Política - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Sábado , 23 de Junho de 2018
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Política
Foto: Guilherme Mazui/G1

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, declarou nesta quinta-feira (14) que o governo estuda rever o aumento previsto no prêmio das loterias federais para compensar a perda de receitas dos ministérios do Esporte e da Cultura. Jungmann comentou a possibilidade durante entrevista no Palácio do Planalto, após reunião com o presidente Michel Temer e o general Walter Braga Netto, interventor federal no Rio de Janeiro. De acordo com Jungmann, o governo estuda uma forma de compensar as pastas de Esporte e Cultura. Uma das ideias em análise é reduzir o aumento no prêmio das loterias, previsto na medida provisória; “o que nós estamos trabalhando, isso não está concluído, isso não está fechado, é a possibilidade de reduzir um pouco o prêmio e fazer o redirecionamento para que essas áreas sejam atendidas. Em vez de levar aos 50%, você levaria a 47% ou 48% e faria uma redistribuição”, disse o ministro. Fonte:G1

Foto: Adriano Machado/Reuters

Jair Bolsonaro aparece à frente de seus adversários no Rio Grande do Sul. É o que mostra um levantamento do Instituto Paraná. Pela primeira vez, Bolsonaro bate Lula na corrida. O primeiro tem 28,1% dos votos, contra 20,5% do petista. Neste cenário, Ciro Gomes (6,9%), Marina Silva(6,9%) e Alvaro Dias (6,8%) estão empatados na terceira posição. Sem o ex-presidente na disputa, o caminho está ainda mais aberto para o deputado. Ele é preferência de 29,4%, contra 9,9% de Ciro Gomes e Marina Silva. Como se não bastasse, 34,2% dos gaúchos revelam preferência de voto por um candidato apoiado por militares, contra 20% de alguém apoiado pelo empresariado e 17,3% com a chancela de Lula. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR- 03366/2018. Fonte:Veja

Foto: Reprodução

O Plenário da Câmara Deputados aprovou nesta quarta-feira (13) a Medida Provisória que cria o Ministério da Segurança Pública. Da forma como passou, o texto cria a pasta de maneira permanente, e não mais um ministério extraordinário como havia sido enviado pelo Palácio do Planalto. Após um acordo entre o governo e parte da oposição, a matéria foi votada em projeto de lei de conversão. O texto segue agora para aprovação no Senado. Criado no final de fevereiro, pela MP nº 821/2018, o Ministério Extraordinário da Segurança Pública (MESP) passou a ser responsável por coordenar e promover a integração da segurança pública em todo o território nacional, em cooperação com os demais entes federativos. Entre as funções, a pasta também terá a atribuição de gerir o recém-criado Sistema Único de Segurança Pública. O ministro Raul Jungmann estava presente à sessão. "Nós podemos dizer que a segurança pública no Brasil tem rumo e que agora tem estrutura, tem financiamento e reúne União, Estados e municípios no combate à violência, ao crime organizado, como é o desejo de brasileiros e brasileiras", afirmou. Questionado sobre a criação de mais uma estrutura em meio à crise orçamentária que o País vive, o ministro defendeu a importância da pasta e disse que é possível criar uma nova estrutura remanejando cargos e usando os recursos já disponíveis no Fundo Nacional da Segurança Pública. Sobre a polêmica da retirada de recursos de Esporte e Cultura para investir na segurança pública, Jungmann afirmou que é "compreensível a reclamação", mas que alternativas estão sendo analisadas. O presidente Michel Temer assinou nesta semana uma medida provisória que transfere recursos de loterias para a segurança. A previsão para este ano é que o repasse seja de R$ 800 milhões.Fonte: Bahia Noticias

 

Foto: ASCOM/Divulgação

Além dos vídeos gravados em apoio às pré-candidaturas de José Ronaldo (DEM) ao governo e Jutahy Magalhães (PSDB) ao Senado, o prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, vai intensificar as viagens ao interior.A estratégia de aumentar as idas aos diversos municípios baianos visa acabar de vez com os rumores que Neto – após desistir de disputar o Palácio de Ondina – estaria distante das campanhas dos aliados.Em conversa com o bahia.ba, Jutahy Magalhães ressaltou a importância do apoio de Neto. “Já conquistei apoios importantes [como o de ACM Neto] e vou conquistar outros que vão surpreender muita gente”, disse.O tour de ACM Neto, que estará acompanhado de Ronaldo e Jutahy, começa nesta sexta-feira (15), em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, onde participará de um evento político marcado para às 18h30 na Câmara de Vereadores.No sábado (16), o democrata desembarca em Valença, no baixo sul baiano, onde participa de um ato político a partir das 18h30 no Ginásio de Esportes do Colégio Advento, na Praça da Bandeira.Já em Salvador, Neto participa nesta quinta-feira (14), a partir das 18h30, de um evento do vereador Palhinha (DEM), no bairro de Rio Sena.Fonte: bahia.ba

 

Foto: Reprodução

Filiado ao Democratas, o apresentador José Luiz Datena, da rádio e TV Bandeirantes, tem considerado a hipótese de ser candidato a presidente da República.De acordo com o jornal Estado de São Paulo, os caciques do DEM, entre eles, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, tem incentivado Datena a encarar o desafio.Segundo a publicação, o apresentador viajou para Brasília ontem (13), e encontrou com Maia. No entanto, ainda não se sabe detalhes da conversa.Fonte: Metro 1

 

