Política - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Segunda , 17 de Junho de 2019
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Política
Foto: Reprodução

Na tarde desta sexta-feira, 26, os vereadores Cristina Soares e Fábio Coqueiro, acompanhados do Presidente da Câmara, Josmar Barbosa, estiveram visitando as instalações da Barragem Pedra do Cavalo para verificar a real situação da unidade. Depois dos recentes comentários que surgiram, provocando pânico na população, os vereadores buscaram explicações dos responsáveis para sanar qualquer tipo de dúvida a respeito. O engenheiro Adilson Melo, Gerente da Unidade e Fabricia Leal, supervisora administrativa, afirmaram que o nível atual da Barragem é 116, abaixo do nível de segurança, que é 124 - quando as comportas podem ser abertas. Destacaram ainda, que o nível de vasão de água que tem chegado ao reservatório, hoje é o mais baixo durante todo esse período de chuvas. Na oportunidade, os edis também visitaram a área da represa e constataram que as informações passadas são verdadeiras, o que os deixou tranquilizados quanto à situação da Barragem. Ascom 

Veja as reportagens do Mídia Recôncavo sobre o assunto:

Barragem Pedra do Cavalo: Em nota Votorantim informa que o nível do reservatório está normal


Após fortes chuvas Rio Paraguaçu inunda bares em Cabaceiras, Santo Estevão e deixa população de Cachoeira, São Félix e Maragogipe em alerta máximo

Foto : Marcos Corrêa/PR

Em uma reunião no Banco do Brasil com agências de publicidade, determinou-se, por orientação do Planalto, que palavras como “lacrou” e outras ligadas ao universo LGBT estão proibidas de serem usadas em qualquer tipo de peça publicitária e de divulgação. A informação é da coluna Radar, da Veja. A determinação, válida para todas as estatais, vem após o presidente Jair Bolsonaro ter vetado uma campanha do Banco do Brasil cujo tom era marcado pela diversidade.

Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) defendeu nesta sexta-feira (26) uma medida polêmica: descentralizar os investimentos para os cursos de filosofia e sociologia no país. A medida é uma das bandeiras de seu ministro da Educação, Abraham Weintraub. Weintraub defendeu a contenção de recursos para as duas áreas do conhecimento em uma transmissão ao vivo pelo Facebook ao lado de Bolsonaro nesta quinta-feira (25). Nesta sexta, o presidente voltou ao assunto na mesma rede social e disse que o objetivo da proposta em estudo é "focar em áreas que gerem retorno imediato ao contribuinte." Para o presidente, as áreas mais competitivas são aquelas ligadas à "medicina veterinária, engenharia e medicina".

O presidente e nem o ministro detalharam como a proposta será posta em prática. Bolsonaro só disse apenas que os alunos já matriculados em filosofia e sociologia "não serão afetados". Segundo o presidente, a função do governo "é respeitar o dinheiro do pagador de impostos, ensinando para os jovens a leitura, escrita e a fazer conta e depois um ofício que gere renda para a pessoa e bem-estar para a família, que melhore a sociedade em sua volta", escreveu no Facebook. UNIVERSIDADE PÚBLICA NÃO FAZ PESQUISA Essa não é a primeira polêmica do presidente Jair Bolsonaro envolvendo o ensino superior.

Foto: Reprodução / El País

O ex-presidente Lula afirmou nesta sexta (26), em entrevista exclusiva concedida à Folha de S.Paulo e ao jornal El País, que o Brasil está sendo governado por "um bando de maluco". Depois de uma batalha judicial em que a entrevista chegou a ser censurada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), decisão revista na semana passada, o petista enfim recebeu os dois veículos, em uma sala preparada pela Polícia Federal na sede do órgão em Curitiba, onde está preso.

Os agentes explicaram aos jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas presentes que ele seria colocado em uma mesa a uma distância de 4 metros de todos. Ninguém poderia se aproximar. Segundo a PF, eles estavam cumprindo um protocolo de segurança comum a todos os presos. Em duas horas e dez minutos de conversa, o ex-presidente falou da vida na prisão, da morte do neto, do governo de Jair Bolsonaro, das acusações de corrupção que sofre e da possibilidade de nunca mais sair da prisão. "Não tem problema", afirmou ele quando questionado sobre a possibilidade. "Eu tenho certeza de que durmo todo dia com a minha consciência tranquila. E tenho certeza de que o Dallagnol não dorme, que o [ministro da Justiça e ex-juiz Sergio] Moro não dorme." Reservou ao ex-magistrado, o primeiro que o condenou pelo caso do triplex do Guarujá, algumas de suas principais ironias. "Sempre riram de mim porque eu falava 'menas'. Agora, o Moro falar 'conje' é uma vergonha", afirmou.

Lula disse também acreditar que "Moro não sobrevive na política". Já sobre o presidente Jair Bolsonaro, não foi tão taxativo. Apesar de várias críticas, afirmou que "ou ele constrói um partido sólido, ou não perdura". Lula disse que a elite brasileira deveria fazer uma autocrítica depois da eleição de Bolsonaro. "Vamos fazer uma autocrítica geral nesse país. O que não pode é esse país estar governado por esse bando de maluco que governa o país. O país não merece isso e sobretudo o povo não merece isso", afirma. E comparou o tratamento que a imprensa dá a ele com o que reserva ao atual presidente da República. "Imagine se os milicianos do Bolsonaro fossem amigos da minha família?", questionou, referindo-se ao fato de o filho do presidente, Flávio Bolsonaro, ter empregado familiares de um miliciano foragido da Justiça em seu gabinete quando era deputado estadual pelo Rio.  

