Mídia Recôncavo | Com Anderson Bella
Recôncavo, Terça , 23 de Maio de 2017
Enquete
Entre Aspas
\"A vida precisa ser comparada sempre a uma roda gigante, uma hora por cima, outra por baixo\"
  Disse Desconhecido  

 

 Aliados do presidente Michel Temer começaram a admitir, de forma reservada, que pode haver a cassação, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), da chapa formada por ele e Dilma Rousseff na eleição de 2014.

De acordo com a colunista do G1, Andréia Sadi, Temer segue com a postura de enfrentar a delação da JBS, por isso não pensa em renunciar nem considera a possibilidade um impeachment. O presidente tem apostado no presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), aliado do presidente, responsável por analisar os pedidos.

Oficialmente, Maia tem negado que o tema esteja em discussão na Câmara. Já segundo deputados, o presidente tem confidenciado que não será ‘pela sua caneta’ que Temer cairá.

Assessores da presidência calculam que três dos sete ministros do TSE cassariam a chapa.

Eleições indiretasOs aliados de Temer têm debatido nomes em caso de eleições indiretas, entre eles, os de Rodrigo Maia e do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

Quem defende Maia diz que ele "herdaria" a base de apoio no Congresso.

Pesa contra Maia, na avaliação dos mesmos aliados, o fator Lava Jato. Ele é alvo de dois inquéritos autorizados por Edson Fachin.

Já no caso do nome de Henrique Meirelles, a avaliação de defensores é que ele tem respeito do mercado e garantiria a continuidade da agenda da pauta fiscal - principalmente as reformas.

Ventilado nos bastidores do governo está também o nome da ministra Carmen Lúcia. Mas a presidente do STF afasta a ideia a interlocutores. 

 

 A leitura do relatório da reforma trabalhista no Senado foi interrompida nesta terça-feira (23) por agressão entre parlamentares que se chamaram de ‘bandido’ e de ‘vagabundo’.

A confusão começou quando o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) disse para Ataídes Oliveira (PSDB-TO) que ele ‘apoiava um governo corrupto’. O tucano respondeu chamando Randolfe de ‘bandido’, que retrucou: ‘me respeite, bandido é o senhor’. Ataídes se irritou e partiu para cima de Randolfe, chamando-o de ‘moleque’ e ‘vagabundo’.

Outros senadores agiram para separar a briga. A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) chegou a se sentar à mesa para impedir a leitura do relatório, que seria feita pelo senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES). O tucano deixou a sessão no meio da confusão, aconselhado pelo líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR).

CAE — O governo defende a leitura do relatório nesta terça na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) para dar impressão de normalidade em meio à crise política. Esse seria o primeiro andamento do projeto na Casa.

A sessão começou às 8h30 com uma audiência pública e foi marcada por protestos de oposicionistas que chegaram a pedir a saída do presidente Michel Temer e a prisão de Jucá, ambos investigados na Lava Jato.

‘Eles não vão ganhar no grito. O próximo passo é queimar pneu aqui dentro’, disse Jucá.

 A Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia aprovou por unanimidade, na reunião ordinária desta terça-feira (23), uma moção de repúdio ao cantor e vereador Igor Kannário pelo comportamento ‘agressivo e desrespeitoso’ contra a policial militar Tainá Gomes na noite de domingo (21) na Micareta de Feira de Santana.

Os deputados Marcelino Galo, Ângelo Almeida, Fátima Nunes, Luiza Maia, Fabíola Mansur, Augusto Castro e Ângela Sousa consideraram a atitude do político abusiva, de cunho autoritário e desrespeitoso à Polícia Militar, uma vez que incitaria o ódio e a violência contra a corporação. Outra moção de apoio e solidariedade a Policial Militar também foi aprovada.

O presidente do colegiado, deputado Marcelino Galo (PT), lamentou o episódio em Feira de Santana. ‘O cantor agiu de maneira extremamente desrespeitosa com a instituição e agressiva com a policial que cumpria o seu dever institucional, que trabalhava para garantir a segurança de todos aqueles que seguiam o seu próprio trio. Ele é vereador no exercício da vereança em Salvador, em Feira estava como cantor. Seu posicionamento foi extremamente desrespeitoso e autoritário’, refletiu.

A deputada Ângela Souza (PSD) também condenou a atitude. ‘A policial foi agredida, desnecessariamente, pelo cantor, que estava ali como artista, e não como vereador. A atitude dele foi muito ruim. Ele tem que dar exemplo e respeitar as pessoas, as pessoas que estão trabalhando’, afirmou a parlamentar.

