Política - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Sexta , 14 de Dezembro de 2018
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Política
Foto: Divulgação

Câmara Municipal de Salvador (CMS) marcou para a próxima quarta-feira (5) a votação do projeto de lei que altera o Código Tributário da cidade. A matéria foi enviada pelo Executivo. No dia 10, os vereadores votam projetos de sua autoria e, no dia 11, apreciam a proposição “Pé na Escola” e a que cria o Conselho Municipal de Bem Estar, Proteção e Defesa dos Animais. Motivo de divergências na Casa, o primeiro projeto pretende ofertar, inicialmente, 10 mil vagas para crianças em idade pré-escolar (4 e 5 anos), em parceria com instituições privadas de ensino. Já no dia 12, antes de entrar em recesso, a Casa vota duas outras matérias do Executivo: do Fundo Municipal de Transporte e a Lei Orçamentária Anual. Fonte: Bocão News

Foto: © Adriano Machado/Reuters

Em entrevista ao portal Poder 360, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) explicou a razão pela qual atribuiu ao general Santos Cruz, da Secretaria de Governo, a função de promover a articulação política do governo, tarefa até então de exclusividade da Casa Civil, a ser ocupada por Onyx Lorenzoni (DEM). Segundo ele, o futuro ministro sozinho não daria conta do recado. "Onyx mesmo sabe disso. Ele vai ter uma tremenda dificuldade. Está muito sobrecarregada a pasta dele. Quando você fala de 600 parlamentares, não tem como 1 cara sozinho dar conta disso. Pelo menos nas 3ªs, 4ªs e 5ªs, vai ter pelo menos uns 20 [congressistas] para falar com ele lá. E não é só falar. É falar e dar uma resposta. Ele [Onyx] não daria conta do recado. Ele queria matar no peito. Mas não vai matar no peito. É sem condições", afirmou. A ação de Bolsonaro foi vista por parte do Congresso como um fator de desprestígio de Onyx. O democrata, vale lembrar, possui desafetos na Câmara e também dentro do novo governo. Entre eles, o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes. Fonte: Noticias ao Minuto

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Pela quarta vez em Brasília, desde que foi eleito para a Presidência da República, Jair Bolsonaro recebeu nesta terça (27) pela manhã o embaixador do Peru, Vicente Rojas. Nas vindas a Brasília, Bolsonaro se reúne com ministros confirmados e técnicos da equipe de transição, e também com os diplomatas estrangeiros. Ele já conversou com os embaixadores dos Estados Unidos, China, Itália, entre outros. De acordo com a Agência Brasil, o presidente eleito chegou por volta das 10h no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde funciona o gabinete de transição e não deu declarações. Ele passou a maior parte da manhã se revezando em reuniões com a equipe de técnicos e ministros já confirmados. Pelo menos nove nomes do primeiro escalão de seu governo tiveram atividades e conversas também no primeiro andar do CCBB: Tereza Cristina (Agricultura), Sergio Moro (Justiça), Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), general Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Paulo Guedes (Economia), Azevedo e Silva (Defesa), Ernesto Araújo (Itamaraty) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde). Fonte: Bahia.Ba

Foto: Forte na Notícia

A vereadora Maria Cedraz (PSC) apresentou durante a sessão da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas uma indicação para a criação de uma Coordenação de Segurança Pública dentro da Secretária de Administração, para atender aos guardas municipais e os assistentes de vigilância. Segundo a parlamentar, o objetivo dessa coordenação é desenvolver um trabalho afim de melhorar a segurança da população nas praças, feiras livres, além de proteger os bens, serviços e instalações de escolas, parques de lazer e locais públicos, coibindo a ação de vândalos. Fonte: Forte na Notícia

Foto: TJ-AP

O promotor de Justiça Adauto Barbosa, do Ministério Público do Amapá, foi condenado por litigância de má-fé e deverá pagar uma multa de R$ 60 mil, por acusar membros do governo estadual de favorecer uma empresa. A decisão da Câmara Única do Tribunal de Justiça do Amapá (TJ-AP) é considerada uma decisão rara. A Câmara manteve a decisão da 6ª Vara Cível e de Fazenda Pública do Macapá, que rejeitou uma ação civil pública proposta pelo promotor de Justiça. O promotor acusava o secretário da Fazenda, Josenildo Abrantes, o procurador-Geral do Estado, Narson Galeno, o subprocurador-Geral, Jhuliano Cesar Avelar, e o procurador Jimmy Negrão de realizarem um acordo extrajudicial, sem previsão orçamentária, no valor de R$ 6,4 milhões para beneficiar a empresa de vigilância L.M.S. Na ação, Adauto sustentava que o acordo violava a Constituição Federal por burlar o sistema de precatório e não estar registrado no orçamento do estado. Mas para o juiz de 1º Grau, Paulo Cesar Madeiro, não havia elementos que comprovassem o suposto ato de improbidade por parte do secretário e dos procuradores do Estado. O promotor recorreu da decisão ao TJ-AP. Os procuradores do Estado, na contestação, pediram que o promotor fosse condenado por litigância de má-fé, por fazer acusação sem provas.