O Palácio do Planalto derrubou uma campanha publicitária do Banco do Brasil (BB) marcada pela diversidade, estrelada por atores e atrizes negros e jovens tatuados usando anéis e cabelos cumpridos. A informação foi divulgada pelo colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim. O comercial é direcionado para a população jovem, um dos públicos que o BB quer atrair. Entretanto, o presidente Jair Bolsonaro não gostou da campanha e procurou o presidente do banco, Rubem Novaes, para reclamar. Após o encontro, o diretor de Comunicação e Marketing do BB, Delano Valentim, caiu da cadeira. "O presidente Bolsonaro e eu concordamos que o filme deveria ser recolhido. A saída do diretor é uma decisão de consenso, inclusive com aceitação do próprio", afirmou Rubem Novaes.

Assista ao vídeo vetado:  

 

Por Kamille Martinho

 

 

Foto: Reprodução

O prefeito de Lago da Pedra, situado no Maranhão, Laércio Arruda, foi filmado supostamente sob efeito de álcool, sendo carregado pelo público durante um evento na cidade. Nas imagens é possível ver o prefeito, que também é cantor, descalço em cima do palco, quebrando o violão e uma mesa de plástico.

Durante a performance o público vai à loucura com a cena. veja o vídeo:

  

Foto: Reprodução / Ibipitanga News

O ex-prefeito de Jaguaripe, no Baixo Sul, Arnaldo Lobo, teve uma propriedade interditada pelo Inema [Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos]. A informação foi veiculada nesta quinta-feira (25) no Diário Oficial do Estado. Segundo fiscalização do órgão no final do mês passado, foi constatada destruição de vegetação nativa de Mata Atlântica em área de preservação permanente, além de extração predatória de areia de cava, causando degradação ambiental. De acodo com o Inema, os casos ocorreram na fazenda Jacarandá, na zona rural do município. A interdição é temporária. Bahia Noticias

Foto: Marcos Corrêa/PR
Presidente da República Jair Bolsonaro assina o Decreto que revoga o Horário de Verão

O presidente Jair Bolsonaro assinou na manhã desta quinta (25) um decreto que extingue o horário de verão no Brasil. Segundo o presidente, o governo procurou áreas — especialistas em saúde e o Ministério de Minas e Energia — para estudar a necessidade do horário de verão no país. “As conclusões foram coincidentes: questão de economia, o horário de pico é às 15h, então [o horário de verão] não economizava mais energia. Na área de saúde, apesar de ser uma hora apenas, mexia com o relógio biológico das pessoas”, afirmou Bolsonaro. Em abril, o porta-voz da Presidência, Otávio Rego Barros, informou que o Ministério de Minas e Energia fez uma pesquisa em que 53% dos entrevistados pediam pelo fim do horário de verão, definido por Bolsonaro como um “justo anseio da população brasileira”. “Eu concordo e eu sempre reclamei do horário de verão. Em não mais mexendo com o relógio biológico, com toda certeza, a produtividade do trabalhador melhorará”, concluiu o presidente.

Foto: Reprodução

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o ex-vereador e atual secretário Educação de Cruz das Almas, Mário Araújo dos Santos, durante ato de filiação partidária ao (PSD) – Partido Social Democrático. Mário aparece na gravação com a ficha de filiação enquanto o senador Otto Alencar, presidente da legenda na Bahia, fala sobre o assunto. “Mário eu conheço há bastante tempo. É um político com uma história de vida sempre dedicada às causas da população e com grande sentimento social, portanto, vai fortalecer muito nossa representação em Cruz das Almas; eu fico muito feliz com isso. Eu sei que vamos valorizar bastante essa sua decisão. O PSD recebe você de braços abertos”, finalizou. Gravado através de um celular, o vídeo encerra com aperto de mão e com as palavras de agradecimentos de Mário do Jornal. “Obrigado Senador, estamos juntos para o que der e vier”, disse. O ato contou com as presenças dos deputados Otto Alencar Filho (Federal), Rogério Filho (Estadual) e o Vereador Thiago Chagas, filho do atual secretário Municipal de Educação. As informações são do site Forte na Notícia

Mais uma tradicional entrega do peixe da Semana Santa foi realizada em Maragojipe contemplando os menos favorecidos em diversas comunidades de todo o município. A Prefeitura de Maragojipe, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, realizou nesta quarta (17) e quinta-feira (18) a tradicional entrega do peixe da Semana Santa às famílias mais carentes do município. A distribuição contou com a participação da prefeita Vera Lúcia e equipes das demais secretarias, acompanhando e agilizando todo o processo. Esse ano foram contempladas mais de duas mil famílias que receberam peixe, arroz e feijão. Além disso, as famílias cadastradas no Programa de Aquisição de Alimentos – PAA Alimentos – receberam também a cesta que inclui produtos da Agricultura Familiar do Município como farinha, aipim e biscoito de goma.

Entrevistas
Vem aí uma série de entrevistas com personalidades do nosso Recôncavo
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.