A deputada Fabíola Mansur (PSB) avaliou que o comportamento do artista estimula a violência institucional. ‘Foi um ato explicito de abuso de poder, que incita a violência institucional. Não pode um vereador, que naquele ato estava como artista, ter essa postura. Lamentamos profundamente’, ponderou a deputada.

 Uma parte de um casarão localizado na rua da Bélgica, na região do Comércio, desmoronou na tarde desta terça-feira (23). Segundo testemunhas, após fortes estalos, um dos cômodos do imóvel desabou. O casarão, que fica na esquina da rua Miguel Calmon, estava abandonado. Viaturas do Corpo de Bombeiros e da Guarda Municipal foram enviados para o local.

 O deputado federal Rocha Loures (PMDB-PR) entregou à Polícia Federal, em São Paulo, a mala dos R$ 500 mil da JBS. O parlamentar, aliado do presidente Michel Temer (PMDB), foi flagrado na noite de 24 de abril, em São Paulo, saindo apressado do estacionamento de uma pizzaria nos Jardins, na zona sul da capital, carregando uma mala preta com R$ 500 mil em dinheiro vivo. Agentes da Polícia Federal o seguiam e o filmaram.

Rocha Loures teve a prisão pedida pela Procuradoria-Geral da República. O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, negou a prisão do aliado de Temer, mas decretou seu afastamento do mandato.

De acordo com a investigação, os R$ 500 mil seriam referentes a uma propina da JBS em troca do empenho do parlamentar em um projeto de interesse do grupo na Câmara dos Deputados.

 O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, defendeu nesta terça-feira (23) a maneira como o Ministério Público Federal (MPF) conduziu as negociações do acordo de colaboração premiada dos irmãos Wesley e Joesley Batista. Em artigo publicado no portal UOL, Janot listou três argumentos.

Segundo ele, ‘a gravidade de fatos, corroborados por provas consistentes que me foram apresentadas; a certeza de que o sistema de justiça criminal jamais chegaria a todos esses fatos pelos caminhos convencionais de investigação, a situação concreta de que, sem esse benefício, a colaboração não seria ultimada e, portanto, todas as provas seriam descartadas’, nortearam a sua decisão.

O procurador disse ainda que, sem a delação, o país seria ainda mais lesado, e questionou o envolvimento do senador Aécio Neves (PSDB). ‘Quanto valeria para a sociedade saber que a principal alternativa presidencial de 2014, enquanto criticava a corrupção dos adversários, recebia propina do esquema que aparentava combater e ainda tramava na sorrelfa para inviabilizar as investigações?’, questionou.

Janot sustentou ainda que os colaboradores tinham em mãos fatos graves a revelar. ‘Apresentaram gravações de conversas com o presidente da República, em uma das quais se narravam diversos crimes supostamente destinados a turbar as investigações da Lava Jato’.

A Embasa publicou no Diário Oficial do Estado da Bahia deste sábado (20/5) o edital de retificação que exclui a prova de aptidão física para os candidatos às vagas de agente operacional e operador de processos de água e de esgoto do concurso público aberto pela empresa no mês de março. Com a alteração, as inscrições para as 600 vagas previstas no concurso serão reabertas a partir de 0h desta segunda-feira (22) até as 23h59 do dia 12 de junho. A nova data das provas foi definida para 9 de julho e serão aplicadas nas cidades de Salvador, Barreiras, Feira de Santana e Vitória da Conquista.

A gerente de administração de carreira e desempenho da Embasa, Nivalda Beuclair, informou que os candidatos inscritos anteriormente no concurso, conforme lista publicada no site do IBFC no dia 18 de abril, permanecem com as inscrições ativas, não sendo necessária nenhuma providência adicional em virtude das alterações.

O concurso visa o preenchimento de 600 vagas para 11 funções dos níveis médio, técnico e superior. As vagas contemplam unidades da empresa em Salvador, região metropolitana e interior. Os salários admissionais variam de R$ 1.122,84 a R$ 6.793,31. Os interessados devem realizar as inscrições pela internet, no site da organizadora.

 

 A cidade de Santo Antônio de Jesus (BA) recebe, a partir desta segunda-feira (22/5), o Caminhão da Sorte, onde serão realizados ao vivo os sorteios das Loterias CAIXA.