O valor de R$ 6,4 milhões, de acordo com o promotor, diz respeito, na verdade, a uma dívida trabalhista que a Justiça do Trabalho obrigou o Estado do Amapá a quitar com a L.M.S em março de 2015. O Ministério Público do Trabalho (MPT) ajuizou uma ação para que os funcionários da empresa recebessem os salários de forma correta. O juízo verificou que a dívida do Estado com a empresa e exigiu que o valor fosse pago diretamente aos funcionários, para resguardar os direitos trabalhistas. O Estado pagou o valor de R$ 6,4 milhões em dez parcela. Fonte: Bahia Notícias

Foto: Fala Recôncavo
Câmara de Vereadores de C. do Almeida

A Câmara Municipal de Conceição do Almeida aprovou o 13º salário para vereadores durante a sessão realizada nesta segunda-feira (26/11). De autoria dos vereadores Bêa Brasil (PSD) e Sérgio da Topic (PSD) o PL foi aprovado por unanimidade. A cidade não é primeira a se envolver na aprovação de uma matéria destinada ao pagamento do 13º salário para parlamentares. Além de Santo Antônio de Jesus, o município de Cruz das Almas aguarda com certa expectativa a tramitação do referido Projeto de Lei 033/2018, que dispõe sobre as gratificações natalinas e adicionais de férias para os parlamentares. Fonte: Forte na Notícia

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O processo disciplinar no Conselho de Ética da Câmara contra o deputado federal Lúcio Vieira Lima (MDB-BA) pode ser arquivado. A representação contra o emedebista, que está parada desde junho, foi feita pelo PSOL e pela Rede. Segundo o G1, considerando os prazos legais, não deverá haver tempo hábil para concluir o processo até o recesso parlamentar, que tem início oficialmente a partir de 23 de dezembro. Lúcio Vieira Lima, que não conseguiu ser reeleito, responde por suposta quebra de decoro parlamentar no caso dos R$ 51 milhões encontrados pela Polícia Federal em um apartamento de Salvador. Fonte: Bahia Notícias

Foto: Sylvio Sirangelo/TRF4

O delegado Luciano Flores vai assumir a superintendência da PF no Paraná no lugar de Maurício Valeixo, escolhido pelo futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, para diretor-geral. Segundo informações da Coluna do Estadão, atual superintendente da instituição em Mato Grosso do Sul, Flores atuou em Curitiba na Lava Jato e é considerado pelos colegas um dos responsáveis pelo sucesso de importantes fases da operação. Foi ele, por exemplo, quem conduziu a prisão do ex-ministro petista José Dirceu. Como superintendente no Paraná, Flores também terá entre suas funções administrar a custódia de presos como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele assume o posto em janeiro. Fonte: Bahia.Ba

Foto: © Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por meio de seu perfil no Twitter, ele indicou o general-de-divisão Carlos Alberto dos Santos Cruz para a Secretaria de Governo, responsável pela articulação política. É também por meio da pasta que o futuro presidente estabelecerá relações com organizações civis e entidades representativas da juventude. "Gostaria de comunicar a indicação do general-de-divisão Carlos Alberto dos Santos Cruz para a Secretaria de Governo", escreveu o presidente eleito. Carlos Alberto dos Santos Cruz é o quarto militar indicado por Bolsonaro para integrar seu futuro governo.  Fonte: Notícias ao Minuto

Foto: © DR

Imagens e vídeos enganosos que foram bloqueados nas redes sociais a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) continuam no ar em outros endereços, com alto número de interações - às vezes até maior do que as do conteúdo removido. O jornal O Estado de S. Paulo identificou pelo menos dez casos em que, mesmo com a determinação judicial, o conteúdo foi compartilhado por outros usuários da rede social, mantendo o engajamento na internet em torno de informações comprovadamente falsas. Um dos casos mais emblemáticos é o do vídeo em que o agora presidente Jair Bolsonaro fez ataques ao suposto "kit gay" - apelido pejorativo dado a uma cartilha do Ministério da Educação contra a homofobia. O vídeo principal, que foi gravado há três anos e voltou a circular durante a campanha, tem mais de 280 mil compartilhamentos e ainda está disponível no perfil oficial de Bolsonaro.

 

Entrevistas
Organizadores do “Bloco As Muriquetes” falam sobre a expectativa deste evento que vem animando os muritibanos a cada ano
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.