Escola, que carece de uma reforma, ainda passou a oferecer salas de aulas multiseriadas; na Saúde, com o PSF que se encontra fechado desde dezembro; a iluminação pública precária, estradas precisando de reparos, além de problemas com transporte e segurança pública. "Realmente, os moradores estão carentes de uma gestão eficaz, que tenha soluções para as dificuldades que o povo enfrenta. Por isso, também decidimos que no próximo mês, faremos a Sessão Itinerante na Boca da Mata, nunca tentativa de fazer com que a Prefeitura olhe com mais carinho para esta localidade." Finalizou Renan.


População solicitou ajuda do vereador para solucionar os problemas 
da comunidade.

Foto: Mídia Reôncavo

Na sessão realizada na última segunda-feira, 15, os vereadores do município de São Félix, no Recôncavo baiano, ameaçaram revogar a Lei que autoriza a cobrança da Taxa de Iluminação Pública (TIP), que foi aprovada em março de 2017. De acordo com os parlamentares, a população, mesmo sem condições financeiras diante da crise que se instaurou no país, está pagando por um serviço de péssima qualidade, que  vem sendo realizado por parte da gestão municipal. São ruas escuras, lâmpadas queimadas entre outras precariedades que atrapalham o trânsito principalmente de pedestres, além da falta de segurança.

A TIP sempre foi motivo de muito protesto por parte da população, que durante todo o processo de votação da Lei realizou manifestações nas ruas e na Câmara de Vereadores. Onde inclusive durante a votação precisou da presença da Polícia Militar.

Logo após aprovação, o prefeito do Município, Alex Aleluia, garantiu em um programa de rádio, que a iluminação pública da cidade ganharia um tratamento especial a partir da vigência da Lei que institui a CIP (Contribuição de Iluminação Pública). De acordo com as declarações do prefeito, o imposto era necessário e essencial para que o município pudesse investir no setor, deixando a cidade mais iluminada e consequentemente mais segura para a população. “Sabemos que toda medida que mexe com o nosso bolso é polêmica, gera desconforto à população, mas esse é um imposto que não poderíamos mais adiar a sua cobrança, infelizmente. Por isso, conto com a compreensão da população e garanto investir na iluminação pública da nossa cidade, que muito precisa deste cuidado, disse o prefeito.”

Alex ainda explicou que, com o retorno desta verba para o município, inicialmente os serviços seriam realizados em pontos mais críticos, nas praças, nas principais vias de circulação até chegar a todos os bairros e também na zona rural.  O que pelo visto não aconteceu.

 


População bloqueou a Ponte Dom Pedro II durante protestos
contra a TIP 
(Foto: Diário da Notícia)

 


Com revolta da população a Polícia Militar foi acionada para conservar
a integridade de todos. (Foto: Diário da Notícia)

Foto: Reprodução

O Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta quinta-feira (11/04), considerou procedente o relatório de auditoria que apontou irregularidades nas contratações das empresas Ktech Key Technology e Kells Belarmino Mendes pela Prefeitura de Ruy Barbosa, na gestão de José Bonifácio Marques Dourado. De acordo com o sistema SIGA do TCM, foram gastos R$10.265.408,38 pela Prefeitura de Ruy Barbosa apenas com essas duas empresas no período de 2010 a 2015.

Diante da gravidade das irregularidades, o conselheiro Paolo Marconi, relator do processo, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual para que seja apurada a prática de ato ilícito pelo ex-prefeito. Também foi determinado o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$8.920.627,12, com recursos pessoais, referente ao superfaturamento resultante dos contratos e o pagamento de serviços não prestados. O gestor ainda foi multado em R$54.336,52.

As irregularidades identificadas durante a auditoria realizada pelo TCM guardam relação com a “Operação Águia de Haia”, da Polícia Federal, que resultou no oferecimento de denúncia pelo Ministério Público Federal, em 16 de junho de 2017. O MPF indicou na denúncia que a quadrilha atuou por aproximadamente seis anos e “realizou contratações desnecessárias e superfaturadas no valor global de R$43.150.000,00, causando prejuízos vultosos aos cofres públicos”.

O novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, acredita que as universidades do Nordeste não deveriam oferecer cursos de sociologia e filosofia. Para ele, as unidades de ensino deveriam priorizar o ensino de agronomia, "em parceria com Israel." Weintraub defendeu o ponto de vista em transmissão ao vivo, pela internet, em setembro do ano passado, quando integrava a equipe que elaborou o programa de governo de Jair Bolsonaro. Ele discutia a questão com Luis Philippe Bragança, hoje deputado federal pelo PSL de São Paulo. "Eu vi aqui alguns comentários do Nordeste. O plano de energia é Nordeste na veia. O plano de energia que a gente tá fazendo, fotovoltáico e eólico, é porrada no desemprego. Rápida geração de renda. E é Nordeste, por causa da questão solar", disse Abraham Weintraub. E continuou:"Em Israel, o Jair Bolsonaro tem um monte de parcerias para trazer tecnologia aqui para o Brasil. Em vez de as universidades do Nordeste ficarem aí fazendo sociologia, fazendo filosofia no agreste, [devem] fazer agronomia, em parceria com Israel. Acabar com esse ódio de Israel. Israel, nas faculdades federais, é loucura o que você escuta, né?", disse. A declaração de privar estudantes nordestinos de determinados cursos pode ser comparada com as ideias do ex-ministro Ricardo Vélez. O antecessor de Weintraub declarou que "universidade, do ponto de vista da capacidade, não é para todos. Somente algumas pessoas que têm desejo de estudos superiores e que se habilitam para isso entram na universidade".

O presidente Jair Bolsonaro retoma o diálogo com dirigentes de partidos políticos em busca de apoio para a aprovação de medidas no Congresso Nacional, especialmente a reforma da Previdência. Hoje (9) e amanhã (10), Bolsonaro deve se reunir com representantes de seis legendas: PSL, PR, Novo, Avante, Podemos e Solidariedade. “O presidente Jair Bolsonaro acredita que o encontro com os presidentes de partidos, na semana passada, e os que vão ocorrer esta semana, significam um reforço muito importante, sob o ponto de vista político, à reforma da Previdência”, afirmou o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros. Na agenda presidencial de hoje constam reuniões com o PR e o Solidariedade. Às 11h30, Bolsonaro receberá o senador Jorginho Mello (PR/SC) e o deputado Wellington Roberto (PR/PB). Na sequência, irão ao Palácio do Planalto os deputados Paulinho da Força (SP), presidente nacional do Solidariedade, e Augusto Coutinho (PE), líder do partido na Câmara. O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, participa das reuniões com os partidos. Conselho Na semana passada, após se reunir com seis partidos (PRB, PSD, PSDB, DEM, PP e MDB), o presidente propôs a criação do conselho de governo para viabilizar a interlocução entre o governo, os partidos e o Parlamento. “Ele anunciou inclusive a intenção de criar um conselho político, para aproximar o governo dos partidos e do Congresso, como um novo modelo de articulação”, afirmou Rêgo Barros. Antes das reuniões com os partidos, Bolsonaro participará hoje da marcha dos prefeitos, organizada pela Confederação Nacional dos Municípios. À tarde o presidente dará posse ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, e depois comandará a reunião do conselho de governo, integrada pela equipe ministerial. Viagens Bolsonaro também deve iniciar uma série de viagens pelo país ao longo dos próximos meses. Na quinta-feira (11), o presidente almoça com pastores no Rio de Janeiro. No dia seguinte, embarca para Macapá, onde inaugura a obra do aeroporto da cidade. Estão previstas ainda visitas a Campina Grande (PB), onde Bolsonaro deve prestigiar um projeto local sobre dessalinização da água do mar, e a Manaus, ainda sem datas definidas. “O presidente está buscando também uma agenda de aproximação com essas regiões do país, fazendo sempre alguma entrega quando venha a realizar essas viagens”, informou o porta-voz. Na quinta-feira (11), Bolsonaro comanda a cerimônia de 100 dias de seu governo, no Palácio do Planalto. “Teremos aqui um evento coordenado pela Casa Civil para apresentar algumas dessas realizações, que atingiram mais de 90% das metas finalísticas previstas, e que servirá para prestar contas à sociedade sobre o que já fizemos. E já fizemos muito”, acrescentou Rêgo Barros.

Entrevistas
Vem aí uma série de entrevistas com personalidades do nosso Recôncavo
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.