A unidade móvel ficará estacionada na rua Silvestre Evangelista, região central da cidade, e permanecerá no local até sábado (27), período antecede o aniversário da cidade. Durante toda a semana, a população poderá acompanhar os sorteios, inclusive acionando o dispositivo que libera as bolas numeradas, e ainda validar os resultados, na hora, como auditoria popular.

Os apostadores terão a oportunidade de conhecer a dinâmica dos sorteios e conferir a transparência e a lisura de todo o processo. As apostas poderão ser feitas em qualquer lotérica do país, ou diretamente na unidade móvel, instalada no Caminhão da Sorte, até uma hora antes do início dos sorteios.

 

 

 Após os erros de arbitragem que prejudicaram o Bahia no primeiro jogo da decisão, a Federação Bahiana de Futebol promoveu um encontro entre o Tricolor, a entidade e a Comissão de Arbitragem da CBF. A reunião aconteceu nesta segunda-feira (22), na sede da entidade nacional.

Participaram do encontro os presidentes da FBF, Ednaldo Rodrigues, do Bahia, Marcelo Sant'Ana, e da Comissão Nacional de Arbitragem, Coronel Marcos Marinho. No local foram discutidos os equívocos da arbitragem.

Na oportunidade, os dirigentes também conheceram um pouco do trabalho que vem sendo implementado na Comissão de Arbitragem. Coronel Marinho mostrou toda a estrutura do trabalho, como o sistema de avaliação das atuações dos árbitros e detecção e correção de equívocos.

Coronel Marinho ainda ao pedido do presidente da FBF, pela presença de um delegado da CBF na decisão entre Bahia e Sport, nesta quarta-feira (24), na Arena Fonte Nova, para acompanhar de perto a atuação da arbitragem. Para a função foi designado Sérgio Corrêa, ex-presidente da própria Comissão Nacional de Arbitragem e atual coordenador do projeto do árbitro de vídeo no Brasil. O resultado do encontro foi comemorado por ambas as partes.

 O presidente Michel Temer demitiu nesta terça-feira (23) seu assessor especial Tadeu Filippelli, preso na Operação Panatenaico, que investiga um esquema de corrupção nas obras do estádio Mané Garrincha.

Temer assinou o ato de exoneração de Filippelli assim que chegou ao Palácio do Planalto, pela manhã, e enviou o documento à Casa Civil. A demissão deve ser publicada no Diário Oficial de quarta-feira (24).

Filippelli é presidente do PMDB-DF e dividia o cargo com as funções que exercia na Presidência da República. Com gabinete no terceiro andar do Palácio do Planalto, a poucos metros da sala de Temer, Filippelli é um dos responsáveis pela interlocução do governo com parlamentares e empresários.

 

 A Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) criticou por meio de nota a conduta do cantor e vereador Igor Kannario (PHS) durante sua apresentação na micareta de Feira de Santana, no domingo (21). Na ocasião, ele discutiu com uma policial militar. Kannario teria se irritado ao ver a PM agredindo os foliões que seguiam seu trio.

‘A SSP entende que levantar e instigar uma disputa de poderes em um evento público, inclusive desqualificando a centenária e respeitosa Polícia Militar não são condutas esperadas de um artista e membro do legislativo. Ressalta ainda que o fato está sendo avaliado e que, caso se configure desacato, a SSP tomará as providências judiciais cabíveis’, diz a nota.

Durante sua apresentação Kannário dispara de cima do trio: ‘Você é só uma PFem. Eu sou mais autoridade do que você. Eu sou vereador. Me respeite, me respeite! Procure seu lugar’, disse o pagodeiro, que voltou a cantar.

Momentos depois, ele pede para a banda parar e volta a falar para a policial. ‘Ela tá mandando eu tomar no meu c*. É uma policial mandando eu tomar no c*? Ela tem que me respeitar, pô’, reclamou. Em seguida, ele seguiu com o show normalmente.

Nesta segunda-feira (22), a PM já havia se posicionado sobre o ocorrido. Segundo a corporação, as  imagens de videomonitoramento do circuito da festa serão avaliadas para apurar a existência do fato, pois as imagens veiculadas não mostram nenhum tipo de conduta inadequada por parte de PMs. Também não havia registro de agressão de policiais contra foliões.