Foto : Manu Dias/Bahiafotos

O ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), sugeriu que a senadora Lídice da Mata (PSB) será candidata a deputada federal, caso não integre a chapa do governador Rui Costa (PT), e defendeu o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo Coronel.“Coronel nunca foi carlista propriamente, fez a campanha de Waldir Pires, mas depois, pela relação dele com Otto, ficou mais do lado de ACM. Mas o original dele foi do lado de Waldir”, afirmou Wagner, em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo.Wagner afirmou que Lídice deve ser postulante à Câmara Alta do Congresso , “porque ela continua na cena federal”. “A tendência natural é essa”, frisou.O ex-governador negou que o PSD será contemplado na composição para garantir a governabilidade do eventual segundo mandato de Rui.“A demanda do PSD não é pela governabilidade, até porque o PSD está contemplado em vários espaços. Tem federais, um senador, está na Assembleia, na UPB, tem gente posicionado em todo lugar. Mas eles reivindicam assim também, como que são o maior partido da base e vão ficar fora? E Lídice reivindica pela sua trajetória, pela sua história, e também é pela governabilidade, porque não nos interessa perder ninguém”, pontuou.Fonte: Metro1

 

Foto: Manu Dias / GOVBA

Com o objetivo de fortalecer o combate ao câncer de mama na Bahia, o governador Rui Costa assinou nesta terça-feira (12) um acordo com o Instituto Avon, por meio da Fundação Pio XII - entidade mantenedora do Hospital do Câncer de Barretos. Serão investidos R$ 12 milhões na implantação e operação do Programa de Rastreamento do Câncer de Colo de Útero e Mama na Bahia. Como contrapartida, o Estado arcará com a manutenção de unidades fixas e móveis, a um custo superior a R$ 16 milhões por ano. A estimativa do governo é atender, aproximadamente, 80 mil mulheres por ano. "A Bahia está em primeiro lugar no rastreamento do câncer de mama, e nós vamos ampliar esse serviço. Hoje nós chegamos a esse resultado com uma unidade móvel do Hospital da Mulher e com as policlínicas, e com a parceria com o Hospital de Barretos e o Instituto Avon, teremos mais quatro unidades móveis para realização de exames para prevenção ao câncer de mama e ao câncer de colo do útero nos municípios", afirmou o governador. O investimento deve expandir o rastreamento mamográfico na Bahia por meio da realização de exames em mulheres que não apresentam sintomas da doença. Serão construídas quatro unidades móveis adaptadas, vinculadas às policlínicas regionais de Jequié, Irecê, Teixeira de Freitas e Guanambi. Duas unidades já existentes receberão suporte, uma em Salvador, no Hospital da Mulher, e outra no município de Juazeiro. Além destas, seis unidades fixas serão equipadas nos mesmos municípios. Fonte: Bahia Noticias

Foto: Reprodução

O presidente Michel Temer sancionou nesta segunda-feira (11), em uma cerimônia no Palácio do Planalto, a lei que cria o Sistema Único de Segurança Pública (Susp). Na solenidade, Temer também assinou uma medida provisória que transfere parte dos recursos arrecadados pelas loterias federais para o Ministério da Segurança Pública.  O texto,  aprovado pela Câmara e pelo Senado, estabelece diretrizes para a atuação conjunta de diferentes órgãos de segurança federais, estaduais e municipais. Farão parte do sistema, por exemplo, a Polícia Federal e as polícias civis e militares. As ações e metas do Susp ainda serão definidas pela União em um plano nacional, em elaboração e sem prazo para ser divulgado. Segundo o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, a previsão é o plano ser apresentado até o fim do ano. A partir desse documento nacional, estados, Distrito Federal e municípios terão dois anos para elaborar e implantar os planos para a área da segurança sob pena de não poderem receber recursos da União para a execução de programas ou ações no setor. Fonte:JP

Foto : Manu Dias/GOVBA

O governador Rui Costa (PT) prometeu, hoje (12), anunciar até a próxima terça-feira (19) a chapa governista que vai disputar a eleição deste ano.“Chegou o momento de finalizar. Vou conversar com [João] Leão assim que ele chegar [da viagem à China]. E semana que vem, na segunda ou na terça-feira, a gente divulga a composição”, afirmou, em entrevista à imprensa, durante a assinatura do convênio com o Instituto Avon para a implantação de serviço de mamografia.O chefe do Palácio de Ondina ainda minimizou a pressão que tem sofrido de aliados para formar o grupo. O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo Coronel (PSD), e a senadora Lídice da Mata (PSB), disputam uma vaga na composição.“Não sou contra [a pressão]. A vida real não é um cemitério. A vida real as pessoas querem emitir sua opinião”, minimizou.Fonte: Metro 1

 

Foto: Reprodução

Pesquisa do Datafolha divulgada neste domingo (10) pela Folha de São Paulo avaliou o cenário sem a participação do PT nas eleições deste ano. Os dados mostram disputa mais apertada no primeiro turno. Jair Bolsonaro (PSL) aparece em primeiro com 19%, Marina Silva (Rede) vem logo atrás com 15% e Ciro Gomes (PDT) chega em terceiro com 11%, Geraldo Alckmin (PSDB) surge em quarto com 7%, Álvaro Gomes (Podemos) em quinto tem 4%. O número dos que não têm candidato é superior ao do líder nessa amostragem e chega a 33%.  A pesquisa foi feita entre os dias 6 e 7 de junho passados com margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Caso consiga se candidatar, segundo a pesquisa, Lula teria 30% das intenções de voto no primeiro turno e venceria todos os demais candidatos em um eventual segundo turno. 

Entrevistas
Organizadores do “Bloco As Muriquetes” falam sobre a expectativa deste evento que vem animando os muritibanos a cada ano
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.