 

Da esquerda para a direita, o vice-governador Tadeu Filipelli, e os ex-governadores José Roberto Arruda e Agnelo Queiroz (Fotos: Reprodução/Montagem Correio)

 A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira (23) os ex-governadores do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT) e José Roberto Arruda (PR), além do ex-vice-governador Tadeu Filipelli (PMDB), também assessor do presidente Michel Temer. Os três são alvo de mandado de prisão temporária pela Operação Panatenaico, deflagrada nesta terça pela PF

As ações da PF estão sendo realizadas desde as 6h e têm como objetivo investigar organização criminosa que fraudou e desviou recursos das obras de reforma do Estádio Nacional Mané Garrincha para a Copa do Mundo de Futebol de 2014. Inicialmente orçadas em cerca de R$ 600 milhões, as obras no estádio custaram ao fim, em 2014, um total R$ 1,575 Bilhão. O superfaturamento, portanto, segundo os investigadores, pode ter chegado a quase R$ 900 milhões.

 

 O depoimento de Marcelo Sant'Ana após a primeira final da Copa do Nordeste, onde o Bahia saiu prejudicado pela arbitragem no empate em 1 a 1 com o Sport, não agradou ao árbitro da partida. O dirigente chamou Antônio Dib de "menino" e o piauiense acusou o mandatário tricolor de preconceito.

‘Respondo essas críticas com muita tranquilidade. Digo que é só ele assistir o jogo e ver os lances. A gente percebe que aquele discurso dele está imbuído de certo preconceito por eu ser um árbitro do Piauí. Minha atuação não comprometeu o resultado do jogo. Boa parte dos piauienses, muitos baianos, pessoas do Brasil inteiro assistiram, e estão lá as imagens. Elas falam por si só’ disse ao Globoesporte.com.

O juiz ainda se defendeu e manteve a posição de que não cometeu erros que tenham prejudicado o Esquadrão. ‘Não vi em nenhum momento algumas falhas que eles pudessem vir tecer essa críticas. Em relação ao meu trabalho, não teve nenhum erro para essas críticas. Acredito que isso aconteceu mais pelo fato do pensamento pequeno e pelo Piauí ser um estado onde o futebol não é tão evoluído’.

Para a partida de volta da decisão, nesta quarta-feira (24), a CBF escalou o ex-árbitro da FIFA Francisco Carlos do Nascimento, de Alagoas.

 A polícia britânica prendeu nesta terça-feira (23) um homem de 23 anos em conexão com o ataque da véspera durante um show da cantora pop Ariana Grande em Manchester, no Reino Unido.

Segundo as autoridades, o suspeito foi preso na região sul de Manchester.

Ele é o primeiro detido pela explosão de segunda-feira (22), que deixou ao menos 22 mortos e dezenas de feridos após o fim do concerto na Manchester Arena.

Um outro homem foi detido no shopping Arndale Centre, em Manchester, mas a polícia não vê indícios de que ele tenha conexão com o atentado. O local chegou a ser fechado temporariamente nesta terça (23). ARIANA GRANDE

As autoridades trabalham com a hipótese de que o atentado no show foi provocado por um homem-bomba cuja identidade ainda não foi divulgada.

As investigações buscam entender, agora, se ele atuava sozinho ou se era parte de uma organização maior.

 

 

 A Procuradoria-Geral da República busca denunciar o presidente Michel Temer ao STF com base na mala de dinheiro entregue pela JBS ao deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB) e na relação de Temer com o coronel João Baptista Lima Filho, citado nas delações. Segundo a Folha de S. Paulo, o áudio tornou-se dispensável para a continuidade do processo.

Ainda de acordo com a publicação, investigadores avaliam que a relação com Temer e Rocha Loures está comprovada em outras interceptações telefônicas, feitas na fase em que a Polícia Federal passou a acompanhar o caso.

No entendimento dos investigadores, é que as provas relativas ao deputado são muito boas e inéditas até mesmo no âmbito da Lava Jato, porque é raríssimo que se consiga rastrear a entrega de dinheiro vivo.

 As escolas da rede pública vão paralisar as atividades nesta quarta-feira (24), na Bahia. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB-BA), a mobilização faz parte de uma série de protestos nacionais que pedem o afastamento do presidente Michel Temer e a realização de novas eleições.

Segundo o coordenador da APLB, Rui Oliveira, problemas estruturais nas instituições de ensino também estão entre as reivindicações da paralisação desta quarta. ‘Temos muitas reclamações referente a infraestrutura das escolas, como nos colégios Iceia, Odorico Tavares, Carneiro Ribeiro e Zumbi dos Palmares, todos esses em Salvador. Além disso, estamos fazendo um relatório completo dos problemas das escolas na capital e no interior do estado que serão divulgadas até o início do mês de junho’, disse.

 

 O ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho, do PSB de Pernambuco, disse a deputados por meio de mensagem pelo WhatsApp que aguardará a realização da reunião da bancada na Câmara na terça-feira, 23, e a do Senado na quarta-feira, 24, para a sua "final avaliação" sobre se deixa ou continua no governo de Michel Temer, mergulhado em grave crise política depois da delação dos donos da JBS. A intenção de Coelho filho é de permanecer no cargo. 

‘Os últimos dias não têm sido fáceis, tenho conversado com muitos na bancada e no parlamento para poder interpretar esse momento que estamos vivendo’, escreveu o ministro. ‘O mais fácil e mais cômodo, sem dúvida nenhuma, seria entregar o cargo o quanto antes. Porém, os meus princípios me afastam da comodidade da covardia e me fazem ter a necessária consideração e respeito com as pessoas que me prestaram sua total confiança, incluindo logicamente a bancada do meu partido, com quem irei debater minha situação antes de qualquer posicionamento definitivo’, acrescentou.

 

 

 

Jefinho foi baleado no peito no Caminho das Árvores (Foto: Reprodução/Facebook)

O radialista Jefinho Simpatia, 49 anos, está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral do Estado (HGE) após passar por uma cirurgia para a retirada da bala que o atingiu durante umatentativa de assalto, neste domingo (21). O projétil lesionou o fígado e o diafragma do radialista.

Segundo a ex-mulher do radialista Cristina Matos, Jefinho está se recuperando do procedimento. “Ele está fora de perigo”, disse. A família estuda a possibilidade de transferi-lo de unidade hospitalar, mas nada foi decidido ainda.

 

 O deputado federal e presidente do DEM na Bahia, José Carlos Aleluia, classificou como “estranho” o comportamento da OAB ao aprovar o pedido de impeachment do presidente Michel Temer (PMBD). O parlamentar sugeriu a presença de parcialidade na decisão. “O comportamento da OAB é bastante estranho e que não é fiscalizado, passou meses para avaliar a questão de Dilma e agora levou 48h para decidir sobre Temer”, avaliou em entrevista ao apresentador José Eduardo, na rádio Metrópole, acrescentando que Temer tem o apoio do DEM para “continuar governando”.

“A sociedade está indignada com a delação super-premiada. Os outros delatores estão pagando muito caro. É um absurdo que depois de terem roubado os brasileiros [donos da JBS] estarem nas ruas de Nova York frequentando os melhores restaurantes. […] Na véspera da delação, eles ganharam no câmbio mais de US$ 100 milhões. É um golpe de mestre no povo brasileiro. Há uma indignação muito grande no povo brasileiro. Estamos apoiando o presidente”, completou o demista.

Ainda de acordo com Aleluia, “todos achamos que foi um grande erro do presidente” ter recebido Joesley Batista em sua residência oficial. “Ele não sabia que o marginal estava na delação”, acredita.

 Em uma reunião realizada na manhã desta segunda-feira (22), com representantes do Sindicato dos Rodoviários, o prefeito ACM Neto intermediou a negociação entre a categoria e os patrões. O encontro teve como principal objetivo de tentar evitar uma greve. Uma nova assembleia será realizada pelos rodoviários às 15h, quando a paralisação pode ser oficializada e iniciada a partir desta terça-feira (23). 

Ao lado do secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota, o prefeito ouviu um apelo para que atue visando uma melhora na proposta de reajuste de 3% oferecida pelo sindicato patronal (Setps).

 

 A Polícia Federal (PF) solicitou que a Procuradoria-Geral da República (PGR) entregue o gravador que o empresário Joesley Batista usou escondido para gravar uma conversa com o presidente Michel Temer no Palácio do Jaburu, em 7 de março deste ano.

O áudio faz parte da delação premiada na operação Lava Jato de Joesley e do irmão dele, Wesley Batista, donos do frigorífico JBS, que resultou na abertura de inquérito para investigar o presidente, com autorização do Supremo Tribunal Federal (STF). Temer é investigado por corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa.

 

 Ao comentar as denúncias contra o presidente Michel Temer (PMDB) e o senador afastado Aécio Neves (PSDB), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse, em entrevista à Rede Bandeirantes na noite deste domingo (21), que o PSDB precisa ter "cautela" e que seria oportunismo deixar o governo no primeiro momento.

Na entrevista, o FHC defendeu uma saída para a crise que inclua o PT. “Sei que isso vai desagradar ao pessoal do meu lado, mas você não vai eliminar, tirar da cena brasileira a existência de pessoas que pensam do jeito que o PT pensa”, declarou.

 

 Quatro dias após as primeiras informações da delação do empresário Joesley Batista, o presidente Michel Temer se reuniu na noite deste domingo (21), no Palácio Alvorada, com ministros e líderes do governo no Congresso Nacional.

O objetivo da reunião, considerada informal por aliados, foi discutir a crise política deflagrada depois que o jornal O Globo revelou que o dono do grupo JBS gravou com o presidente uma conversa aceita pelo Ministério Público Federal no processo em que pediu a abertura de inquérito contra Temer.

De acordo com o líder do governo na Câmara, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), Temer pediu que o Poder Legislativo continue trabalhando na sua "normalidade". Segundo ele, o presidente novamente se mostrou indignado com as denúncias e manifestou confiança de que vai "superar o momento".

 

 

Foto: Reprodução

Um Caminhão Baú 8.120, branco, de placa NTQ OO27, foi tomado de assalto por dois elementos a pé em uma estrada de chão próximo a cidade de Ituberá. O veículo estava carregado de confecções e panelas, e pertence a um policial militar aposentado, hoje empresário de Conceição do Almeida. Após o assalto que ocorreu as 14h da última quarta-feira (17/05), os elementos juntaram-se com mais três elementos que chegaram em um veículo Strada de cor branca, colocaram o motorista e ajudante trancado as vítimas no baú e percorreram cerca de 10 km até um matagal, onde os dois elementos ficaram mantendo as vitimas de refém, e os demais seguiram viagem com o caminhão. Só foram liberar as vitimas as 17h do mesmo dia. Na mesma noite a Polícia Militar local foi acionada e Sob o comando da St. Geane e seus comandados conseguiram lograr êxito na prisão de do ex-presidiário conehcido por “Negão”, resdente em Ituberá. O mesmo foi reconhecido pelas vitimas, confessando o crime e sendo autuado em flagrante pelo delegado da cidade de Ituberá. As buscas continuam no sentido de tentar prender os outros envolvidos bem como recuperar o caminhão e a mercadoria. Segue a foto do individuo preso. Tribuna do Recôncavo

Foto: Anderson Bela - Mídia Recôncavo
Delegacia de Cachoeira Bahia - Foto: Anderson Bela - Mídia Recôncavo

O chefe das delegacias de Cachoeira e São Félix, delegado Eduardo Coutinho, fez um balanço das prisões que aconteceram durante a semana na tarde desta quinta-feira, 18. Dois membros importantes de uma facção criminosa atuante na cidade foram presos pela Polícia Militar durante uma diligência. Dois suspeitos de Muritiba também foram presos com maconha e crack. Informações dão conta de que a dupla estava indo à Cachoeira buscar cargas de drogas. De acordo com informações do Olha a Pititinga, o delegado comentou também os assaltos que vêm acontecendo quase diariamente no município, principalmente nas comunidades rurais. Segundo ele, a extensão do território dificulta a eficácia das rondas, mas as investigações dos autores estão em andamento.  

Entrevistas
Entrevista com o Ex-Prefeito de Governador Mangabeira, Antonio Pimentel
Galeria de Fotos
Muritiba: Final do Campeonato Interbairros 2015


Mídia TV
VT Prefeitura de Muritiba: Mais de 250 famílias recebem água no Pernambuco
Mural de Recados
simone escreveu para planejar concursos
"Bom dia, gostaria de uma justificativa da empresa pois, estou tentando a horas realizar minha inscrição no concurso e até o momento não obtive êxito, o que está ocorrendo com o site. Agradeço desde de já."
curioso, Governador Manga escreveu para Anderson Bella
" Anderson em nossa cidade a coisa pegou fogo na escolha do presidente da câmara a situação esperava uma coisa e foi outra dai a edil da situação baixou o nível como é peculiar da parte dela afinal é filha da prefeita e acha q todos tem q obedecer a ela mas quebrou a cara . tomara as coisas comecem a mudar em nossa cidade pq parece q n temos governantes. obrigado "
Podcast
Duda Macedo, Jorge França e o Ovo
Prefeito Duda Macedo discute ao vivo com radialista